^DJI - Dow Jones Industrial Average

DJI - DJI Preço em Tempo Real. Moeda em USD.
26.743,50
+86,52 (+0,32%)
No fechamento: 4:54PM EDT
O gráfico de ações não é compatível com seu navegador atual
Fechamento anterior26.656,98
Abrir26.726,25
Volume657.619.646
Variação do Dia26.680,37 - 26.769,16
Variação de 52 semanas22.219,11 - 26.769,16
Estimativa Volume262.999.047
  • Reutershá 18 horas

    Dow Jones alcança nova máxima de fechamento antes de reformulação de índices

    Por Stephen Culp NOVA YORK (Reuters) - As ações industriais levaram o índice Dow Jones para uma nova máxima de fechamento nesta sexta-feira, antes de uma grande reformulação de setor na segunda-feira, encerrando uma semana que, em grande parte, ignorou preocupações com comércio. O Dow Jones subiu 0,32 por cento, a 26.743,5 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,04 por cento, a 2.929,67 pontos, e o Nasdaq recuou 0,51 por cento, a 7.986,96 pontos. ...

  • Dow Jones atinge máxima recorde; ações de tecnologia impulsionam S&P e Nasdaq
    Reutersanteontem

    Dow Jones atinge máxima recorde; ações de tecnologia impulsionam S&P e Nasdaq

    Por Stephen Culp (Reuters) - Os mercados acionários dos Estados Unidos fecharam em alta nesta quinta-feira, com o Dow Jones registrando recorde de fechamento diante do alívio em preocupações comerciais, enquanto os papéis de empresas de tecnologia impulsionaram o Nasdaq e o S&P. O índice Dow Jones subiu 0,95 por cento, a 26.657 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,78 por cento, a 2.931 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,98 por cento, a 8.028 pontos. A Microsoft e a Apple avançaram 1,7 e 0,8 por cento, respectivamente. ...

  • S&P e Dow sobem puxados por setor financeiro em meio a rendimento maior de títulos dos EUA
    Reutershá 3 dias

    S&P e Dow sobem puxados por setor financeiro em meio a rendimento maior de títulos dos EUA

    Por Stephen Culp NOVA YORK (Reuters) - As bolsas dos Estados Unidos fecharam em alta nesta quarta-feira, com o índice Dow Jones atingindo seu maior nível desde o final de janeiro, conforme o aumento nos rendimentos dos Treasuries impulsionou o setor financeiro, enquanto houve alívio nas preocupações comerciais. O índice Dow Jones subiu 0,61 por cento, a 26.406 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,125331 por cento, a 2.908 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,08 por cento, a 7.950 pontos. ...

  • Wall Street sobe com Apple e alívio na tensão comercial
    Reutershá 9 dias

    Wall Street sobe com Apple e alívio na tensão comercial

    Por Caroline Valetkevitch NOVA YORK (Reuters) - A Apple liderou uma recuperação das ações do setor de tecnologia e impulsionou os três maiores índices acionários dos Estados Unidos nesta quinta-feira, enquanto as preocupações comerciais esfriaram após a China aceitar novas conversas com os EUA. O índice Dow Jones subiu 0,57 por cento, a 26.146 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,528225 por cento, a 2.904 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,75 por cento, a 8.014 pontos. ...

  • Dow Jones e S&P fecham com leve alta após notícia sobre discussão comercial; Apple cai
    Reutershá 10 dias

    Dow Jones e S&P fecham com leve alta após notícia sobre discussão comercial; Apple cai

    Por Caroline Valetkevitch NOVA YORK (Reuters) - O Dow Jones e o S&P fecharam com leve alta nesta quarta-feira após notícias de uma nova rodada de negociações entre EUA e China sobre a questão comercial, enquanto o Nasdaq caiu na esteira de declínio da Apple, que revelou Iphones maiores mas com poucas mudanças no que oferecem. O índice Dow Jones subiu 0,11 por cento, a 25.999 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,035666 por cento, a 2.889 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,23 por cento, a 7.954 pontos. ...

