^HSI - HANG SENG INDEX

HKSE - HKSE Preço Adiado. Moeda em HKD.
27.498,77
+271,61 (+1,00%)
No fechamento: 4:09PM HKT
O gráfico de ações não é compatível com seu navegador atual
Fechamento anterior27.227,16
Abrir27.289,70
Volume0
Variação do Dia27.201,02 - 27.584,12
Variação de 52 semanas24.540,63 - 30.280,12
Estimativa Volume1.936.390.038
  • Números do mercado financeiro
    Folhapresshá 7 dias

    Números do mercado financeiro

    DÓLAR compra/venda Câmbio livre BC - R$ 3,8658 / R$ 3,8664 ** Câmbio livre mercado - R$ 3,8480 / R$ 3,8500 * Turismo - R$ 3,8200 / R$ 4,0200 (*) cotação média do mercado (**) cotação do Banco Central Variação do câmbio livre mercado no dia: -0,90% OURO BM&F; R$ 163,110 BOLSAS Bovespa (Ibovespa) Variação: 1,53% Pontos: 98.960 Volume financeiro: R$ 16,959 bilhões Maiores altas: Vale ON (6,39%), CSN ON (5,68%), Bradespar PN (5,58%) Maiores baixas: IRB Brasil ON (-1,69%), Via Varejo ON (-1,19%), Estácio ON (-1,17%) S&P; 500 (Nova York): -0,03% Dow Jones (Nova York): -0,05% Nasdaq (Nova York): -0,01% CAC 40 (Paris): 0,48% Dax 30 (Frankfurt): 0,92% Financial 100 (Londres): 0,31% Nikkei 225 (Tóquio): 0,33% Hang Seng (Hong Kong): 0,76% Shanghai Composite (Xangai): 2,58% Merval (Buenos Aires): 5,02% IPC (México): 0,24% ÍNDICES DE INFLAÇÃO IPCA/IBGE Abril 2018: 0,22% Maio 2018: 0,40% Junho 2018: 1,26% Julho 2018: 0,33% Agosto 2018: -0,09% Setembro 2018: 0,48% Outubro 2018: 0,45% Novembro 2018: -0,21% Dezembro 2018: 0,15% Janeiro 2019: 0,32% Fevereiro 2019: 0,43% Março 2019: 0,75% Abril 2019: 0,57% INPC/IBGE Abril 2018: 0,21% Maio 2018: 0,43% Junho 2018: 1,43% Julho 2018: 0,25% Agosto 2018: 0,00% Setembro 2018: 0,30% Outubro 2018: 0,40% Novembro 2018: -0,25% Dezembro 2018: 0,14% Janeiro 2019: 0,36% Fevereiro 2019: 0,54% Março 2019: 0,77% Abril 2019: 0,60% IPC/Fipe Abril 2018: -0,03% Maio 2018: 0,19% Junho 2018: 1,01% Julho 2018: 0,23% Agosto 2018: 0,41% Setembro 2018: 0,39% Outubro 2018: 0,48% Novembro 2018: 0,15% Dezembro 2018: 0,09% Janeiro 2019: 0,58% Fevereiro 2019: 0,54% Março 2019: 051% Abril 2019: 0,29% IGP-M/FGV Maio 2018: 1,38% Junho 2018: 1,87% Julho 2018: 0,51% Agosto 2018: 0,70% Setembro 2018: 1,52% Outubro 2018: 0,89% Novembro 2018: -0,49% Dezembro 2018: -1,08% Janeiro 2019: 0,01% Fevereiro 2019: 0,88% Março 2019: 1,26% Abril 2019: 0,92% Maio 2019: 0,45% IGP-DI/FGV Abril 2018: 0,93% Maio 2018: 1,64% Junho 2018: 1,48% Julho 2018: 0,44% Agosto 2018: 0,68% Setembro 2018: 1,79% Outubro 2018: 0,26% Novembro 2018: -1,14% Dezembro 2018: -0,45% Janeiro 2019: 0,07% Fevereiro 2019: 1,25% Março 2019: 1,07% Abril 2019: 0,90% SALÁRIO MÍNIMO Janeiro 2019: R$ 998,00

  • Índices da China fecham em alta com expectativa de acordo comercial apesar de alta de tarifas
    Reutersmês passado

    Índices da China fecham em alta com expectativa de acordo comercial apesar de alta de tarifas

    Por Andrew Galbraith e Noah Sin XANGAI/HONG KONG (Reuters) - O mercado acionário chinês terminou em alta e o iuan se fortaleceu nesta sexta-feira com os investidores apostando que Pequim e Washington conseguirão salvar um acordo comercial, apesar de os Estados Unidos terem aumentado as tarifas sobre produtos chineses. Embora a alta das tarifas pelos EUA sobre produtos chineses tenha entrado em vigor nesta sexta-feira como planejado, os investidores avaliaram que ambos os lados estão voltando à mesa de negociações para o segundo dia de conversas. ...

