^FTSE - FTSE 100

FTSE Index - FTSE Index Preço Adiado. Moeda em GBP.
7.207,59
-147,72 (-2,01%)
No fechamento: 4:35PM GMT
O gráfico de ações não é compatível com seu navegador atual
Fechamento anterior7.355,31
Abrir7.355,31
Volume0
Variação do Dia7.192,76 - 7.356,37
Variação de 52 semanas6.536,50 - 7.903,50
Estimativa Volume672.266.046
  • Índices europeus recuam pressionados por bancos, Londres salta
    Reutersanteontem

    Índices europeus recuam pressionados por bancos, Londres salta

    Por Susan Mathew e Medha Singh (Reuters) - Os mercados acionários europeus recuaram pelo segundo dia nesta quinta-feira, pressionados pelas ações financeiras e forte queda da empresa franco-italiano EssilorLuxottica. O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,08 por cento, a 1.497 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,04 por cento, a 381 pontos. Frankfurt, Madri, Dublin e Paris registraram perdas, mas em Londres uma alta nas ações de energia e a libra mais fraca levaram o índice FTSE 100 a uma alta de 0,9 por cento, para a máxima em mais de cinco meses. ...

  • Reutershá 8 dias

    Índices europeus fecham na máxima de cinco meses em meio a otimismo com comércio e Brexit

    Por Josephine Mason LONDRES (Reuters) - Os índices europeus encerraram no maior nível em cinco meses nesta sexta-feira uma vez que investidores receberam bem sinais positivos sobre as negociações comerciais entre Estados Unidos e China e a votação de parlamentares do Reino Unido para adiar uma saída potencialmente caótica da União Europeia. O índice pan-europeu STOXX 600 subiu 0,7 por cento, maior ganho em um mês, e encerrou o dia no maior nível desde 4 de outubro. Todas as principais bolsas encerraram em território positivo, liderados pelo francês CAC 40, que avançou 1 por cento. ...

  • Wall Street impulsiona índices europeus; britânico FTSE recua por libra forte
    Reutershá 25 dias

    Wall Street impulsiona índices europeus; britânico FTSE recua por libra forte

    Por Josephine Mason LONDRES (Reuters) - A redução do otimismo com a negociação comercial entre Estados Unidos e China pesou sobre os principais índices europeus no início da sessão desta terça-feira, mas os ganhos em Wall Street melhoraram o sentimento. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,36 por cento, a 1.469 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,39 por cento, a 374 pontos. Entretanto, o índice britânico perdeu 0,45 por cento à medida que a libra atingiu máxima de cinco meses contra o dólar. ...

  • Declínio do petróleo? Investidor opina sobre o que ocorrerá
    Bloombergmês passado

    Declínio do petróleo? Investidor opina sobre o que ocorrerá

    (Bloomberg) -- A demanda sempre crescente, base da indústria global do petróleo, provavelmente desmoronará, o que pode prejudicar os lucros antes do esperado, segundo um gerente de fundos em Londres.

  • Traders ignoram alerta e colocam US$ 30 bi em ETFs de emergentes
    Bloombergmês passado

    Traders ignoram alerta e colocam US$ 30 bi em ETFs de emergentes

    (Bloomberg) -- Traders colocaram dinheiro em ETFs de mercados emergentes pela 17ª semana consecutiva, ignorando alertas de alguns grandes bancos de que o rali deste ano tenha ido longe demais.

  • Índices europeus recuam após decepção com Caterpillar e China
    Reutershá 2 meses

    Índices europeus recuam após decepção com Caterpillar e China

    Por Julien Ponthus e Helen Reid LONDRES (Reuters) - Os índices acionários europeus recuaram nesta segunda-feira, à medida que o otimismo com o fim da paralisação do governo dos Estados Unidos diminuía e as preocupações com o crescimento voltavam. O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,93 por cento, a 1.392 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,97 por cento, a 354 pontos, maior queda desde 3 de janeiro.Um alerta de lucro da Caterpillar cimentou o pessimismo dos investidores, depois que dados mostraram a segunda queda consecutiva nos lucros industriais da China em dezembro. ...

