BBDC4.SA - Banco Bradesco S.A.

Sao Paolo - Sao Paolo Preço Adiado. Moeda em BRL.
38,06
-0,34 (-0,89%)
A partir de 12:55PM BRST. Mercado aberto.
O gráfico de ações não é compatível com seu navegador atual
Fechamento anterior38,40
Abrir38,35
Preço de Compra38,07 x 0
Preço de Venda38,09 x 0
Variação do Dia38,02 - 38,58
Variação de 52 semanas24,69 - 39,23
Volume1.598.700
Estimativa Volume14.868.293
Capitalização de Mercado239,597B
Beta (3A, mensalmente)1,49
Índice P/L (últ. 12 mes.)14,31
LPA (últ. 12 mes.)2,66
Data da Receita31 de jan de 2018 - 5 de fev de 2018
Dividendo futuro e rendimento0,23 (0,59%)
Data do Ex-Dividendo2018-12-26
Meta estimada de 1 ano40,98
  • Gol vai rever plano de incorporação da Smiles
    Reutershá 3 horas

    Gol vai rever plano de incorporação da Smiles

    SÃO PAULO (Reuters) - A Gol vai revisitar o plano de incorporação da companhia de redes de fidelidade de clientes Smiles depois que a controversa proposta original, que previa a migração da companhia aérea para o Novo Mercado foi rejeitada por uma comissão da B3 e o governo eliminou limites para o investimento estrangeiro no setor. ...

  • Reutershá 3 dias

    IFC lidera investimento de R$365 mi para apoiar fusão de farmacêutica que opera no Brasil

    SÃO PAULO (Reuters) - O IFC, braço do Banco Mundial, anunciou nesta sexta-feira que está liderando um investimento de 365 milhões de reais para apoiar a fusão dos negócios da Farmoquímica, subsidiária do laboratórios argentino Roemmers, e a Divcom, especialista brasileira de medicamentos de venda livre. A fusão concluída em setembro de 2017 criou o FQM Grupo, um dos maiores grupos farmacêuticos no Brasil, focado em medicamentos controlados e de venda livre. ...

  • Apreensão com crescimento global dita nova queda semanal Do Ibovespa
    Reutershá 3 dias

    Apreensão com crescimento global dita nova queda semanal Do Ibovespa

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - A apreensão sobre o ritmo de crescimento da economia global contaminou os negócios na bolsa paulista nesta sexta-feira, com o Ibovespa tendo nova perda semanal antes de uma amplamente monitorada reunião de política monetária do banco central norte-americano na próxima semana. Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 0,44 por cento, a 87.449,50 pontos, tendo oscilado da mínima de 87.106,12 pontos à máxima de 88.183,93 pontos. O giro financeiro do pregão somou 10,8 bilhões de reais. ...

  • Reutershá 3 dias

    Bradesco descarta tirar Cielo da bolsa

    Por Aluisio Alves e Carolina Mandl SÃO PAULO (Reuters) - O presidente-executivo do Bradesco, Octávio de Lazari, descartou planos de fechar o capital da Cielo, empresa que controla em sociedade com o Banco do Brasil. "Não vamos fechar o capital da Cielo", disse o executivo nesta sexta-feira em encontro anual com jornalistas. Maior empresa de meios de pagamentos eletrônicos do país, com quase metade de participação do mercado, a Cielo tem sofrido os efeitos da rápida multiplicação de concorrentes no setor, o que tem assustado investidores. ...

  • Folhapresshá 3 dias

    Bradesco espera US$ 100 bi externos na Bolsa brasileira em 2019

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Bolsa brasileira pode receber cerca de US$ 100 bilhões em recursos de investidores estrangeiros em 2019, segundo projeção feita pelo banco Bradesco. Segundo Marcelo Noronha, vice-presidente do Bradesco, cerca de US$ 50 bilhões virão de fundos de emergentes e outros US$ 50 bilhões podem vir de fundos globais para o mercado de ações brasileiro. "Conversei com dois grandes investidores globais e um deles disse que há cinco anos não se falava  Brasil. Agora se voltou a falar", disse Noronha. ...

  • Folhapresshá 3 dias

    Difícil que Banco do Brasil e Caixa sejam privatizados, diz presidente do Bradesco

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - É difícil que os dois bancos públicos, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, sejam privatizados  pelo futuro governo de Jair Bolsonaro, disse nesta sexta-feira (14), Octavio de Lazari Junior, presidente do Banco Bradesco. "Não acho que privatizar seja necessário e urgente e não deve ocorrer num prazo tão curto", afirmou Lazari, ao ressaltar a competência da equipe técnica escalada pelo futuro governo para administrar as duas instituições financeiras. ...

