^FTSE - FTSE 100

FTSE Index - FTSE Index Preço Adiado. Moeda em GBP.
7.490,23
+122,91 (+1,67%)
No fechamento: 4:35PM BST
O gráfico de ações não é compatível com seu navegador atual
Fechamento anterior7.367,32
Abrir7.367,32
Volume0
Variação do Dia7.367,32 - 7.495,26
Variação de 52 semanas6.866,90 - 7.903,50
Estimativa Volume724.250.534
  • Unilever detalha planos para listagem de nova entidade holandesa em dezembro
    Reutershá 11 dias

    Unilever detalha planos para listagem de nova entidade holandesa em dezembro

    Por Martinne Geller e James Davey LONDRES (Reuters) - A gigante de bens de consumo Unilever apresentou nesta terça-feira os detalhes do seu plano para listar em bolsa a sua nova entidade holandesa, o que provocou críticas de alguns acionistas do Reino Unido e acabou se misturando no debate sobre o Brexit. A fabricante dos sabonetes Dove, dos chás Lipton e do sorvete Ben&Jerry's disse que acabar com sua estrutura anglo-holandesa é um movimento puramente empresarial para melhorar a governança corporativa e torná-la mais ágil, especialmente no que diz respeito a grandes fusões e aquisições. ...

  • Reutershá 12 dias

    Índices italianos lideram ganhos nas bolsas da Europa com recuo das tensões orçamentárias

    Por Danilo Masoni MILÃO/LONDRES, (Reuters) - Os índices acionários da Europa avançaram nesta segunda-feira, graças à recuperação do setor bancário, depois que comentários do ministro das Finanças da Itália diminuíram as preocupações sobre o plano de gastos de seu governo. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,48 por cento, a 1.468 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,47 por cento, a 376 pontos. Fortemente influenciados pelo comércio exterior, o alemão DAX subiu 0,2 por cento e o e o italiano FTSE MIB saltou 2,3 por cento - seu maior avanço em três meses. ...

  • Folhapresshá 17 dias

    Após salto, dólar perde fôlego e fecha em baixa, a R$ 4,14

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Apesar do salto pela manhã, o dólar mudou de direção e fechou em baixa nesta quarta-feira (5), conforme a pressão externa a países emergentes deu sinais de arrefecimento. O cenário eleitoral doméstico ainda exige, no entanto, cautela de investidores.O dólar comercial abriu em alta e foi a R$ 4,186, mas terminou o pregão em queda de 0,26%, cotado a R$ 4,144."O que vimos foi algum movimento de realização de quem estava vendido no patamar de R$ 4,17", diz Mauriciano Cavalcante, gerente de câmbio da Ourominas.Entre os emergentes, o dia foi misto. ...

  • Reutershá 17 dias

    Fundo de hegde da Cargill, CarVal, diz ter rejeitado oferta da Schroders

    Por Maiya Keidan e Jonathan Saul LONDRES (Reuters) - A gestora de ativos britânica Schroders expressou interesse na compra da CarVal Investors em maio, mas o fundo de hedge, que pertence ao grupo norte-americano Cargill, disse que não estava à venda, informou um executivo da CarVal. A CarVal, que tem 11,6 bilhões de dólares sob sua administração, o que a coloca entre os 2 por cento dos maiores fundos de hedge globais, teria sido uma importante aquisição para a Schroders, que tem buscado expandir sua gama de produtos. "A Schroders... ...

  • Folhapresshá 17 dias

    Dólar oscila em patamar de R$ 4,16 por cautela com emergentes e eleições

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O dólar oscila ante o real nesta quarta-feira (5), em mais um dia de cautela de investidores com países emergentes somada a expectativas sobre o cenário eleitoral brasileiro.O dólar comercial abriu em alta a R$ 4,18, chegando a atingir R$ 4,186. Na mínima, no entanto, caiu para R$ 4,151. Às 13h (horário de Brasília), avançava 0,14%, cotado a R$ 4,161.Das 24 divisas emergentes, 13 se desvalorizavam em relação à moeda americana. ...

