^N225 - Nikkei 225

Osaka - Osaka Preço Adiado. Moeda em JPY.
21.374,83
-441,36 (-2,02%)
No fechamento: 3:15PM JST
O gráfico de ações não é compatível com seu navegador atual
Fechamento anterior21.816,19
Abrir21.638,96
Volume0
Variação do Dia21.353,94 - 21.751,31
Variação de 52 semanas20.347,49 - 24.448,07
Estimativa Volume81.367
  • Fonte afirma que a Softbank deixará de usar equipamentos da Huawei
    Canaltechontem

    Fonte afirma que a Softbank deixará de usar equipamentos da Huawei

    Segundo uma fonte anônima da empresa de telecomunicações do Japão, a Softbank trocará todos seus equipamentos atuais da Huawei por similares fabricados pela Nokia e pela Ericsson, com receio de que seus clientes estejam sendo espionados pela China

  • Índices chineses recuam após dados mostrarem desaceleração da economia
    Reutersontem

    Índices chineses recuam após dados mostrarem desaceleração da economia

    XANGAI (Reuters) - Os índices acionários chineses recuaram nesta sexta-feira, com os investidores preocupados com a situação da economia doméstica após dados recentes mostrarem enfraquecimento do sentimento do consumidor e desaceleração do crescimento industrial em meio a tensões comerciais com os Estados Unidos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 1,7 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 1,5 por cento. ...

  • Folhapressanteontem

    Números do mercado financeiro

    DÓLAR compra/vendaCâmbio livre BC - R$ 3,8784 / R$ 3,8790 **Câmbio livre mercado - R$ 3,8790 / R$ 3,8810 *Turismo - R$ 3,7200 / R$ 3,7200(*) cotação média do mercado(**) cotação do Banco Central Variação do câmbio livre mercadono dia: 0,72% OURO BM&FR$ 153,750 BOLSAS Bovespa (Ibovespa)Variação: 0,99% Pontos: 87. ...

  • SoftBank deve trocar equipamentos da Huawei pelos de Ericsson e Nokia, diz Nikkei
    Reutersanteontem

    SoftBank deve trocar equipamentos da Huawei pelos de Ericsson e Nokia, diz Nikkei

    TÓQUIO (Reuters) - O SoftBank planeja substituir equipamentos de rede 4G da chinesa Huawei por hardwares da Nokia e da Ericsson, afirmou nesta quinta-feira a Nikkei, sem citar fontes. A medida acontece num momento de maior vigilância das empresas de tecnologia chinesas pelos Estados Unidos e por alguns aliados proeminentes por suspeitas de laços com o governo chinês, motivados por preocupações de que os equipamentos da empresa poderiam ser usados por Pequim para espionagem. ...

  • Índices chineses sobem com expectativa de mais medidas de suporte
    Reutersanteontem

    Índices chineses sobem com expectativa de mais medidas de suporte

    XANGAI (Reuters) - Os índices acionários chineses avançaram nesta quinta-feira, com expectativas de novas medidas para ajudar a economia gerando ganhos em todos os setores. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 1,6 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 1,2 por cento. ...

  • Reutershá 3 dias

    ABB confirma conversas com Hitachi sobre negócio de redes elétricas

    Dec 12 (Reuters) - O grupo de engenharia suíço ABB está em conversas com a japonesa Hitachi sobre seu negócio de redes elétricas, que poderá ser vendido para que a companhia foque em divisões mais lucrativas. A ABB tem negociado com Hitachi, Mitsubishi Electric Corp e a chinesa State Grid para a venda total ou parcial do negócio, que produz transformadores elétricos e subestações de energia, segundo publicado pela Reuters em novembro. ...

  • Índices chineses sobem com alívio de preocupações comerciais e esperanças de estímulo
    Reutershá 3 dias

    Índices chineses sobem com alívio de preocupações comerciais e esperanças de estímulo

    (Reuters) - Os índices acionários da China fecharam ligeiramente em alta nesta quarta-feira diante do alívio das tensões comerciais com os Estados Unidos e as esperanças de um pacote de estímulo doméstico, em meio ao segundo dia de atividade fraca no mercado com os investidores cautelosos antes do fim do ano. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,3 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta também de 0,3 por cento. ...

  • Índices chineses fecham em alta após Pequim confirmar negociações comerciais
    Reutershá 4 dias

    Índices chineses fecham em alta após Pequim confirmar negociações comerciais

    XANGAI (Reuters) - Os índices acionários chineses fecharam em alta nesta terça-feira, em dia de volume fraco de negociações em que Pequim confirmou que ainda está em negociações comerciais com Washington. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,5 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,4 por cento. O subíndice do setor financeiro avançou 0,43 por cento, o de consumo teve alta de 0,87 por cento, o setor imobiliário subiu 2,75 por cento, enquanto o subíndice de saúde avançou 1 por cento. ...

