^MXX - IPC MEXICO

Mexico - Mexico Preço Adiado. Moeda em MXN.
41.797,37
-521,90 (-1,23%)
No fechamento: 3:16PM CST
O gráfico de ações não é compatível com seu navegador atual
Fechamento anterior42.319,27
Abrir41.885,62
Volume202.415.161
Variação do Dia41.705,72 - 42.505,14
Variação de 52 semanas41.284,04 - 51.121,23
Estimativa Volume158.076.335
  • EFEhá 9 horas

    Bolsa do México: IPC abre em baixa de 0,04%

    México, 20 nov (EFE).- O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) abriu nesta terça-feira em baixa de 0,04%, aos 42.302,03 pontos. EFE

  • Folhapressontem

    Números do mercado financeiro

    DÓLAR compra/vendaCâmbio livre BC - R$ 3,7547 / R$ 3,7553 **Câmbio livre mercado - R$ 3,7620 / R$ 3,7640 *Turismo - R$ 3,7000 / R$ 3,9300 (*) cotação média do mercado(**) cotação do Banco Central Variação do câmbio livre mercadono dia: 0,66% OURO BM&FR$ 146,800 BOLSAS Bovespa (Ibovespa)Variação: -0,69% Pontos: 87. ...

  • IGP-M recua 0,35% na 2ª prévia de novembro com queda de combustíveis para produção, diz FGV
    Reutersontem

    IGP-M recua 0,35% na 2ª prévia de novembro com queda de combustíveis para produção, diz FGV

    SÃO PAULO (Reuters) - Os preços de combustíveis e lubrificantes para produção caíram e o Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) recuou 0,35 por cento na segunda prévia de novembro, depois de avançar 0,97 por cento no mesmo período do mês anterior, de acordo com os dados divulgados nesta segunda-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O IGP-M já havia recuado na primeira prévia de novembro, quando caiu 0,11 por cento, em sua primeira deflação desde novembro de 2017. ...

  • Folhapresshá 4 dias

    Números do mercado financeiro

    DÓLAR compra/vendaCâmbio livre BC - R$ 3,7519 / R$ 3,7525 **Câmbio livre mercado - R$ 3,737 / R$ 3,739 *Turismo - R$ 3,71 / R$ 3,94 (*) cotação média do mercado(**) cotação do Banco Central Variação do câmbio livre mercadono dia: -1,18% OURO BM&FR$ 149,000 BOLSAS Bovespa (Ibovespa)Variação: 2,96% Pontos: 88. ...

  • EFEhá 4 dias

    Bolsa do México: IPC fecha em alta de 2,1%

    Cidade do México, 16 nov (EFE).- O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) fechou nesta sexta-feira em alta de 2,1%, aos 42.319,27 pontos. Foram negociados no pregão 336,2 milhões de títulos, com giro financeiro de 1

  • Folhapresshá 6 dias

    Dólar cai para R$ 3,78, e Bolsa sobe com Petrobras e JBS

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após uma puxada no último pregão, o dólar fechou em baixa ante o real nesta quarta-feira (14), em movimento de correção amplificado pela recuperação mais generalizada de moedas emergentes.O dólar comercial caiu 1,25%, cotado a R$ 3,784. Na véspera, fechou a R$ 3,832, patamar considerado exagerado por alguns operadores.No exterior, 18 das 31 principais divisas do mundo se valorizaram em relação ao dólar, influenciadas por dados americanos que mostraram a inflação em linha com a expectativa do mercado para outubro. ...

  • Folhapresshá 6 dias

    Números do mercado financeiro

    DÓLAR compra/vendaCâmbio livre BC - R$ 3,7918 / R$ 3,7924 **Câmbio livre mercado - R$ 3,782 / R$ 3,784 *Turismo - R$ 3,63 / R$ 3,93 (*) cotação média do mercado(**) cotação do Banco Central Variação do câmbio livre mercadono dia: -1,25% OURO BM&FR$ 145,400 BOLSAS Bovespa (Ibovespa)Variação: 1,25% Pontos: 85. ...

