Rússia pode dobrar oferta de petróleo para China

A Rosneft, da Rússia, pode dobrar o fornecimento de petróleo para a China em troca de um empréstimo de até US$ 30 bilhões e está em negociações com a estatal China National Petroleum Corp (CNPC), segundo informações divulgadas no site de uma agência de notícias, que citava quatro fontes não-identificadas do setor.

A "linha estratégica" seria a de aumentar o fornecimento para a China, que pode ter uma "combinação de opções de entrega", disse a reportagem citando uma fonte.

Mas a negociação levará tempo para chegar a um acordo final e resolver as diferenças sobre as várias opções de entrega, de acordo com as fontes. Também será um desafio para encontrar os recursos necessários de petróleo, acrescentou a agência.

Uma das fontes disse que a China está pronta para emprestar, desde que a Rosneft concorde em enviar mais petróleo através de gasodutos existente do Casaquistão para a China.

A Rosneft disse que não estava em negociações sobre a obtenção de um empréstimo da China, mas se recusou a comentar sobre o início das negociações em uma data posterior. A CNPC não quis comentar, afirmou a reportagem. As informações são da Dow Jones.

Carregando...