  • Reutershá 15 dias

    Wall Street recua com preocupação com tarifas comerciais; Apple na mira

    Por April Joyner NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices de Wall Street recuaram nesta sexta-feira, com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, elevando a possibilidade tarifas adicionais sobre importações chinesas e a Apple tendo indicado que alguns de seus produtos poderiam estar sujeitos a tais impostos. O índice Dow Jones caiu 0,31 por cento, a 25.917 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,22133 por cento, a 2.872 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,25 por cento, a 7.903 pontos. ...

  • Reutershá 22 dias

    Wall Sreet fecha sem direção definida com o fim das conversas comerciais entre Canadá e EUA

    Por Stephen Culp Nova York (Reuters) - O S&P 500 fechou estável enquanto o Dow Jones teve leve queda e o Nasdaq subiu em uma sexta de negociações de baixo volume enquanto Canadá e Estados Unidos concluíam conversas comerciais sem acordo, antes do feriado do dia do trabalho. O índice Dow Jones caiu 0,09 por cento, a 25.965 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,013443 por cento, a 2.902 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,26 por cento, a 8.110 pontos. ...

  • Wall Street amplia ganhos com atenção voltada para comércio com o Canadá
    Reutershá 25 dias

    Wall Street amplia ganhos com atenção voltada para comércio com o Canadá

    Por Stephen Culp NOVA YORK (Reuters) - O S&P 500 e o Nasdaq alcançaram máximas de fechamento pela terceira sessão consecutiva com os investidores se esforçando para lucrar após a sequência de avanços nas disputas comercias que têm preocupado o mercado. O índice Dow Jones subiu 0,06 por cento, a 26.064 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,026927 por cento, a 2.898 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,15 por cento, a 8.030 pontos. ...

  • S&P 500 e Nasdaq atingem novas máximas com acordo comercial EUA-México
    Reutershá 26 dias

    S&P 500 e Nasdaq atingem novas máximas com acordo comercial EUA-México

    Por Stephen Culp (Reuters) - Um amplo rali impulsionou o S&P 500 e o Nasdaq a novas máximas no fechamento pela segunda sessão consecutiva nesta segunda-feira, com um acordo comercial alcançado entre os Estados Unidos e o México melhorando a confiança dos investidores. O índice Dow Jones subiu 1,01 por cento, a 26.050 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,767039 por cento, a 2.897 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,91 por cento, a 8.018 pontos. Ações de tecnologia levaram o Nasdaq acima da marca dos 8.000 pontos pela primeira vez e o setor forneceu o maior estímulo para o S&P 500. ...

  • Wall Street cai após nova rodada de tarifas EUA-China
    Reutersmês passado

    Wall Street cai após nova rodada de tarifas EUA-China

    Por April Joyner NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices de Wall Street caíram nesta quinta-feira com ações sensíveis a questões comerciais sendo afetadas por uma nova rodada de tarifas na disputa comercial entre os Estados Unidos e a China. Apesar de estarem em negociações, os dois países impuseram tarifas em 16 bilhões de dólares sobre produtos um do outro. O índice Dow Jones caiu 0,3 por cento, a 25.657 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,169123 por cento, a 2.857 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,13 por cento, a 7.878 pontos. ...

  • Reutersmês passado

    Wall Street sobe com notícias positivas no comércio

    Por Stephen Culp NOVA YORK (Reuters) - Os índices acionários dos Estados Unidos fecharam em alta nesta sexta-feira, com o S&P 500 e o Dow Jones ampliando ganhos e o Nasdaq voltando ao positivo com notícias de progresso nas disputas tarifárias entre os EUA e seus parceiros comerciais, China e México. O índice Dow Jones subiu 0,43 por cento, a 25.669 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,332314 por cento, a 2.850 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,13 por cento, a 7.816 pontos. ...