  • EFEhá 6 dias

    Bolsa do México: IPC fecha em baixa de 0,18%

    Cidade do México, 14 nov (EFE).- O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) fechou nesta quarta-feira em baixa de 0,18%, aos 42.343,96 pontos. Foram negociados no pregão 340 milhões de títulos, com giro financeiro de

  • EFEhá 7 dias

    Bolsa do México: IPC fecha em baixa de 2,05%

    Cidade do México, 13 nov (EFE).- O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) fechou nesta terça-feira em baixa de 2,05%, aos 42.421,33 pontos. Foram negociados no pregão 358,9 milhões de títulos, com giro financeiro de

  • EFEhá 8 dias

    Bolsa do México: IPC fecha em baixa de 2,15%

    Cidade do México, 12 nov (EFE).- O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) fechou nesta segunda-feira em baixa de 2,15%, aos 43.310,01 pontos. Foram negociados no pregão 276,1 milhões de títulos, com giro financeiro

  • Reutershá 9 dias

    IPC-Fipe desacelera alta a 0,40% na 1ª quadrissemana de novembro

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo iniciou novembro com alta de 0,40 por cento na primeira quadrissemana, depois de subir 0,48 por cento em outubro, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nesta segunda-feira. O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos. (Por Camila Moreira)

  • Folhapresshá 11 dias

    Números do mercado financeiro

    DÓLAR compra/vendaCâmbio livre BC - R$ 3,7500 / R$ 3,7506 **Câmbio livre mercado - R$ 3,735 / R$ 3,737 *Turismo - R$ 3,59 / R$ 3,89 (*) cotação média do mercado(**) cotação do Banco Central Variação do câmbio livre mercadono dia: -0,05% OURO BM&FR$ 145,600 BOLSAS Bovespa (Ibovespa)Variação: 0,02% Pontos: 85. ...

  • EFEhá 11 dias

    Bolsa do México: IPC abre em baixa de 0,86%

    México, 9 nov (EFE).- O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) abriu nesta sexta-feira em baixa de 0,86%, aos 43.809,45 pontos. EFE

  • Folhapresshá 11 dias

    IGP-M tem queda de 0,11% na primeira prévia de novembro

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O IGP-M (Índice Geral de Preços - Mercado), usado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou queda de preços de 0,11% na primeira prévia de novembro. A taxa é inferior à apurada na primeira prévia de outubro, quando o IGP-M teve inflação de 1,06%.Segundo a FGV (Fundação Getulio Vargas), apesar da deflação da prévia de novembro, o IGP-M acumula alta de 9,13% no ano e de 10,1% em 12 meses. As informações são da Agência Brasil. ...

  • IGP-M recua 0,11% na 1ª prévia de novembro e tem primeira deflação em um ano
    Reutershá 11 dias

    IGP-M recua 0,11% na 1ª prévia de novembro e tem primeira deflação em um ano

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) recuou 0,11 por cento na primeira prévia de novembro, ante avanço de 1,06 por cento no mesmo período do mês anterior, registrando deflação pela primeira vez em um ano diante da queda nos preços de matérias-primas brutas no atacado. A última vez que o índice havia recuado foi na primeira prévia de novembro de 2017, quando registrou uma variação negativa de 0,02 por cento. ...