  • Reutershá 24 dias

    Índices acionários europeus avançam com aumento do apetite por risco diante de expectativa de acordo comercial

    Por Julien Ponthus LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus avançaram nesta quarta-feira, com o otimismo diante das negociações entre Estados Unidos e Canadá reanimando o apetite por risco, embora o índice britânico tenha sido pressionado pela alta da libra. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,3 por cento, a 1.512 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,29 por cento, a 387 pontos. Os Estados Unidos e o México concordaram na segunda-feira em reformular a associação comercial do Nafta, enquanto os investidores esperavam para ver se o Canadá vai aceitar o acordo ...

  • Reutersmês passado

    Mercados se recuperam enquanto Atlantia pressiona ações italianas

    Por Helen Reid LONDRES (Reuters) - Os mercados de ações europeus se recuperaram nesta quinta-feira depois que Pequim anunciou que vai realizar negociações comerciais com os Estados Unidos neste mês, estimulando a procura por ativos de risco, embora ações italianas tenham caído com uma forte queda da Atlantia. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,52 por cento, a 1. ...

  • Reutershá 2 meses

    Negociações comerciais impulsionam mercados europeus e resultados causam fortes oscilações

    Por Kit Rees e Helen Reid LONDRES (Reuters) - Os mercado de ações europeus subiram nesta terça-feira, para uma nova máxima de seis semanas, devido a sinais de alívio na guerra comercial entre EUA e China, enquanto fortes atualizações de resultados geraram ganhos para ações como a alemã Lufthansa e a francesa Vivendi. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,24 por cento, a 1.534 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,18 por cento, a 392 pontos. ...

  • Reutershá 2 meses

    Ações europeias batem máxima de duas semanas com retorno do otimismo com crescimento

    Por Alana Wise e Caroline Hroncich LONDRES (Reuters) - Uma onda de otimismo sobre a resiliência da economia global ajudou as ações europeias a obter ganhos apesar da escalada da disputa comercial entre Estados Unidos e China e de renovadas divisões no governo britânico acerca do Brexit. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,59 por cento, a 1.507 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,6 por cento, para o seu nível mais alto desde 22 de junho, e o DAX, da Alemanha, avançou 0,4 por cento. ...

  • Reutershá 4 meses

    Ações italianas se recuperam e impulsionam principais índices acionários europeus

    Por Kit Rees e Helen Reid LONDRES (Reuters) - Uma modesta retomada das ações italianas ajudou a elevar os mercados acionários europeus nesta quarta-feira, conforme os investidores se recuperavam das vendas da sessão anterior e digeriam a possibilidade de uma nova eleição na Itália em julho. Após perdas na terça-feira, o índice italiano FTSE MIB terminou com ganhos de 2,1 por cento, mas o mercado ainda tem queda de 2,7 por cento até agora nesta semana e devolveu todos os ganhos conseguidos em 2018. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,23 por cento, a 1. ...

  • Reutershá 4 meses

    Índices acionários europeus recuam pressionadas por setor automotivo e pelo Deutsche Bank

    Por Kit Rees e Danilo Masoni LONDRES/MILÃO (Reuters) - Os mercados acionários europeus recuaram nesta quinta-feira pressionados por montadoras depois que os Estados Unidos iniciaram uma investigação sobre as importações de automóveis, enquanto o Deutsche Bank caiu após anunciar milhares de demissões. O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,63 por cento, a 1.529 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,52 por cento, a 391 pontos. ...

  • Folhapresshá 4 meses

    Dólar se aproxima mais de R$ 3,60 apesar de exterior pessimista; Bolsa cai 2%

    ANAÏS FERNANDESSÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O tom negativo no cenário externo freou a queda do dólar ante o real nesta quarta-feira (23). Ainda assim, a moeda americana emendou um terceiro dia de desvalorização, em mais uma sessão com intervenção do Banco Central e impulsionada pela melhora nos mercados emergentes.O dólar comercial recuou 0,52%, cotado R$ 3,626. Na máxima do dia chegou a R$ 3,68. O dólar à vista perdeu 0,3%, para R$ 3,628.  O Ibovespa, índice que reúne as ações de maior liquidez na Bolsa brasileira, caiu 2,26%, para 80. ...