  • Ibovespa renova máximas com alívio sobre EUA-China e na expectativa de reforma da Previdência
    Reutershá 2 meses

    Ibovespa renova máximas com alívio sobre EUA-China e na expectativa de reforma da Previdência

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O tom positivo prevalecia na bolsa paulista nesta sexta-feira, com o Ibovespa renovando máximas acima de 96 mil pontos, embalado em perspectivas otimistas sobre as negociações comerciais entre Estados Unidos e China, bem como expectativas favoráveis para a proposta de reforma da Previdência no país. Às 11:10, o principal índice de ações da B3 subia 0,89 por cento, a 96.199,91 pontos. Na máxima até o momento, o Ibovespa chegou a 96.395,98 pontos. O volume financeiro somava 2,75 bilhões de reais. ...

  • Folhapresshá 2 meses

    Bolsa brasileira e dólar sobem em sessão pós fracasso de acordo por 'brexit'

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Bolsa brasileira fechou o dia no positivo, seguindo o dia benigno nos mercados de risco enquanto investidores aguardam a proposta concreta de reforma da Previdência. O dólar avançou para R$ 3,74.O Ibovespa, principal índice acionário do país, ganhou 0,36% e fechou a 94.393 pontos. O volume financeiro foi de R$ 20,2 bilhões.O pregão foi de bastante oscilação, e a Bolsa alternou entre perdas e ganhos até fechar na máxima do dia. ...

  • Derrota em acordo do Brexit impulsiona bancos europeus
    Reutershá 2 meses

    Derrota em acordo do Brexit impulsiona bancos europeus

    Por Helen Reid LONDRES (Reuters) - Os principais índices acionários europeus fecharam o dia em território positivo nesta quarta-feira, quando a derrota da primeira-ministra britânica, Theresa May, em votação parlamentar sobre o acordo do Brexit deu impulso aos bancos da região. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,3 por cento, a 1.378 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,54 por cento, a 351 pontos. ...

  • Bolsas europeias fecham em alta com expectativa de medidas de estímulo na China
    Reutershá 2 meses

    Bolsas europeias fecham em alta com expectativa de medidas de estímulo na China

    LONDRES (Reuters) - Os índices acionários europeus subiram nesta terça-feira depois que a China sinalizou mais medidas de estímulo para amenizar o impacto da guerra tarifária com os Estados Unidos, apesar de novas preocupações sobre empréstimos ruins terem atingido os bancos italianos e incertezas dominarem as expectativas sobre a votação Brexit no parlamento britânico. ...

  • Bolsas europeias sobem impulsionadas por avanço de ações de exportadores ante expectativa de acordo comercial
    Reutershá 2 meses

    Bolsas europeias sobem impulsionadas por avanço de ações de exportadores ante expectativa de acordo comercial

    Por Danilo Masoni e Helen Reid MILÃO (Reuters) - Os principais índices acionários europeus avançaram nesta quarta-feira, impulsionados por setores voltados à exportação, como o automobilístico e de tecnologia, diante do crescente otimismo de que Estados Unidos e China possam evitar uma guerra comercial mais profunda que piore a desaceleração da economia global. o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,53 por cento, a 348 pontos, depois de ter alcançado uma máxima de três semanas mais cedo na sessão. ...

  • Ações europeias recuam para níveis de 2016 à medida que suporte de Wall Street evapora
    Reutershá 3 meses

    Ações europeias recuam para níveis de 2016 à medida que suporte de Wall Street evapora

    Por Danilo Masoni MILÃO (Reuters) - Os índices acionários europeus caíram nesta quinta-feira, com o impacto do avanço recorde em Wall Street na véspera tendo curta duração em meio a preocupações persistentes com a desaceleração da economia global e a disputa comercial entre Pequim e Washington. O índice FTSEurofirst 300 caiu 1,76 por cento, a 1.300 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 1,69 por cento, a 330 pontos, após recuar 1,75 por cento para o menor nível desde novembro de 2016. ...

