Mercado abrirá em 4 h 12 min

Wall St amplia perdas após Fed sinalizar mais aumentos de juros

Placa em frente à Bolsa de Valores de Nova York sinaliza Wall Street

Por Sruthi Shankar e Amruta Khandekar e Shubham Batra

(Reuters) - As ações dos Estados Unidos ampliavam as perdas nesta quinta-feira, com os investidores temendo que o Federal Reserve esteja longe de sinalizar uma postura menos agressiva em sua luta contra a inflação.

As ações inicialmente receberam um impulso na quarta-feira depois que o Fed elevou sua taxa de juros em 75 pontos-base, como esperado, e o comunicado de política monetária deixou em aberto a possibilidade de incrementos menores no futuro.

Os ganhos, no entanto, evaporaram quando o chair do Fed, Jerome Powell, disse que é "muito prematuro" discutir quando o banco central pode pausar os aumentos dos juros.

O S&P 500 marcou seu maior declínio percentual em quase um mês, com uma perda de 2,5% na sessão anterior.

Embora os operadores ainda estejam divididos entre as chances de um aumento de 50 ou 75 pontos-base em dezembro, o pico da taxa de juros do Fed deve chegar a 5% ou mais no próximo ano, em comparação com uma estimativa anterior de aumento de 4,50% a 4,75%. .

Enquanto isso, o número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego caiu inesperadamente na semana passada , fornecendo mais evidências de um mercado de trabalho forte.

O relatório mais abrangente sobre a criação de empregos fora do setor agrícola, que será divulgado na sexta-feira, será crucial, pois os investidores tentam avaliar se os aumentos de juros do Fed esfriaram significativamente a economia.

Outro conjunto de dados nesta quinta-feira mostrou que a indústria de serviços dos EUA cresceu em seu ritmo mais lento em quase 2 anos e meio em outubro e as empresas continuaram a enfrentar preços de insumos mais altos, confirmando que a inflação está mudando de bens para serviços.

Às 11:51 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,37%, a 32.028,25 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,95%, a 3.724,07 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuava 1,17%, a 10.401,90 pontos.

Ações de empresas de tecnologia de megacapitalização estendiam perdas, com a Apple Inc, Microsoft e Alphabet caindo entre 0,3% e 2%, enquanto o rendimento do Treasury de 10 anos atingia seu nível mais alto desde 25 de outubro. [US/]

(Reportagem de Sruthi Shankar, Amruta Khandekar e Shubham Batra em Bengaluru)