Mercado fechado

Petróleo Brasileiro S.A. - Petrobras (PETR4.SA)

São Paulo - São Paulo Preço Adiado. Moeda em BRL.
Adicionar à lista
24,79+0,27 (+1,10%)
No fechamento: 07:51PM BRT
Tela cheia
Fechamento anterior24,52
Abrir24,54
Preço de Compra24,72 x 0
Preço de Venda24,80 x 0
Variação do Dia24,42 - 25,38
Variação de 52 semanas20,77 - 38,39
Volume71.170.700
Estimativa Volume83.871.351
Capitalização de Mercado346,113B
Beta (mensalmente por 5 anos)1,33
Índice P/L (últ. 12 mes.)45,49
LPA (últ. 12 mes.)0,55
Data da Receita21 de fev. de 2023 - 27 de fev. de 2023
Dividendo futuro e rendimento10,45 (31,16%)
Data do Ex-Dividendo12 de ago. de 2022
Meta estimada de 1 ano40,77
  • Folhapress

    Dólar dispara, juros sobem e Bolsa cai após falas de Lula sobre Banco Central

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O dólar e os juros ganharam força no mercado brasileiro nesta sexta-feira (3) pressionados pelas críticas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à independência do Banco Central e ao teto de gastos. A moeda, que nesta quinta (2) fechou nos R$ 5,04 -o menor patamar desde 29 de agosto de 2022, subiu 2,05% frente ao real, sendo vendida à vista a R$ 5,1470 nesta sexta. Parte da alta vem do cenário externo, onde a moeda americana mostrou uma força generalizada, principal

  • Folhapress

    Preço da gasolina sobe 3% nos postos com repasse de reajuste da Petrobras

    RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O preço médio da gasolina nos postos brasileiros subiu 3% nesta semana e chegou a R$ 5,12 por litro, segundo a pesquisa da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis). Com a alta, o produto volta a ficar acima de R$ 5 após duas semanas. O aumento reflete repasses do reajuste de 7,4% anunciado pela Petrobras em suas refinarias no dia 24 de janeiro. Na semana passada, a pesquisa da ANP não conseguiu captar os repasses, já que a coleta dos dados é fei

  • Folhapress

    Dólar sobe mais de 1,5% após falas de Lula sobre BC e Bolsa se recupera com altas de Vale e Petrobras

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O dólar e os juros ganham força no mercado brasileiro nesta sexta (3) pressionados pelas críticas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à independência do Banco Central e ao teto de gastos. A moeda que nesta quinta (2) fechou nos R$ 5,04, o menor patamar desde 29 de agosto de 2022, sobe acentuadamente frente ao real desde a abertura desta sexta. Às 13h45, o dólar à vista avançava 1,70%, a R$ 5,13 na venda. As falas do presidente também pressionam todas as curvas de