^MXX - IPC MEXICO

Mexico - Mexico Preço Adiado. Moeda em MXN.
49.911,97
+179,67 (+0,36%)
No fechamento: 3:16PM CST
O gráfico de ações não é compatível com seu navegador atual
Fechamento anterior49.732,30
Abrir49.681,18
Volume132.013.155
Variação do Dia49.620,16 - 49.958,33
Variação de 52 semanas46.021,58 - 51.772,37
Estimativa Volume174.265.314
  • Reutershá 11 horas

    IGP-M tem alta de 0,82% na 2ª prévia de janeiro com maior pressão no varejo, diz FGV

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) registrou alta de 0,82 por cento na segunda prévia de janeiro, sobre 0,88 por cento no mesmo período do mês anterior, com desaceleração da alta no atacado mas maior pressão no varejo. Os dados informados nesta quinta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostram que o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que responde por 60 por cento do índice geral e apura a variação dos preços no atacado, avançou 1,07 por cento na segunda leitura do mês, depois de subir 1,20 por cento no período anterior. ...

  • Reutersanteontem

    IPC-Fipe desacelera alta a 0,49% na 2ª quadrissemana de janeiro

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo desacelerou a alta a 0,49 por cento na segunda quadrissemana de janeiro, contra 0,55 por cento na primeira leitura do mês, informou nesta quarta-feira a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos. (Por Camila Moreira)

  • Reutersanteontem

    IGP-10 desacelera alta a 0,79% em janeiro com pressão menor no atacado, diz FGV

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) desacelerou a alta a 0,79 por cento em janeiro depois de avançar 0,90 por cento em dezembro, com menor pressão no atacado, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta terça-feira. O resultado igualou a expectativa em pesquisa da Reuters com economistas. O Índice de Preços ao Produtor Amplo-10 (IPA-10), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60 por cento do índice geral, subiu 1,06 por cento no mês, contra alta de 1,22 por cento em dezembro. ...

  • Preços de alimentos voltam a subir no varejo e IGP-M avança 0,75% na 1ª prévia de janeiro, diz FGV
    Reutershá 7 dias

    Preços de alimentos voltam a subir no varejo e IGP-M avança 0,75% na 1ª prévia de janeiro, diz FGV

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) registrou alta de 0,75 por cento na primeira prévia de janeiro, após subir 0,73 por cento no mesmo período do mês anterior, com os preços de alimentos no varejo voltando a subir. Os dados divulgados nesta quinta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostraram que o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) registrou no período avanço de 1,03 por cento, contra 0,96 por cento no mês anterior. O IPA mede a variação dos preços no atacado e responde por 60 por cento do índice geral. ...

  • Reutershá 9 dias

    IPC-Fipe tem alta de 0,55% na 1ª quadrissemana de janeiro

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo iniciou o ano com alta de 0,55 por cento na primeira quadrissemana de janeiro, repetindo a taxa registrada em dezembro, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos. (Por Camila Moreira)

  • Reutershá 9 dias

    IGP-DI acumula queda de 0,42% em 2017, primeira deflação em 8 anos, diz FGV

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) terminou 2017 com deflação pela primeira vez em 8 anos, diante da queda dos preços dos produtos agropecuários no atacado e dos alimentos no varejo. Os dados divulgados nesta terça-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostram que o indicador fechou o ano passado com recuo acumulado de 0,42 por cento, após alta de 7,18 em 2016. A última vez que o IGP-DI havia apresentado queda foi em 2009, de 1,43 por cento. ...

  • Reutershá 9 dias

    IGP-DI desacelera alta em dezembro e termina 2017 com deflação de 0,42%, diz FGV

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) terminou 2017 com deflação de 0,42 por cento após alta de 7,18 registrada no ano anterior, diante da queda dos preços dos produtos agropecuários no atacado e dos alimentos no varejo. Os dados divulgados nesta terça-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostram que em dezembro o indicador desacelerou a alta a 0,74 por cento ante 0,80 por cento no mês anterior, abaixo da expectativa em pesquisa da Reuters de avanço de 0,81 por cento. ...

  • Reutershá 14 dias

    IPC-Fipe acelera alta a 0,55% em dezembro e fecha 2017 com avanço de 2,27%

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo fechou dezembro com avanço de 0,55 por cento, acumulando alta de 2,27 por cento em 2017, com destaque para a deflação do preços de alimentos, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nesta sexta-feira. Economistas consultados pela Reuters previam que o indicador registraria inflação de 0,45 por cento em dezembro. Em 2016, o IPC-Fipe havia acumulado alta de 6,54 por cento. ...