  • Índices chineses fecham em queda com dados fracos e prisão de executiva da Huawei
    Reutershá 5 dias

    Índices chineses fecham em queda com dados fracos e prisão de executiva da Huawei

    XANGAI (Reuters) - Os índices acionários chineses fecharam em queda nesta segunda-feira, uma vez que dados decepcionantes de inflação e comércio se somaram às preocupações sobre a desaceleração do crescimento e ao receio de que a prisão de uma executiva da Huawei possa intensificar a guerra comercial entre os Estados Unidos e a China. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 1,2 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,8 por cento. ...

  • Folhapresshá 8 dias

    Números do mercado financeiro

    DÓLAR compra/vendaCâmbio livre BC - R$ 3,8958 / R$ 3,8964 **Câmbio livre mercado - R$ 3,889 / R$ 3,891 *Turismo - R$ 3,86 / R$ 4,10 (*) cotação média do mercado(**) cotação do Banco Central Variação do câmbio livre mercadono dia: 0,41% OURO BM&FR$ 155,230 BOLSAS Bovespa (Ibovespa)Variação: -0,82% Pontos: 88. ...

  • Índices chineses fecham estáveis com queda nas ações de farmacêuticas
    Reutershá 8 dias

    Índices chineses fecham estáveis com queda nas ações de farmacêuticas

    XANGAI (Reuters) - Os índices acionários chineses fecharam estáveis nesta sexta-feira, com os investidores permanecendo cautelosos depois que a prisão de uma executiva da Huawei provocou vendas generalizadas por temores de que isso pudesse afetar as esperanças de uma trégua duradoura na disputa comercial entre Estados Unidos e a China. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou estável a 3.181,56 pontos, registrando um ganho de 0,3 por cento na semana. O índice de Xangai também fechou estável a 2. ...

  • Folhapresshá 9 dias

    Números do mercado financeiro

    DÓLAR compra/vendaCâmbio livre BC - R$ 3,9172 / R$ 3,9178 **Câmbio livre mercado - R$ 3,873 / R$ 3,875 *Turismo - R$ 3,72 / R$ 4,03 (*) cotação média do mercado(**) cotação do Banco Central Variação do câmbio livre mercadono dia: 0,12% OURO BM&FR$ 155,000 BOLSAS Bovespa (Ibovespa)Variação: -0,22% Pontos: 88. ...

  • Índices chineses recuam apos prisão de CFO da Huawei provocar vendas em ações de tecnologia
    Reutershá 9 dias

    Índices chineses recuam apos prisão de CFO da Huawei provocar vendas em ações de tecnologia

    Por Noah Sin HONG KONG (Reuters) - As quedas acentuadas nas ações de tecnologia pressionaram os índices acionários na China e em Hong Kong nesta quinta-feira, depois que o diretor financeiro global da empresa de tecnologia Huawei foi preso por supostas violações às sanções dos Estados Unidos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 2,2 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 1,7 por cento. ...

  • Folhapresshá 10 dias

    Números do mercado financeiro

    DÓLAR compra/vendaCâmbio livre BC - R$ 3,8555 / R$ 3,8561 **Câmbio livre mercado - R$ 3,868 / R$ 3,870 *Turismo - R$ 3,71 / R$ 4,02 (*) cotação média do mercado(**) cotação do Banco Central Variação do câmbio livre mercadono dia: 0,25% OURO BM&FR$ BOLSAS Bovespa (Ibovespa)Variação: 0,47% Pontos: 89. ...

  • Índices chineses fecham em queda em meio a preocupações comerciais e perspectiva fraca de negócios
    Reutershá 10 dias

    Índices chineses fecham em queda em meio a preocupações comerciais e perspectiva fraca de negócios

    XANGAI (Reuters) - Os índices acionários chineses recuaram nesta quarta-feira, com os investidores duvidando se a China e os Estados Unidos vão conseguir resolver sua disputa comercial antes do prazo de 90 dias, enquanto novos dados mostraram piora nas perspectivas dos negócios. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,5 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,6 por cento. ...

  • Índices chineses perdem força e têm com leve alta com preocupações sobre comércio e retomada da economia
    Reutershá 11 dias

    Índices chineses perdem força e têm com leve alta com preocupações sobre comércio e retomada da economia

    XANGAI (Reuters) - Os índices acionários chineses fecharam com leve alta nesta terça-fira, depois de fortes ganhos na sessão anterior com uma trégua na guerra comercial entre os Estados Unidos e a China, à medida que os investidores se adaptavam ao fato de que a relação entre os dois países permanece tensa, enquanto a economia da China continua a enfrentar pressão de queda. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,2 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,4 por cento. ...