  • Reutershá 4 meses

    Petróleo, tensão comercial e incertezas políticas na Itália pressionam índices acionários europeus

    Por Danilo Masoni e Helen Reid MILÃO/LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus recuaram nesta quarta-feira uma vez que as negociações comerciais entre China e Estados Unidos estagnaram e a queda nos preços do petróleo freou os ganhos no setor de energia, enquanto a incerteza política na Itália continuou pressionando os bancos. O índice FTSEurofirst 300 caiu 1,16 por cento, a 1.539 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 1,1 por cento, a 393 pontos, a maior queda em dois meses, recuando da máxima de três meses e meio atingida na terça-feira. ...

  • Reutershá 4 meses

    Índices acionários europeus avançam com recuperação na Itália e cortes de tarifas da China para automóveis

    Por Helen Reid LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus chegaram ao nível mais alto desde o início de fevereiro nesta terça-feira, com alta nos índices de automóveis e bancos e recuperação das ações italianas com a paralisação do processo de formação do governo de coalizão anti-establishment. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,29 por cento, a 1.557 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,27 por cento, a 397 pontos. ...

  • Dólar fecha abaixo de R$ 3,70 com intervenção maior do BC
    Folhapresshá 4 meses

    Dólar fecha abaixo de R$ 3,70 com intervenção maior do BC

    A ampliação da intervenção do Banco Central no mercado de câmbio surtiu efeito, e o dólar interrompeu nesta segunda (21) uma sequência de seis altas consecutivas.A moeda fechou o dia em baixa de 1,36%, a R$ 3,688 (comercial), enquanto o à vista caiu 0,9%, para R$ 3,71.Na sexta (18), o BC anunciara que ofertaria neste pregão 15 mil contratos adicionais de swap cambial, totalizando US$ 2 bilhões.

  • Reutershá 4 meses

    Índices acionários europeus avançam com alívio em tensões comerciais; Itália recua

    Por Danilo Masoni e Kit Rees MILÃO (Reuters) - Os mercados acionários europeus avançaram nesta segunda-feira, uma vez que a redução nas preocupações acerca de uma guerra comercial elevou o dólar e dava suporte aos exportadores, enquanto as ações italianas ficaram sob renovada pressão conforme os mercados aguardavam a criação de um novo governo. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,26 por cento, a 1.553 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,3 por cento, a 396 pontos, mantendo0se na máxima desde o início de fevereiro.. ...

  • Reutershá 4 meses

    índices acionários europeus registram melhor série semanal desde 2014

    Por Danilo Masoni e Julien Ponthus (Reuters) - Os mercados acionários europeus recuaram nesta sexta-feira mas registraram sua oitava semana consecutiva de ganhos graças à alta nas ações de energia, o que ajudava os investidores a deixarem de lado preocupações sobre o governo que será formado na Itália. O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,29 por cento, a 1.549 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,28 por cento, a 395 pontos. ...

  • Reutershá 4 meses

    Mercado acionário europeu tem maior sequência de altas semanais em 3 anos

    Por Kit Rees LONDRES (Reuters) - As bolsas europeias alcançaram a maior sequência de altas semanais em mais de três anos nesta sexta-feira, com a atividade de fusões e aquisições somando-se à movimentada temporada de resultados corporativos. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,09 por cento, a 1.539 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,11 por cento, a 392 pontos. O STOXX atingiu sua sétima semana consecutiva de ganhos, a mais longa sequência de altas desde março de 2015. ...