  • Índices chineses fecham em mínima de 11 semanas com aumento das tensões comerciais
    Reutersmês passado

    Índices chineses fecham em mínima de 11 semanas com aumento das tensões comerciais

    XANGAI (Reuters) - Os principais índices acionários da China recuaram nesta quinta-feira para perto das mínimas em 11 semanas, em meio à intensificação das tensões comerciais depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu não voltar atrás na decisão de impor novas tarifas sobre importações chinesas. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 1,85 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 1,48 por cento. Ambos os índices terminaram no nível de fechamento mais baixo desde 22 de fevereiro. ...

  • Mercado da China tem perdas com temores sobre tarifas em meio a dados comerciais mistos
    Reutersmês passado

    Mercado da China tem perdas com temores sobre tarifas em meio a dados comerciais mistos

    HONG KONG (Reuters) - O mercado acionário chinês recuou nesta quarta-feira diante de dados de exportações mais fracos do que o esperado, ampliando as preocupações do investidor sobre a disputa tarifária entre Pequim e Washington. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 1,43 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 1,12 por cento. O subíndice do setor financeiro recuou 1,8 por cento, o de consumo perdeu 1,4 por cento, o imobiliário caiu 1,3 por cento e o de saúde teve queda de 1,6 por cento. ...

  • Reutersmês passado

    Índices da China recuperam perdas após enviado comercial confirmar visita aos EUA

    HONG KONG (Reuters) - Os mercados acionários da China avançaram nesta terça-feira depois que Pequim disse que vai enviar sua principal autoridade aos Estados Unidos nesta semana para negociações comerciais, apesar de a Casa Branca ter ameaçado com novas tarifas. Os mercados conseguiram recuperar parte das perdas vistas na segunda-feira depois desse anúncio. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,98 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,69 por cento. ...

  • Índices chineses têm maior queda em mais de 3 anos com ameaças tarifárias
    Reutersmês passado

    Índices chineses têm maior queda em mais de 3 anos com ameaças tarifárias

    Por Luoyan Liu e Andrew Galbraith XANGAI (Reuters) - Os investidores chineses foram pegos de surpresa pelas ameaças tarifárias do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, levando-os a vender ações e a vender o iuan nesta segunda-feira, quando a deteriorização das relações comerciais entre Pequim e Washington agitaram os mercados financeiros asiáticos. Os principais índices acionários do país mostraram sua maior queda em mais de três anos. ...

  • Reutershá 2 meses

    Índices asiáticos fecham mistos antes de dados de empregos nos EUA

    Por Swati Pandey e Noah Sin SIDNEY/HONG KONG (Reuters) - Os índices acionários asiáticos permaneceram dentro de faixas estreitas nesta sexta-feira, em meio a um dia fraco de negociações devido a feriados e com investidores à espera da divulgação dos principais dados de emprego dos Estados Unidos e outros sinais para direcionar o mercado. As ações de Hong Kong subiram 0,46 por cento, o índice australiano perdeu 0,04 por cento, enquanto o índice KOSPI, da Coreia do Sul caiu 0,74 por cento. ...

  • Mercados de Hong Kong e Coreia avançam em dia fraco com feriado no Japão e na China
    Reutershá 2 meses

    Mercados de Hong Kong e Coreia avançam em dia fraco com feriado no Japão e na China

    SYDNEY (Reuters) - As negociações no mercado asiáticas ficaram enfraquecidas nesta quinta-feira devido a feriados no Japão e na China, mas as ações em Hong Kong e na Coreia do Sul avançaram depois que a CNBC noticiou que os Estados Unidos e a China podem anunciar um aguardado acordo comercial até 10 de maio. O índice de Hong Kong Hang Seng registrou alta de 0,83 por cento, enquanto o sul-coreano Kospi avançou 0,42 por cento. A notícia saiu no momento em que o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, viaja a Washington. ...

  • Reutershá 2 meses

    Índices chineses encerram em alta apesar de dados decepcionantes de atividade industrial

    XANGAI (Reuters) - Os índices acionários chineses subiram nesta terça-feira apesar dos dados fracos de atividade industrial, com alguns analistas dizendo que as correções acentuadas recentes refletiram as expectativas de um crescimento econômico mais lento. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,3 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,5 por cento. O mercado de ações da China estará fechado a partir de quarta-feira devido aos feriados do Dia do Trabalho e reabrirá na segunda-feira, 6 de maio. ...

  • Reutershá 2 meses

    Índice de blue-chips da China tem alta por dados de lucro industrial

    XANGAI (Reuters) - O índice de blue-chips da China avançou nesta segunda-feira e devolveu parte das fortes perdas da semana anterior, com investidores estrangeiros buscando barganhas após dados favoráveis de lucro industrial darem sinais de recuperação da economia, O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve alta de 0,28 por cento, enquanto o índice de Xangai caiu 0,77 por cento. Na sexta-feira, ambos os índices registraram a pior queda semanal desde 12 de outubro de 2018 devido a preocupações com suporte do governo. ...