  • Wall Street se recupera com balanços sólidos e negociação comercial entre China e EUA
    Reutersmês passado

    Wall Street se recupera com balanços sólidos e negociação comercial entre China e EUA

    Por Stephen Culp NOVA YORK(Reuters) - As bolsas dos Estados Unidos se recuperaram nesta quinta-feira com o Dow Jones alcançando seu maior ganho percentual em quatro meses, depois que balanços positivos e a diminuição das preocupações com a questão comercial aumentaram a confiança dos investidores. O índice Dow Jones subiu 1,58 por cento, a 25.559 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,791947 por cento, a 2.841 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,42 por cento, a 7.807 pontos. Uma amplo rali fez com que os três maiores índices norte-americanos subissem após a queda da véspera. ...

  • Reutersmês passado

    Índices dos EUA caem com desânimo com balanços e tensões comerciais

    Por Stephen Culp NOVA YORK (Reuters) - Wall Street fechou em baixa nesta quarta-feira de fortes negociações, com o S&P 500 registrando sua maior queda percentual desde o fim de junho num quadro de aversão ao risco após balanços decepcionantes e uma escalada global de preocupações com tarifas comerciais. O índice Dow Jones caiu 0,54 por cento, a 25.162 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,760222 por cento, a 2.818 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 1,23 por cento, a 7.774 pontos. ...

  • Wall Street sobe com resultados corporativos positivos e alívio sobre lira turca
    Reutersmês passado

    Wall Street sobe com resultados corporativos positivos e alívio sobre lira turca

    Por Stephen Culp NOVA YORK (Reuters) - Os três maiores índices de Wall Street subiram nesta terça-feira, com o S&P 500 alcançando seu mais forte ganho em três semanas depois que uma sequência de resultados corporativos positivos impulsionou o otimismo dos investidores e uma melhora da lira turca aliviou a tensão de um contágio financeiro mais amplo. O índice Dow Jones subiu 0,45 por cento, a 25.300 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,638924 por cento, a 2.840 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,65 por cento, a 7.871 pontos. ...

  • Wall Street recua conforme crise na Turquia impacta bancos
    Reutersmês passado

    Wall Street recua conforme crise na Turquia impacta bancos

    Por Caroline Valetkevitch e James Thorne NOVA YORK (Reuters) - Os mercados acionários dos Estados Unidos recuaram nesta sexta-feira em meio ao agravamento da crise econômica na Turquia, que derrubou ações bancárias e provocou uma fuga de ativos mais arriscados. O índice Dow Jones caiu 0,77 por cento, a 25.313 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,711387 por cento, a 2.833 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,67 por cento, a 7.839 pontos. Após cinco semanas consecutivas de ganhos, o Dow e o S&P fecharam a semana em queda. ...

  • S&P 500 e Dow Jones fecham em baixa com energia e setor financeiro; Tesla recua
    Reutersmês passado

    S&P 500 e Dow Jones fecham em baixa com energia e setor financeiro; Tesla recua

    Por Caroline Valetkevitch NOVA YORK(Reuters) - O S&P 500 e o Dow Jones fecharam em leve queda nesta quinta-feira com ganhos da Apple e da Amazon superados por perdas em ações dos setores financeiro e de energia. O índice Dow Jones caiu 0,29 por cento, a 25.509 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,144172 por cento, a 2.854 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,04 por cento, a 7.892 pontos. ...

  • Reutershá 2 meses

    Wall Street sobe com resultados corporativos positivos

    Por Stephen Culp NOVA YORK (Reuters) - Os mercados acionários dos Estados Unidos fecharam em alta nesta sexta-feira com resultados corporativos positivos acalmando a ansiedade dos investidores com tensões comerciais e com o crescimento de empregos em julho mais fraco do que o esperado. O índice Dow Jones subiu 0,54 por cento, a 25.463 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,46 por cento, a 2.840 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,12 por cento, a 7.812 pontos. ...

  • Wall Street se recupera liderado por indústrias
    Reutershá 2 meses

    Wall Street se recupera liderado por indústrias

    Por Stephen Culp NOVA YORK (Reuters) - Os mercados acionários dos Estados Unidos se recuperaram nesta terça-feira, impulsionados por ganhos nas ações da indústria, após relatos de novas negociações comerciais entre os EUA e a China. O índice Dow Jones subiu 0,43 por cento, a 25.415 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,49 por cento, a 2.816 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,55 por cento, a 7.672 pontos. Tanto o S&P 500 quanto o Dow Jones registraram seus maiores ganhos percentuais mensais desde janeiro, quando os mercados atingiram níveis máximos. ...