  • Reutershá 3 meses

    Índices europeus caem na reta final do pior ano desde 2008

    Por Danilo Masoni MILÃO (Reuters) - Os mercados acionários europeus fecharam em queda nesta segunda-feira com as preocupações sobre uma paralisação prolongada do governo dos EUA e a posição do chairman do Federal Reserve, Jerome Powell, contribuindo para a o nervosismo sobre a desaceleração do crescimento econômico, num quadro que deixou as ações a caminho de sua pior perda anual em uma década. Os volumes foram baixos, no entanto, com muitos mercados fechados para negócios por apenas metade do dia antes do feriado de Natal. O alemão DAX e o italiano FTSE MIB não operaram. ...

  • Bloomberghá 3 meses

    Dupla planeja salvar setor de mineração de ouro, de US$ 100 bi

    (Bloomberg) -- John Thornton é um ex-funcionário do Goldman Sachs que estudou em Yale, Harvard e Oxford. Mark Bristow é um geólogo sul-africano e um caçador de grandes animais.

  • Nervosismo com varejo estressa mercados europeus: sem sinal aumento de gastos natalinos
    Reutershá 3 meses

    Nervosismo com varejo estressa mercados europeus: sem sinal aumento de gastos natalinos

    Por Helen Reid LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários despencaram nesta segunda-feira, depois que um alerta sobre lucros do varejista de vestuário online ASOS deixou as ações em queda livre e investidores preocupados que consumidores não consigam entregar um impulso de gastos pré-natalinos para os mercados. As ações da zona do euro caíram 1 por cento, enquanto o índice alemão DAX recuou 0,8 por cento e o britânico FTSE 100 perdeu 0,9 por cento. ...

  • Esperanças sobre comércio e Itália impulsionam índices europeus para melhor dia em 8 meses
    Reutershá 3 meses

    Esperanças sobre comércio e Itália impulsionam índices europeus para melhor dia em 8 meses

    Por Danilo Masoni e Julien Ponthus MILÃO/LONDRES (Reuters) - Os índices acionários europeus viveram um rali nesta quarta-feira, depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, adotou um tom otimista sobre um acordo comercial com a China e maior otimismo sobre a Itália obter um compromisso com a União Europeia sobre seu controverso Orçamento de 2019. Uma notícia reacendendo a conversa sobre uma possível fusão envolvendo o Deutsche Bank ajudarou o índice de ações da zona do euro a subir 1,8 por cento, o maior ganho diário desde abril. ...

  • Reutershá 3 meses

    Investidores vendem ações europeias com aumento de risco político

    Por Helen Reid e Julien Ponthus LONDRES (Reuters) - Os investidores se desfizeram de ações europeias nesta segunda-feira, com a explosão de risco político pelo adiamento de um voto crucial sobre o Brexit e protestos na França durante o final de semana trazendo preocupações adicionais, além do crescimento global e das tensões comerciais EUA-China. Os mercados aceleraram as perdas no fim da sessão, quando os índices de Wall Street abriram em queda e o S&P atingiu o menor nivel desde abril. O índice pan-europeu STOXX 600 terminou a sessão em queda de 1,8 por cento, renovando a mínima de dois ...

  • Bloomberghá 4 meses

    Nomes em garrafas de Coca-Cola geram lucro para fintech

    (Bloomberg) -- Quando viu uma garrafa de Diet Coke com seu nome no aeroporto, a filha de Brian Cassin disse a ele que precisava comprá-la. O enfeite personalizado de uma marca emblemática ratificou mais uma vez, para ele, a crença de que o big data gera muito dinheiro.