  • Índices da China registram pior semana desde outubro por preocupações com suporte
    Reutershá 2 meses

    Índices da China registram pior semana desde outubro por preocupações com suporte

    XANGAI (Reuters) - Os índices acionários da China recuaram nesta sexta-feira, registrando o mais forte declínio semanal desde outubro de 2018, uma vez que os investidores temem que a China possa reduzir suas medidas de estímulo em meio a sinais de estabilização econômica. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 1,33 por cento, enquanto o índice de Xangai caiu 1,2 por cento. Na semana, ambos os índices perderam 5,6 por cento, maior declínio semanal desde 12 de outubro de 2018. ...

  • Mercado acionário da China cai para mínima de 3 semanas com temores sobre crescimento e estímulo
    Reutershá 2 meses

    Mercado acionário da China cai para mínima de 3 semanas com temores sobre crescimento e estímulo

    Por Noah Sin HONG KONG (Reuters) - O mercado acionário chinês recuou para o nível mais baixo em mais de três semanas nesta quinta-feira, pressionado pelas tentativas do banco central de conter as expectativas do mercado de mais afrouxamento monetário e preocupações com as perspectivas de recuperação econômica. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 2,19 por cento, enquanto o índice de Xangai caiu 2,43 por cento, fechando no menor nível desde 1 de abril. ...

  • Índices da China devolvem perdas e fecham em alta com impulso de ações de tecnologia
    Reutershá 2 meses

    Índices da China devolvem perdas e fecham em alta com impulso de ações de tecnologia

    XANGAI (Reuters) - Os principais índices acionários da China registraram leve alta nesta quarta-feira, recuperando perdas anteriores, uma vez que os ganhos nas ações de tecnologia compensaram as preocupações de que o banco central pode reduzir o escopo de mais afrouxamento monetário. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve alta de 0,28 por cento, enquanto o índice de Xangai ganhou 0,09 por cento. ...

  • Reutershá 2 meses

    Preocupações com ritmo de afrouxamento monetário pressionam índices da China

    XANGAI (Reuters) - Os mercados acionários chineses terminaram em baixa a sessão desta segunda-feira, ampliando o forte recuo do dia anterior, com investidores preocupados que Pequim possa desacelerar o ritmo do afrouxamento monetário após desempenho econômico mais forte do que o esperado. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 0,16 por cento, enquanto o índice de Xangai caiu 0,51 por cento. Ambos chegaram a avançar mais cedo na sessão. ...

  • Índices da China têm maior queda em quase 4 semanas por temores sobre política monetária
    Reutershá 2 meses

    Índices da China têm maior queda em quase 4 semanas por temores sobre política monetária

    XANGAI (Reuters) - O mercado acionário da China caiu nesta sexta-feira da máxima em 13 meses, registrando a pior sessão em quase quatro semanas, uma vez que declarações levantaram os temores de investidores de que Pequim vai desacelerar o ritmo de afrouxamento monetário após alguns sinais de estabilização. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 2,31 por cento, enquanto o índice de Xangai caiu 1,7 por cento, ambos registrando a maior queda diária desde 25 de março. ...

  • Reutershá 2 meses

    Índice de Xangai recua de máxima de 13 meses por realização de lucros

    XANGAI (Reuters) - O índice acionário de Xangai recuou da máxima de fechamento de 13 meses e terminou em queda nesta quinta-feira, uma vez que investidores travaram ganhos após o forte rali sustentado por sinais de recuperação econômica. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 0,37, enquanto o índice de Xangai caiu 0,4 por cento. ...

  • Casal fica US$ 5 bi mais rico em 2019 vendendo comida chinesa
    Bloomberghá 2 meses

    Casal fica US$ 5 bi mais rico em 2019 vendendo comida chinesa

    (Bloomberg) -- A insaciável fome dos chineses por caldos apimentados garante a expansão acelerada da fortuna dos fundadores de uma rede de restaurantes. O patrimônio do casal cresce mais rápido do que o de muitas das famílias mais abastadas do planeta.

  • Índice de Xangai fecha na máxima de 13 meses por dados do PIB da China
    Reutershá 2 meses

    Índice de Xangai fecha na máxima de 13 meses por dados do PIB da China

    XANGAI (Reuters) - O índice acionário de Xangai atingiu a máxima de fechamento de 13 meses nesta quarta-feira, uma vez que dados inesperadamente firmes indicaram recuperação da segunda maior economia do mundo. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, ficou estável, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,3 por cento, para 3.263,12 pontos, maior fechamento desde 21 de março de 2018. ...