  • EFEhá 12 dias

    Inflação chinesa mantém crescimento em 2,5% anualizado em outubro

    Pequim, 9 nov (EFE).- O índice de preços ao consumidor (IPC) da China, principal indicador da inflação, aumentou 2,5% em outubro a respeito do mesmo mês do ano passado, replicando o avanço registrado em setembro, informou nesta sexta-feira o Escritóri

  • EFEhá 12 dias

    Bolsa do México tem seu pior dia em 7 anos com queda de ações de bancos

    Cidade do México, 8 nov (EFE).- A Bolsa Mexicana de Valores sofreu nesta quinta-feira sua pior queda nos últimos sete anos, com seu principal indicador, o Índice de Preços e Cotações (IPC), retrocedendo 5,81%, depois que as ações dos bancos caíram dev

  • EFEhá 14 dias

    Bolsa do México: IPC abre em baixa de 0,16%

    Cidade do México, 6 nov (EFE).- O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) abriu nesta terça-feira em baixa de 0,16%, aos 46.742,42 pontos. EFE

  • Folhapresshá 15 dias

    Pressionado por alimentos, IPC-Fipe tem alta de 0,48% em outubro

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O IPC (Índice de Preços ao Consumidor), medido pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), na cidade de São Paulo, fechou outubro com alta de 0,48%. Em setembro, a inflação medida pelo indicador ficou em 0,39%.O grupo da alimentação teve a maior alta (1,21%). Os alimentos in natura registraram elevação de 6,45%. As informações são da Agência Brasil.O tomate subiu 59,69% no mês e a batata teve alta de 18,53%. Também tiveram altas expressivas o limão (13,48%) e o pimentão (15,52%). ...

  • Agência Brasilhá 15 dias

    Pressionado por alimentos, IPC-Fipe tem alta de 0,48% em outubro

    O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), na cidade de São Paulo, fechou outubro com alta de 0,48%. Em setembro, a inflação medida pelo indicador ficou em 0,39%.

  • IPC-Fipe acelera alta a 0,48% em outubro pressionado por alimentos
    Reutershá 16 dias

    IPC-Fipe acelera alta a 0,48% em outubro pressionado por alimentos

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo acelerou a alta a 0,48 por cento em outubro depois de ter encerrado setembro com avanço de 0,39 por cento, pressionado pelos preços de alimentos. Os dados divulgados nesta segunda-feira pele Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) mostraram que o grupo Alimentação exerceu o maior peso sobre o índice do mês, de 0,2946 ponto percentual, depois de acelerar a alta a 1,21 por cento, contra 0,08 por cento em setembro. ...

  • Folhapresshá 19 dias

    Números do mercado financeiro

    DÓLAR compra/vendaCâmbio livre BC - R$ 3,6968 / R$ 3,6973 **Câmbio livre mercado - R$ 3,694 / R$ 3,714 *Turismo - R$ 3,54 / R$ 3,84 (*) cotação média do mercado(**) cotação do Banco Central Variação do câmbio livre mercadono dia: -0,45% OURO BM&FR$ 146,500 BOLSAS Bovespa (Ibovespa)Variação: 1,14% Pontos: 88.419Volume financeiro: R$ 18,460 bilhõesMaiores altas: Pão de Açúcar-CBD PN (6,5%), TIM Participações ON (5. ...

  • EFEhá 19 dias

    Bolsa do México: IPC abre em alta de 0,74%

    Cidade do México, 1 nov (EFE).- O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) abriu nesta quinta-feira em alta de 0,74%, aos 44,266.79 pontos. EFE

  • Folhapresshá 21 dias

    Inflação do aluguel é de 10,79% em 12 meses

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O IGP-M (Índice Geral de Preços-Mercado), usado no reajuste dos contratos de aluguel, acumula 10,79% em 12 meses, segundo dados de outubro. Em outubro do ano passado, a taxa em 12 meses era de apenas 1,41%.Os dados foram divulgados nesta terça-feira (30), no Rio de Janeiro, pela FGV (Fundação Getulio Vargas). As informações são da Agência Brasil.Considerando-se apenas outubro deste ano, a taxa ficou em 0,89%, inferior ao 1,52% de setembro. ...

  • EFEhá 21 dias

    Bolsa do México: IPC abre em baixa de 0,63%

    México, 30 out (EFE).- O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) abriu nesta terça-feira em baixa de 0,63%, aos 43.600,95 pontos. EFE