^BVSP - IBOVESPA

Sao Paolo - Sao Paolo Preço Adiado. Moeda em BRL.
72.607,6953
+178,7656 (+0,2468%)
No fechamento: 6:22PM BRST
O gráfico de ações não é compatível com seu navegador atual
Fechamento anterior72.428,9297
Abrir72.428,3203
Volume0
Variação do Dia72.277,1484 - 73.068,8047
Variação de 52 semanas56.829,0000 - 78.024,0000
Estimativa Volume3.215.277
  • Reutershá 6 horas

    Vale ajuda a amparar movimento de ajuste e Ibovespa tem leve alta; BR estreia com ganho de 7%

    Por Flavia Bohone SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice acionário da B3 fechou em leve alta nesta sexta-feira, com os ganhos da mineradora Vale ajudando a manter o tom positivo e amparando o movimento de ajuste após as quedas nos dois pregões passados. A sessão foi marcada ainda pela estreia dos papéis da BR Distribuidora na bolsa, que registraram alta expressiva e movimentaram 766 milhões de reais. O Ibovespa fechou em leve alta de 0,25 por cento, a 72.607 pontos, terminando a semana com perda acumulada de 0,17 por cento. ...

  • Reutershá 10 horas

    Professores desligados conquistam novas liminares contra demissões pela Estácio

    Por Gabriela Mello SÃO PAULO (Reuters) - Professores desligados pela Estácio Participações conquistaram novas liminares que suspendem temporariamente as demissões, dias após a empresa ter derrubado medida similar na justiça. O Ministério Público do Trabalho do Rio de Janeiro (MPT-RJ) proferiu decisão que cancela por 30 dias todas as demissões de professores pela Estácio sob pena de 400 reais diários por funcionário, informou à Reuters Fábio Conde, segundo secretário jurídico do Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro e Região (Sinpro-Rio). ...

  • Reutershá 14 horas

    Ibovespa busca firmar-se no azul após quedas recentes; Previdência segue no radar

    Por Flavia Bohone SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice acionário da B3 buscava firmar-se no azul nesta sexta-feira, amparado em ganhos da Vale e de bancos, após cair nos dois pregões anteriores, pressionado pelo adiamento da votação da reforma da Previdência para 2018. Às 11:29, o Ibovespa subia 0,52 por cento, a 72.803 pontos. O giro financeiro era de 1,3 bilhão de reais. ...

  • Reutersontem

    Ibovespa cai após confirmação de adiamento da reforma da Previdência

    Por Flavia Bohone SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista fechou em queda nesta quarta-feira, pressionado pela confirmação de adiamento da votação da reforma da Previdência para fevereiro, o que deixa um intervalo menor para aprovação da medida antes do processo eleitoral. O Ibovespa fechou em queda de 0,67 por cento, a 72.428 pontos. O giro financeiro do pregão somou 11,3 bilhões de reais, impulsionado pelo leilão de compra e venda dos papéis ordinários do Itaú Unibanco, que não fazem parte do índice de referência da bolsa. ...

  • Reutersanteontem

    Índice cai pressionado por provável adiamento da reforma da Previdência

    SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista operava em queda nesta quinta-feira, com investidores aguardando a confirmação do adiamento da votação da reforma da Previdência, após o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), ter dito no final da tarde passada que a apreciação da proposta vai ficar para fevereiro de 2018. Às 11:18, o Ibovespa caía 0,99 por cento, a 72.191 pontos. O giro financeiro era de 2,2 bilhões de reais. ...

  • Reutersanteontem

    Ibovespa fecha em queda de 1,22% após notícia de adiamento da Previdência para 2018

    Por Flavia Bohone SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista caiu nesta quarta-feira, pressionado mais perto do fim do dia pela notícia de que a votação da reforma da Previdência ficou para o próximo ano. A sessão teve também o vencimento de opções sobre Ibovespa e de índice futuro, que ampliou a volatilidade dos negócios. O Ibovespa fechou em queda de 1,22 por cento, a 72.914 pontos. O giro financeiro somou 12,4 bilhões de reais. ...

  • Reutershá 3 dias

    MRV vai dobrar investimento até 2028; ações saltam mais de 5%

    Por Gabriela Mello SÃO PAULO (Reuters) - A MRV deve investir 50 bilhões de reais nos próximos 10 anos, o dobro do aplicado nos últimos 10, como parte dos planos de expandir sua participação no mercado e entregar 500 mil unidades até 2028, disseram nesta terça-feira executivos da maior construtora de imóveis econômicos do país. “Nossa estrutura já nos permite lançar 50 mil unidades por ano, então 500 mil unidades em 10 anos é factível, haverá demanda”, comentou o copresidente da companhia Rafael Menin a jornalistas após encontro com analistas e investidores, em São Paulo. ...