  • Índices chineses e iuan saltam com pausa na guerra comercial China-EUA
    Reutershá 12 dias

    Índices chineses e iuan saltam com pausa na guerra comercial China-EUA

    Por Andrew Galbraith e Noah Sin (Reuters) - Os índices acionários chineses registraram seu maior ganho diário em um mês, ao mesmo tempo em que o iuan se firmou nesta segunda-feira, depois que os presidentes da China e dos Estados Unidos concordaram sobre uma trégua temporária em uma intensa guerra comercial, mas as perspectivas de longo prazo para as relações comerciais e os mercados chineses continuam obscuras. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 2,8 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 2,6 por cento. ...

  • Folhapresshá 15 dias

    Números do mercado financeiro

    DÓLAR compra/vendaCâmbio livre BC - R$ 3,8627 / R$ 3,8633 **Câmbio livre mercado - R$ 3,853 / R$ 3,855 *Turismo - R$ 3,84 / R$ 4,07 (*) cotação média do mercado(**) cotação do Banco Central Variação do câmbio livre mercadono dia: -0,07% OURO BM&FR$ 150,700 BOLSAS Bovespa (Ibovespa)Variação: -0,23% Pontos: 89. ...

  • Índices chineses sobem com baixo volume de negociações; preocupação com riscos comerciais persiste
    Reutershá 15 dias

    Índices chineses sobem com baixo volume de negociações; preocupação com riscos comerciais persiste

    Por Noah Sin HONG KONG (Reuters) - Os índices acionários chineses fecharam em alta nesta sexta-feira em dia de volume fraco de negociações, em meio à cautela antes do esperado encontro entre os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e da China, Xi Jinping, na cúpula do G20 na Argentina. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 1,1 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,8 por cento. Na semana, o índice de Xangai acumulou ganho de 0,3 por cento, enquanto o CSI300 subiu 0,9 por cento. ...

  • Índices chineses recuam com sentimento fraco antes da reunião do G20
    Reutershá 16 dias

    Índices chineses recuam com sentimento fraco antes da reunião do G20

    XANGAI (Reuters) - Os índices acionários chineses recuaram nesta quinta-feira uma vez que o sentimento frágil dos investidores apagou os ganhos anteriores e os volumes negociados continuaram mais fracos do que a média antes do esperado encontro entre os presidentes dos Estados Unidos e da China neste fim de semana. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 1,3 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 1,32 por cento. ...

  • Índices chineses fecham em alta com recuperação de blue-chips; reunião do G20 permanece em foco
    Reutershá 17 dias

    Índices chineses fecham em alta com recuperação de blue-chips; reunião do G20 permanece em foco

    XANGAI (Reuters) - Os índices acionários chineses fecharam em alta nesta quarta-feira, com as grandes empresas interrompendo sequência de quatro dias consecutivos de perdas em meio a expectativas cautelosas de uma redução das tensões comerciais entre os Estados Unidos e a China e à medida que investidores em busca de barganhas esperavam ver resultados do suporte do governo. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 1,3 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 1,1 por cento. ...

  • Folhapresshá 18 dias

    Números do mercado financeiro

    DÓLAR compra/vendaCâmbio livre BC - R$ 3,8919 / R$ 3,8925 **Câmbio livre mercado - R$ 3,874 / R$ 3,876 *Turismo - R$ 3,72 / R$ 4,03 (*) cotação média do mercado(**) cotação do Banco Central Variação do câmbio livre mercadono dia: -1,07% OURO BM&FR$ 151,000 BOLSAS Bovespa (Ibovespa)Variação: 2,74% Pontos: 87. ...

  • Reutershá 18 dias

    Índices chineses fecham em queda com declarações de Trump; riscos externos pesam

    Por Noah Sin HONG KONG (Reuters) - Os índices acionários chineses fecharam em queda nesta terça-feira, depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pareceu anular as esperanças de uma possível trégua comercial com Pequim, enquanto os investidores permaneceram afastados em meio à desaceleração do crescimento global. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,1 por cento, enquanto o índice de Xangai permaneceu estável. ...

  • EFEhá 18 dias

    Japão desmente pacto com França sobre liderança da aliança Nissan-Renault

    Tóquio, 27 nov (EFE).- O ministro de Economia japonês, Hiroshige Seko, desmentiu nesta terça-feira que o Japão tenha concordado com a França em manter a atual estrutura de poder da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, após a detenção do seu presidente,

  • EFEhá 19 dias

    Nissan cobriu perdas de Ghosn em investimentos, segundo imprensa japonesa

    Tóquio, 27 nov (EFE).- O ex-presidente da Nissan Motor, o franco-brasileiro Carlos Ghosn, cobriu supostamente com fundos da empresa japonesa perdas de investimentos pessoais no valor de US$ 15 milhões, segundo informou nesta terça-feira a agência loca