  • Reutershá 29 dias

    IPC-Fipe acelera alta a 0,46% na 2ª quadrissemana de dezembro

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo subiu 0,46 por cento na segunda quadrissemana de dezembro depois de avançar 0,39 por cento na primeira leitura do mês, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nesta quarta-feira. O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos. (Por Camila Moreira)

  • Reutersmês passado

    IGP-M avança 0,88% na 2ª prévia de dezembro com alta dos preços no atacado, diz FGV

    SÃO PAULO (Reuters) - O forte avanço dos preços no atacado impulsionou o Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) para uma alta de 0,88 por cento na segunda prévia de dezembro, contra 0,37 por cento no mesmo período do mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que responde por 60 por cento do índice geral e apura a variação dos preços no atacado, subiu 1,20 por cento no período depois de avançar 0,43 por cento na segunda prévia de novembro. ...

  • IPC-Fipe acelera alta a 0,39% na 1ª quadrissemana de dezembro
    Reutersmês passado

    IPC-Fipe acelera alta a 0,39% na 1ª quadrissemana de dezembro

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo acelerou a alta a 0,39 por cento na primeira quadrissemana de dezembro, após ter encerrado novembro com avanço de 0,29 por cento, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) divulgados nesta terça-feira. O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos. (Por Camila Moreira)

  • Reutersmês passado

    Atacado e varejo pressionam e IGP-M tem alta de 0,73% na 1ª prévia de dezembro, diz FGV

    SÃO PAULO (Reuters) - O avanço dos preços tanto no atacado quanto no varejo impulsionou o Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) na primeira prévia de dezembro para uma alta de 0,73 por cento, depois de recuar 0,02 por cento no mesmo período de novembro. Os dados informados pela Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira mostraram que o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) apresentou no período avanço de 0,96 por cento, contra queda antes de 0,09 por cento. O IPA mede a variação dos preços no atacado e responde por 60 por cento do índice geral. ...

  • IGP-DI acelera alta a 0,80% em novembro com pressão dos preços no atacado, diz FGV
    Reutersmês passado

    IGP-DI acelera alta a 0,80% em novembro com pressão dos preços no atacado, diz FGV

    SÃO PAULO (Reuters) - Os preços no atacado passaram a subir 1 por cento e o Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) encerrou novembro com alta de 0,80 por cento, contra 0,10 por cento no mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira. O resultado ficou acima da expectativa em pesquisa da Reuters com economistas de avanço de 0,62 por cento, na mediana das projeções. ...

  • IPC-Fipe sobe 0,29% em novembro pressionado por Despesas Pessoais
    Reutershá 2 meses

    IPC-Fipe sobe 0,29% em novembro pressionado por Despesas Pessoais

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo encerrou novembro com alta de 0,29 por cento, contra 0,32 por cento em outubro, de acordo com os dados divulgados pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nesta segunda-feira. Os preços de Despesas Pessoais exerceram o maior peso no mês, com 0,1760 ponto percentual no índice depois de subirem 1,30 por cento. Destacou-se também a alta de 0,89 por cento dos Transportes em novembro, enquanto na outra ponta o grupo Alimentação registrou recuo de 0,68 por cento. ...

  • IGP-M encerra novembro com alta de 0,52%, diz FGV, acima do esperado
    Reutershá 2 meses

    IGP-M encerra novembro com alta de 0,52%, diz FGV, acima do esperado

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) subiu mais do que o esperado em novembro e fechou o mês com alta de 0,52 por cento, ante 0,20 por cento no mês anterior, devido à maior pressão dos preços nos atacado. O dado divulgado nesta quarta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV) ficou acima da expectativa em pesquisa da Reuters de avanço de 0,45 por cento. ...

  • Reutershá 2 meses

    IPC-Fipe tem alta de 0,32% na 3ª quadrissemana de novembro

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo registrou alta de 0,32 por cento na terceira quadrissemana de novembro depois de avançar 0,34 por cento na segunda leitura do mês, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nesta sexta-feira. O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos. (Por Camila Moreira)

  • IGP-M acelera alta a 0,37% na 2ª prévia de novembro com alta dos preços no atacado, diz FGV
    Reutershá 2 meses

    IGP-M acelera alta a 0,37% na 2ª prévia de novembro com alta dos preços no atacado, diz FGV

    SÃO PAULO (Reuters) - O avanço dos preços no atacado levou o Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) a acelerar a alta a 0,37 por cento na segunda prévia de novembro, após subir 0,30 por cento no mesmo período do mês anterior, segundo dados divulgados nesta terça-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que responde por 60 por cento do índice geral e apura a variação dos preços no atacado, apresentou avanço de 0,43 por cento no período após alta de 0,36 por cento na segunda prévia de outubro. ...