  • Reutershá 3 dias

    Ibovespa fecha na máxima após definição de data para julgamento de recurso de Lula

    Por Flavia Bohone SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista fechou na máxima nesta terça-feira, ganhando impulso na reta final após a definição de data para o julgamento de recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Ibovespa subiu 1,39 por cento, a 73.813 pontos, após passar a sessão alternando alta e baixa e ter chegado a cair 1,38 por cento na mínima. O giro financeiro somou 7,99 bilhões de reais. ...

  • Reutershá 4 dias

    Bovespa cai 1% com cautela por reforma da Previdência

    SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista operava no vermelho nesta terça-feira, com investidores adotando cautela diante das articulações do governo para levar a reforma da Previdência à votação na Câmara dos Deputados na próxima semana. Às 11:49, o Ibovespa caía 1,02 por cento, a 72.053 pontos. O giro financeiro era de 1,34 bilhão de reais. O noticiário local em torno da reforma da Previdência tem sido o guia para os negócios no mercado acionário, provocando volatilidade e sobrepondo-se às influências externas. ...

  • Reutershá 4 dias

    Bovespa perde fôlego e fecha perto da estabilidade após comentários de Maia sobre a Previdência

    SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista fechou praticamente estável nesta segunda-feira, perdendo fôlego após o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reconhecer a dificuldade de votar a reforma da Previdência na próxima semana. O Ibovespa fechou com variação positiva de 0,09 por cento, a 72.800 pontos. Na máxima da sessão, o índice subiu 0,86 por cento, enquanto recuou 0,32 por cento na mínima. O giro financeiro somou 6,88 bilhões de reais, abaixo da média diária para dezembro até sexta-feira de 8,35 bilhões de reais. ...

  • Reutershá 4 dias

    Bovespa fecha em leve alta com atenções voltadas para articulação da Previdência

    SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista fechou em leve alta nesta segunda-feira, com a cautela tirando força do tom positivo ao longo do dia, de olho nas articulações para votação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. Com base em dados preliminares, o Ibovespa fechou em alta de 0,28 por cento, a 72.936 pontos. O giro financeiro somava 6,05 bilhões de reais. (Por Flavia Bohone)

  • InfoMoneyhá 4 dias

    Após subir 25% em 3 dias, ainda vale a pena comprar as ações do Magazine Luiza?

    O "ML Day 2017", evento realizado semana passada, ajudou a diminuir as "ressalvas" que alguns investidores viam no papel

  • Reutershá 5 dias

    Bovespa perde força e opera sem viés de olho em negociações sobre Previdência

    SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista perdeu fôlego nesta sessão, passando a operar sem viés firme, diante do noticiário em torno das negociações para colocar em votação a reforma da Previdência. Às 12:18, o Ibovespa subia 0,12 por cento, a 72.820 pontos. O giro financeiro era de 1,45 bilhão de reais. ...

  • Reutershá 5 dias

    Bovespa sobe com perspectiva por articulação para reforma da Previdência

    SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista operava no azul nesta segunda-feira, com o tom positivo amparado nas expectativas em torno da articulação do governo para votação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. Às 11:23, o Ibovespa subia 0,55 por cento, a 73.134 pontos. O giro financeiro era de 733 milhões de reais. ...

  • Reutershá 7 dias

    Ibovespa fecha no azul após governo acertar data para reforma da Previdência

    Por Flavia Bohone SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista fechou no azul nesta sexta-feira, encontrando algum alívio após o governo acertar para o dia 18 a votação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, mas ainda com cautela, à espera de novidades sobre o apoio à medida. O Ibovespa fechou em alta de 0,34 por cento, a 72.731 pontos, acumulando alta de 0,65 por cento na semana. O giro financeiro somou 7,95 bilhões de reais. ...

  • InfoMoneyhá 7 dias

    Aumente sua exposição em fundos multimercados, recomenda banco europeu

    Andbank orienta ainda que investidores zerem suas posições em prefixados

  • Reutershá 7 dias

    Iguatemi avalia oportunidades de aquisição, mas vê baixa movimentação no segmento premium

    SÃO PAULO (Reuters) - A administradora de shopping centers Iguatemi está monitorando oportunidades de aquisições na indústria, mas espera pouca movimentação na modalidade em que atua de empreendimentos premium nos próximos meses, disse nesta sexta-feira a diretora de Relações com Investidores e Planejamento, Roberta Noronha. “O ativo tem que estar aderente ao nosso portfólio, temos esse mapeamento...Se oportunidades aparecerem vamos nos posicionar”, afirmou em reunião com investidores, em São Paulo. ...