  • Telecom e bancos impulsionam ações europeias em rali pós-feriado de Ação de Graças
    Reutershá 4 meses

    Telecom e bancos impulsionam ações europeias em rali pós-feriado de Ação de Graças

    Por Helen Reid e Julien Ponthus LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus fecharam em alta nesta segunda-feira, com otimismo renovado sobre o cabo de guerra orçamentário entre a Itália e Bruxelas impulsionando ações em Milão, ao mesmo tempo em que especulação sobre futuras ações e aquisições de telecomunicações içou as ações do setor. O índice pan-europeu STOXX 600 subiu 1,2 por cento e o italiano FTSE MIB liderou com um salto de 2,8 por cento. ...

  • Índices europeus caem pela segunda semana seguida, preocupações com crescimento e comércio continuam
    Reutershá 4 meses

    Índices europeus caem pela segunda semana seguida, preocupações com crescimento e comércio continuam

    Por Helen Reid SÃO PAULO (Reuters) - Os índices acionários europeus fecharam o dia em alta após uma sessão volátil nesta sexta-feira, mas registraram a segunda semana seguida de perdas conforme preocupações sobre a desaceleração do crescimento global, resultados fracos e uma guerra comercial EUA-China afastaram investidores das ações da região. ...

  • Índices europeus caem a mínimas de 2 semanas com vendas generalizadas em quase todos os setores
    Reutershá 4 meses

    Índices europeus caem a mínimas de 2 semanas com vendas generalizadas em quase todos os setores

    Por Julien Ponthus e Helen Reid LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus atingiram seu menor nível em duas semanas nesta quarta-feira em vendas generalizadas amplas em petróleo, mineração, tecnologia e bancos, em meio a renovadas preocupações sobre uma desaceleração econômica global e aprofundamento da crise orçamentária italiana. O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,66 por cento, a 1. ...

  • Conselhos 100% masculinos são cada vez mais raros no Reino Unido
    Bloomberghá 4 meses

    Conselhos 100% masculinos são cada vez mais raros no Reino Unido

    (Bloomberg) -- Os conselhos formados completamente por homens estão perto da extinção nas maiores empresas do Reino Unido, um sinal de que os esforços do governo para ampliar a paridade de gênero estão surtindo efeito.

  • Folhapresshá 5 meses

    'Ser gay foi o melhor presente que Deus me deu', diz presidente da Apple

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Tim Cook, 57, presidente-executivo da Apple, afirmou nesta quarta-feira (24) que o melhor presente que Deus lhe deu foi ser gay."Tenho muito orgulho disso", disse à jornalista Christiane Amanpour em entrevista à CNN, repetindo uma declaração que já havia dado em 2014.Há quatro anos, Cook abriu sua orientação sexual, tornando-se um dos pioneiros das grandes empresas a se posicionar sobre sexualidade."Tornei público porque comecei a receber histórias de crianças que liam na internet que eu era gay. ...

  • Conselhos 100% masculinos geram pedidos por mudança na Ásia
    Bloomberghá 5 meses

    Conselhos 100% masculinos geram pedidos por mudança na Ásia

    (Bloomberg) -- A Ásia é retardatária há tempos na luta global para colocar mais mulheres nos conselhos corporativos.

  • Índices europeus recuam para mínimas de 6 meses com preocupações sobre China e Itália
    Reutershá 5 meses

    Índices europeus recuam para mínimas de 6 meses com preocupações sobre China e Itália

    Por Julien Ponthus LONDRES (Reuters) - Os índices acionários europeus recuaram nesta segunda-feira, com temores de que uma guerra comercial possa ter um impacto maior do que o esperado na China somando-se às preocupações de que a elevação da taxa de juros dos Estados Unidos estaria gradualmente tornando os mercados acionários menos atrativos para os investidores. O índice FTSEurofirst 300 caiu 1,13 por cento, a 1.462 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 1,12 por cento, a 372 pontos. ...