  • IPC-Fipe tem alta de 0,34% na 2ª quadrissemana de novembro
    Reutershá 2 meses

    IPC-Fipe tem alta de 0,34% na 2ª quadrissemana de novembro

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo registrou alta de 0,34 por cento na segunda quadrissemana de novembro, ante 0,31 por cento na primeira prévia do mês, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nesta sexta-feira. O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos. (Por Camila Moreira)

  • IGP-10 sobe 0,24% em novembro com alta menor dos preços no atacado, diz FGV
    Reutershá 2 meses

    IGP-10 sobe 0,24% em novembro com alta menor dos preços no atacado, diz FGV

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) desacelerou a alta a 0,24 por cento em novembro contra 0,49 por cento em outubro diante da menor alta dos preços no atacado, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira. A expectativa em pesquisa da Reuters era de avanço de 0,15 por cento na mediana das projeções de economistas. ...

  • Reutershá 2 meses

    Preços ao consumidor dos EUA sobem ligeiramente em outubro

    WASHINGTON (Reuters) - Os preços ao consumidor nos Estados Unidos subiram marginalmente em outubro, já que os aumentos dos preços da gasolina devido a problemas causados por furacões nas refinarias da Costa do Golfo foram revertidos, mas o aumento dos alugueis e dos custos com saúde apontaram para uma aceleração gradual do núcleo da inflação. O Departamento do Trabalho disse na quarta-feira que o Índice de Preços ao Consumidor subiu 0,1 por cento no mês passado, depois de saltar 0,5 por cento em setembro. Isso reduziu o aumento anual do índice para 2,0 por cento, ante 2,2 por cento em ...

  • IGP-M cai 0,02% na 1ª prévia de novembro após queda no atacado e alta mais fraca do varejo, diz FGV
    Reutershá 2 meses

    IGP-M cai 0,02% na 1ª prévia de novembro após queda no atacado e alta mais fraca do varejo, diz FGV

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) passou a recuar 0,02 por cento na primeira prévia de novembro, depois de avançar 0,32 por cento no mesmo período de outubro, diante da queda dos preços no atacado e da desaceleração dos preços ao consumidor. Os dados divulgados nesta sexta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostraram que o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) caiu 0,09 por cento no período depois de alta de 0,42 por cento na primeira prévia de outubro. O IPA mede a variação dos preços no atacado e responde por 60 por cento do índice geral. ...

  • IGP-DI desacelera a alta a 0,10% em outubro fraqueza de preços no atacado, diz FGV
    Reutershá 2 meses

    IGP-DI desacelera a alta a 0,10% em outubro fraqueza de preços no atacado, diz FGV

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) desacelerou a alta a 0,10 por cento em outubro, contra 0,62 por cento em setembro, uma vez que a perda de força dos preços no atacado compensou a pressão no varejo. O dado divulgados nesta quarta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV) ficou em linha com expectativa em pesquisa da Reuters junto a economistas de avanço de 0,11 por cento. ...

  • IPC-Fipe acelera alta a 0,32% em outubro sob o peso de Alimentação
    Reutershá 2 meses

    IPC-Fipe acelera alta a 0,32% em outubro sob o peso de Alimentação

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo acelerou a alta a 0,32 por cento em outubro depois de terminar setembro com variação positiva de 0,02 por cento, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nesta segunda-feira. O principal peso no mês foi exercido pelos preços de Alimentação, representando 0,2173 ponto percentual no índice depois de avançarem 0,89 por cento. Por outro lado, os preços de Habitação tiveram queda de 0,15 por cento no mês, com peso de -0,0453 ponto percentual. ...

  • IGP-M desacelera alta em outubro a 0,20% com avanço menor dos preços no atacado, diz FGV
    Reutershá 3 meses

    IGP-M desacelera alta em outubro a 0,20% com avanço menor dos preços no atacado, diz FGV

    SÃO PAULO (Reuters) - A desaceleração da alta dos preços no atacado levou o Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) a terminar outubro com alta de 0,20 por cento, contra avanço de 0,47 por cento no mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira. O resultado deste mês ficou abaixo da expectativa em pesquisa da Reuters de avanço de 0,31 por cento. ...

  • Reutershá 3 meses

    IPC-Fipe avança 0,22% na 3ª quadrissemana de outubro

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo registrou alta de 0,22 por cento na terceira quadrissemana de outubro, depois de subir 0,16 por cento na segunda prévia do mês, de acordo com os dados divulgados nesta quarta-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos. (Por Camila Moreira)