  • Ibovespa fecha em alta com melhora no cenário externo
    Reutershá 5 dias

    Ibovespa fecha em alta com melhora no cenário externo

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista fechou com o Ibovespa em alta nesta quarta-feira, encostando em 88 mil pontos no melhor momento da sessão, com sinais de algum alívio nas tensões comerciais entre Estados Unidos e China favorecendo o apetite global a risco. Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,65 por cento, a 86.977,46 pontos. No melhor momento, avançou 1,77 por cento, a 87.945,65 pontos. ...

  • Melhora externa favorece alta do Ibovespa em sessão com vencimentos
    Reutershá 5 dias

    Melhora externa favorece alta do Ibovespa em sessão com vencimentos

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O tom positivo prevalecia na bolsa paulista nesta quarta-feira, acompanhando o viés de praças acionárias no exterior e a alta dos preços de commodities, com sinais de algum alívio nas tensões comerciais entre EUA e China favorecendo o apetite a risco. Às 11:18, o Ibovespa subia 1,3 por cento, a 87.540,28 pontos. O volume financeiro somava 1,82 bilhão de reais, em sessão também marcada pelo vencimento dos contratos de opções sobre o Ibovespa e do índice futuro. "O clima dos mercados internacionais é positivo... ...

  • Reutershá 6 dias

    Ibovespa fecha em alta de 0,6% no fim de sessão volátil

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista fechou em alta nesta terça-feira, após alternar alta e baixa na parte da tarde, na esteira da volatilidade no cenário externo e últimos ajustes para os vencimentos de opções do Ibovespa e do índice futuro. Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa teve alta de 0,59 por cento, a 86.419,57 pontos, após oscilar da mínima de 85.583,05 pontos à máxima de 87.520 pontos. O volume financeiro somou 13 bilhões de reais. ...

  • Bradesco reduz previsão de inflação a 4% e da Selic a 7,25% em 2019
    Reutershá 10 dias

    Bradesco reduz previsão de inflação a 4% e da Selic a 7,25% em 2019

    SÃO PAULO (Reuters) - O Banco Bradesco revisou suas projeções para a inflação em 2019, a 4 por cento, de 4,25 por cento, e também para a taxa Selic, para 7,25 por cento, de 8 por cento, ao prever uma inércia inflacionária mais baixa, ociosidade se reduzindo de forma gradual e preços do petróleo com sinais mais favoráveis, em ambiente de ociosidade ainda elevada. ...

  • Bloomberghá 11 dias

    Bradesco vende R$ 8 bi em créditos podres para a Ativos: Fontes

    (Bloomberg) -- O Bradesco, segundo maior banco do Brasil em valor de mercado, vendeu uma carteira de créditos inadimplentes de R$ 8 bilhões para a Ativos, uma unidade do Banco do Brasil, segundo duas pessoas com conhecimento do assunto.

  • Reutershá 13 dias

    Banco CBSS e fintech Geru fazem parceria em crédito

    SÃO PAULO (Reuters) - O CBSS, controlado pelos sócios Bradesco e Banco do Brasil, fez uma parceria com a fintech Geru para empréstimos a pessoas físicas. Pelo acordo, o CBSS vai fornecer recursos para a concessão de empréstimos pessoais. A Geru oferece empréstimo pessoal de 2 mil a 50 mil reais, com juros que variam de 2 a 5 por cento ao mês e pagamento em até 36 meses. Segundo o fundador e presidente da Geru, Sandro Reiss, a parceria permitirá que a fintech amplie o número de aprovações de propostas, especialmente para tomadores com perfil de crédito considerados de maior risco. ...

  • Em dia de pagamento do 13º, plataformas do Bradesco ficam fora do ar
    Canaltechhá 17 dias

    Em dia de pagamento do 13º, plataformas do Bradesco ficam fora do ar

    Correntistas do banco afirmam que site e aplicativo oficiais não conectam em suas respectivas contas, travando na hora de carregar as páginas; problema atravessou toda a manhã e parte da tarde desta sexta, dia 30; banco se pronunciou, confirmando instabilidade

  • Ibovespa renova máximas e encosta em 90 mil pts
    Reutershá 18 dias

    Ibovespa renova máximas e encosta em 90 mil pts

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa renovava máximas históricas nesta quinta-feira, encostando em 90 mil pontos, com dados econômicos dos Estados Unidos endossando declarações 'dovish' do chairman do Federal Reserve na véspera, em movimento liderado pelas ações de CCR e Ecorodovias nesta sessão. Às 14:57, o Ibovespa subia 0,58 por cento, a 89.765,02 pontos. No melhor momento, subiu 0,74 por cento, a 89.909,58 pontos, nível intradia recorde. O volume financeiro somava 7,42 bilhões de reais. ...