  • Reutershá 4 meses

    Principal índice acionário europeu recua pressionado por BT e serviços públicos; bancos sobem

    Por Danilo Masoni e Kit Rees MILÃO (Reuters) - O principal índice acionário europeu recuou nesta quinta-feira, com perdas na BT após apresentar resultado decepcionante e pressionado pela fraqueza nas ações de serviços públicos. O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,13 por cento, a 1.538 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,12 por cento, a 392 pontos. ...

  • Reutershá 5 meses

    Mercado acionário italiano recua com preocupações sobre eleição

    Por Julien Ponthus e Danilo Masoni LONDRES/MILÃO (Reuters) - A bolsa italiana foi um ponto fraco no mercado acionário europeu nesta terça-feira diante do aumento da ameaça de repetição da eleição, enquanto resultados corporativos e negociações geraram alguns grandes movimentos individuais. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,04 por cento, a 1.528 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,13 por cento, a 390 pontos depois de ter passado a maior parte do dia em território negativo. ...

  • Reutershá 5 meses

    FTSE 100 sobe, com destaques para Just Eat e BP; libra cai

    SÃO PAULO (Reuters) - O mercado acionário britânico fechou em leve alta nesta terça-feira, após dados mostrarem que o crescimento da manufatura na região desacelerou para o menor patamar em 17 meses, levando a uma queda na libra e impulsionando empresas com receita em dólar. O FTSE 100 encerrou o primeiro pregão de maio com alta de 0,15 por cento, a 7.520 pontos. A gigante de petróleo BP respondeu pela maior parte dos pontos, com alta de 1,3 por cento após reportar um salto de 71 por cento no lucro do primeiro trimestre. ...

  • Reutershá 6 meses

    Mercados acionários europeus recuam com Micro Focus e antes de reunião do Fed

    Por Helen Reid LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus fecharam em queda nesta segunda-feira, antes da alta amplamente esperada da taxa de juros do Federal Reserve, enquanto resultados e fusões e aquisições se destacaram, com a empresa de software Micro Focus afundando e uma oferta para a Hammerson impulsionando ações de imóveis comerciais. O índice FTSEurofirst 300 caiu 1,15 por cento, a 1.461 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 1,07 por cento, a 374 pontos. ...

  • Reutershá 6 meses

    Unilever escolhe Roterdã como sede e Reino Unido perde batalha antes do Brexit

    Por Kate Holton e Toby Sterling LONDRES/AMSTERDÃ (Reuters) - A Unilever , terceira maior empresa no Reino Unido, escolheu Roterdã para substituir Londres como sua sede, em um golpe para o governo da primeira-ministra Theresa May, um ano antes do Brexit. A empresa anglo-holandesa, que fabrica desde o sabonete Dove aos sorvetes Ben & Jerry, lançou uma revisão de sua estrutura de controle duplo em 2017, após rejeitar uma aquisição de 143 bilhões de dólares da Kraft Heinz , disparando uma batalha entre Reino Unido e Holanda. ...

  • Reutershá 6 meses

    Ações italianas e bancos pesam em índices acionários europeus; Adidas brilha

    (Reuters) - Os mercados acionários europeus recuaram nesta quarta-feira com os sólidos resultados da Adidas e os ganhos das ações de mineração sendo ofuscados pela fraqueza dos bancos e o recuo das ações italianas em meio a nova agitação na política. O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,14 por cento, a 1.466 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,15 por cento, a 375 pontos. ...

  • Reutershá 7 meses

    Mercados acionários europeus fecham em alta, apesar de Itália e tarifa de Trump

    Por Danilo Masoni MILÃO (Reuters) - As ações europeias se recuperaram nesta segunda-feira das mínimas em seis meses atingidas na semana passada com os temores de que as novas tarifas norte-americanas poderiam desencadear uma guerra comercial, mas a recuperação foi contida por grandes perdas na Itália depois que os partidos de oposição surgiram em uma eleição inconclusiva. O índice FTSEurofirst 300 subiu 1,04 por cento, a 1.452 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 1,04 por cento, a 371 pontos. ...