  • Reutershá 8 dias

    Bolsa paulista sobe após governo definir data para reforma da Previdência

    SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista operava no azul nesta sexta-feira, encontrando algum alívio após o governo acertar com lideranças a data de 18 de dezembro para colocar em votação a proposta de reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. Às 11:15, o Ibovespa subia 0,95 por cento, a 73.175 pontos. O giro financeiro era de 1,03 bilhão de reais. ...

  • Reutershá 8 dias

    Embate entre Estácio e professores demitidos chega à Justiça; sindicatos e alunos preparam atos contra empresa

    Por Gabriela Mello SÃO PAULO (Reuters) - O embate entre Estácio Participações e professores demitidos pela companhia chegou aos tribunais nesta quinta-feira, enquanto sindicatos e alunos se mobilizavam para convocar atos contra a empresa pelos cortes promovidos pela empresa país. A Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) entrou com uma ação civil pública contra a Estácio na 13ª Vara do Trabalho de Brasília, pedindo a reintegração dos cargos e suspensão das demissões, que logo foi extinta pela juíza Ana Beatriz do Amaral Cid Ornelas. ...

  • Reutershá 8 dias

    Ibovespa fecha em queda por receios sobre apoio à reforma da Previdência

    Por Flavia Bohone SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista fechou em baixa nesta quinta-feira, pressionado pela volta dos receios de que o governo não tenha votos suficientes para colocar a proposta da reforma da Previdência em votação na próxima semana na Câmara dos Deputados. O Ibovespa fechou em baixa de 1,07 por cento, a 72.487 pontos, mas longe da mínima, quando caiu 2,61 por cento. O giro financeiro somou 9,05 bilhões de reais. ...

  • Reutershá 9 dias

    Governo não tem plano B e trabalha com aprovação da reforma da Previdência, diz Guardia

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - O secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Eduardo Guardia, afirmou nesta quinta-feira que o governo não tem um plano B e que trabalha apenas com o cenário de que a reforma da Previdência será votada em breve. Segundo ele, o trabalho agora é de convencimento dos parlamentares para aprovar a matéria e que as fortes reações negativas que os mercados financeiros estão mostrando nesta sessão ocorrem porque eles sabem "da importância da reforma da Previdência". ...

  • Reutershá 9 dias

    Governo gaúcho decide adiar oferta de ações do Banrisul

    SÃO PAULO (Reuters) - O Banco do Estado do Rio Grande do Sul anunciou nesta quarta-feira que seu controlador, o governo gaúcho, decidiu adiar a oferta de ações da instituição financeira citando as atuais condições do mercado. A operação envolveria a venda de cerca de 49 por cento do capital votante do Banrisul. O anúncio da operação ocorreu em 4 de outubro e decepcionou o mercado, que aguardava uma potencial privatização do banco diante da grave crise financeira enfrentada pelo Rio Grande do Sul. ...

  • Reutershá 9 dias

    Ibovespa termina em alta após PMDB fechar questão a favor da Previdência

    Por Flavia Bohone SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista terminou em alta nesta quarta-feira, com a renovação dos ânimos em torno da reforma da Previdência prevalecendo no fim dos negócios depois que o PMDB fechou questão a favor da medida. O Ibovespa encerrou em alta de 1 por cento, a 73.268 pontos. O giro financeiro somou cerca de 8,5 bilhões de reais. ...

  • Reutershá 9 dias

    Tenda deve gastar 25% mais com terrenos em 2018, vê alta de até 15% em lançamentos

    Por Gabriela Mello SÃO PAULO (Reuters) - A Tenda espera elevar em 25 por cento os gastos com aquisição de terrenos em 2018, enquanto os lançamentos devem crescer entre 10 e 15 por cento no próximo ano, disseram nesta quarta-feira executivos da construtora de imóveis econômicos. "Ano que vem devem crescer 25 por cento, sem ultrapassar a marca de 200 milhões de reais", disse Renan Sanches, diretor de controladoria da Tenda, em encontro com analistas e investidores na sede da B3, em São Paulo. ...

  • Reutershá 10 dias

    Bovespa opera sem viés firme de olho na Previdência

    SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista operava sem viés firme nesta quarta-feira, com as atenções voltadas para as articulações do governo para conseguir iniciar o processo de votação da reforma da Previdência ainda este ano. Às 11:43, o Ibovespa subia 0,26 por cento, a 72.731 pontos. Na mínima até o momento, o índice recuou 0,64 por cento e na máxima subiu 0,46 por cento. O giro financeiro era de 1,24 bilhão de reais. ...