  • InfoMoneyhá 20 dias

    Ibovespa dispara quase 3% por cessão onerosa e tem a maior alta em 10 dias

    O dólar caiu pela primeira vez em cinco pregões com a atuação do Banco Central

  • Colheita de trigo é raio de esperança para economia argentina
    Bloomberghá 20 dias

    Colheita de trigo é raio de esperança para economia argentina

    (Bloomberg) -- Está chegando a artilharia para a batalha do presidente Mauricio Macri para reanimar a economia argentina.

  • CORREÇÃO-Ibovespa fecha em queda de 0,8%, guiado por bancos e Vale
    Reutershá 21 dias

    CORREÇÃO-Ibovespa fecha em queda de 0,8%, guiado por bancos e Vale

    (Corrige no título para queda de 0,8%, não de 1%) Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista fechou a segunda-feira em queda, descolada do tom positivo de praças acionárias no exterior, tendo as ações de bancos e da mineradora Vale entre as principais pressões negativas, em sessão com expressivo volume financeiro. Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 0,79 por cento, a 85.546,51 pontos. O volume financeiro alcançou 18 bilhões de reais, acima da média diária do mês, de 14,7 bilhões de reais. ...

  • InfoMoneyhá 21 dias

    JBS sobe por perspectiva otimista para o setor e Gol despenca 7,5% com alta do dólar

    As varejistas, que chegaram a registrar alta com a Black Friday acima do esperado e a entrada da Via Varejo no Novo Mercado, encerraram em queda

  • InfoMoneyhá 26 dias

    Oi dispara 11%; Petrobras e Vale derretem com ajuste de ADRs e Even salta 7% por distrato

    Construtoras avançaram com o Senado aprovando o texto-base do projeto de distratos

  • Reutershá 26 dias

    Elo assume a bandeira de cartões Diners no Brasil

    SÃO PAULO (Reuters) - A bandeira brasileira de cartões Elo, da sociedade entre Bradesco, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, anunciou nesta quarta-feira que assumiu a marca Diners Club no Brasil. O contrato dá à Elo exclusividade de 10 anos para explorar a marca Diners e pode ser depois renovado. O cartão resultante da parceria foi batizado como Elo Nanquim Diners Club. Segundo a Elo, a iniciativa visa a fortalecer sua posição entre clientes de alta renda. (Por Aluísio AlveS)

  • Ibovespa recua com Cielo liderando perdas; Petrobras tem volatilidade após anúncio de novo CEO
    Reutershá 28 dias

    Ibovespa recua com Cielo liderando perdas; Petrobras tem volatilidade após anúncio de novo CEO

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa recuava nesta segunda-feira, com as ações da empresa de pagamentos Cielo novamente entre as maiores quedas conforme permanecem preocupações sobre disputa de preços no setor, enquanto os papéis da Petrobras mostravam alguma volatilidade após anúncio de que Roberto Castello Branco presidirá a petrolífera no próximo governo. Às 12:15, o principal índice de ações da bolsa paulista caía 0,96 por cento, a 87. ...

  • InfoMoneymês passado

    Índice de ações brasileiras sobe 2,33% com bom humor em Wall Street e indicação ao Banco Central

    A equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro indicou o diretor do Santander, Roberto Campos Neto, para presidir o Banco Central  

  • Reutersmês passado

    Diretor de cartões do Bradesco assume presidência da Alelo

    SÃO PAULO (Reuters) - A Alelo, administradora de programas de benefícios do grupo Elopar, joint venture controlada por Bradesco e Banco do Brasil, anunciou a nomeação de Cesario Nakamura como novo presidente da companhia. Nakamura deixa a diretoria de cartões do Bradesco, função que exercia desde julho de 2006. O executivo também foi membro do conselho de administração da própria Alelo. Também ocupou posições de direção na American Express e na Credicard. ...

  • Bloombergmês passado

    Bradesco compraria HSBC de novo, mesmo pagando mais, diz Lazari

    (Bloomberg) -- Ele não se arrepende: O presidente do Banco Bradesco compraria novamente o HSBC no Brasil, mesmo que tivesse que pagar mais caro do que os US$ 5 bilhões que desembolsou em 2016.

  • Bradesco deve crescer crédito em mais de 10% em 2019, diz Lazari
    Bloombergmês passado

    Bradesco deve crescer crédito em mais de 10% em 2019, diz Lazari

    (Bloomberg) -- Bradesco, o segundo maior banco da América Latina em valor de mercado, vai aumentar sua carteira de empréstimos em pelo menos 10 porcento no próximo ano, em meio à expectativa de que o novo governo promova políticas favoráveis ​​ao mercado e aumente o crescimento econômico, disse o presidente Octavio de Lazari.