  • Ações do Facebook despencam quase 20% e afetam Nasdaq
    Reutershá 2 meses

    Ações do Facebook despencam quase 20% e afetam Nasdaq

    Por April Joyner NOVA YORK (Reuters) - Uma queda nas ações do Facebook levou o Nasdaq a cair mais de 1 por cento nesta quinta-feira, a maior perda diária do índice em um mês, mas ações da indústria subiram após os Estados Unidos e a União Europeia (UE) dizerem que vão negociar sobre comércio. O índice Dow Jones subiu 0,44 por cento, a 25.527 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,31 por cento, a 2.837 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 1,01 por cento, a 7.852 pontos. ...

  • Bolsas dos EUA têm alta após Trump conseguir concessões da UE
    Reutershá 2 meses

    Bolsas dos EUA têm alta após Trump conseguir concessões da UE

    Por April Joyner NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices de Wall Street subiram nesta quarta-feira, com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, garantindo concessões da União Europeia sobre o comércio. O índice Dow Jones subiu 0,68 por cento, a 25.414 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,91 por cento, a 2.846 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 1,17 por cento, a 7.932 pontos. O índice S&P 500 saltou mais de 0,5 por cento na última meia hora de negociação com a notícia das concessões e fechou em seu nível mais alto desde 29 de janeiro. ...

  • Plantio de soja no Brasil em 18/19 pode crescer até 5%, prevê Corteva
    Reutershá 2 meses

    Plantio de soja no Brasil em 18/19 pode crescer até 5%, prevê Corteva

    Por Roberto Samora SÃO PAULO (Reuters) - A área plantada com soja na safra 2018/19 no Brasil deverá crescer de 3 a 5 por cento, dependendo de como o maior exportador global da oleaginosa vai se beneficiar da disputa comercial entre Estados Unidos e China, na avaliação de executivo da Corteva, uma das maiores companhias de insumos agrícolas que atuam no país. ...

  • Wall St. tem leve queda com preocupações comerciais
    Reutershá 2 meses

    Wall St. tem leve queda com preocupações comerciais

    Por Stephen Culp NOVA YORK (Reuters) - Os índices acionários dos Estados Unidos encerraram com ligeira baixa nesta sexta-feira, uma vez que crescentes temores comerciais puxados pelas recentes ameaças de tarifas do presidente Donald Trump contra a China ofuscaram uma série de resultados positivos, liderados pela Microsoft. O índice Dow Jones caiu 0,03 por cento, a 25.058 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,09 por cento, a 2.802 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,07 por cento, a 7.820 pontos. O Dow Jones e o S&P 500 registram a terceira alta semanal consecutiva. ...

  • EFEhá 2 meses

    Dow Jones fecha praticamente estável

    Nova York, 20 jul (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta sexta-feira em leve baixa de 0,03% após uma jornada de rumo incerto, dividida entre a inquietação pelos assuntos políticos e o otimismo pelos resultados corporativos. Ao final d

  • EFEhá 2 meses

    Dow Jones fecha em baixa de 0,53%

    Nova York, 19 jul (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quinta-feira em baixa de 0,53%, afetado pelas tensões comerciais dos Estados Unidos e as críticas do seu presidente, Donald Trump, ao ajuste monetário do Federal Reserve (Fed, banco

  • S&P 500 atinge máxima de mais de 5 meses com fortes resultados
    Reutershá 2 meses

    S&P 500 atinge máxima de mais de 5 meses com fortes resultados

    Por Stephen Culp NOVA YORK (Reuters) - O S&P 500 subiu para seu maior nível em mais de cinco meses e o Dow subiu pela quinta sessão consecutiva nesta quarta-feira, uma vez que resultados sólidos impulsionaram as ações financeiras e industriais e reforçaram expectativas de uma forte temporada de resultados do segundo trimestre. O índice Dow Jones subiu 0,32 por cento, a 25.199 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,216049 por cento, a 2.816 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,01 por cento, a 7.854 pontos. ...