Mercado fechado

Itaú Unibanco Holding S.A. (ITUB4.SA)

São Paulo - São Paulo Preço Adiado. Moeda em BRL.
Adicionar à lista
26,33+0,35 (+1,35%)
No fechamento: 07:07PM BRST
Tela cheia
Fechamento anterior25,98
Abrir0,00
Preço de Compra26,30 x 0
Preço de Venda26,65 x 0
Variação do Dia0,00 - 0,00
Variação de 52 semanas
Volume0
Estimativa Volume45.558.588
Capitalização de Mercado240,561B
Beta (mensalmente por 5 anos)0,83
Índice P/L (últ. 12 mes.)9,68
LPA (últ. 12 mes.)2,72
Data da Receita07 de fev. de 2023
Dividendo futuro e rendimento0,21 (0,83%)
Data do Ex-Dividendo01 de dez. de 2022
Meta estimada de 1 ano33,23
  • Folhapress

    Haddad vai a almoço com banqueiros e ouve pedido de 'previsibilidade'

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ao lado de presidentes dos grandes bancos brasileiros, o ex-ministro da Educação Fernando Haddad, cotado para ministro da Fazenda do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, ouviu pedidos de cuidado com as contas públicas e mais previsibilidade econômica. Haddad representou Lula em evento de confraternização de final de ano promovido pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos). Foi recebido pelo presidente do Bradesco, Octávio de Lazari Junior, e pelo presiden

  • Folhapress

    Melhor qualidade dos gastos e reforma tributária serão prioridade de Lula 3, diz Haddad a banqueiros

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em evento com os presidentes dos grandes bancos brasileiros, o ex-ministro da Educação Fernando Haddad, cotado para a pasta da Fazenda no futuro governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), afirmou que a reforma tributária e uma melhoria na qualidade dos gastos estarão entre as prioridades a partir de 2023. Na saída do evento, em conversa com jornalistas, Haddad negou que tenha sido convidado para assumir o ministério até o momento, e que tem uma rela

  • Folhapress

    Regularização fundiária destrava crédito e bancos miram Amazônia

    BRASÍLIA (FOLHAPRESS) - Grandes bancos e até fintechs de investimento descobriram na Amazônia uma mina para a oferta de crédito. Com a política de regularização fundiária implementada pelo governador releeito do Pará, Helder Barbalho (MDB), produtores agrícolas entraram no radar das instituições financeiras. Itaú, Caixa e Santander já começaram a abrir agências em cidades paraenses. Essas instituições também estão atentas à política similar de regularização em curso em outros estados da Amazônia