Mercado abrirá em 3 h 6 min
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,74 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,67
    +3,52 (+5,17%)
     
  • OURO

    1.799,60
    +11,50 (+0,64%)
     
  • BTC-USD

    57.284,44
    +2.908,09 (+5,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.431,90
    -23,51 (-1,62%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,06 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.111,50
    +67,47 (+0,96%)
     
  • HANG SENG

    23.852,24
    -228,28 (-0,95%)
     
  • NIKKEI

    28.283,92
    -467,70 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.204,50
    +153,50 (+0,96%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2887
    -0,0598 (-0,94%)
     

Universo virtual: o que é o metaverso?

O mundo real está cada vez mais virtual. E a tendência é que o mundo virtual fique cada vez mais real. Isso porque empresas como o Facebook estão de olho no chamado metaverso.

Assista também

A imersão completa no ambiente virtual existe há anos nos games, como no famoso Second Life.

Recentemente, o Fortnite expandiu a experiência com shows, como da cantora Ariana Grande.

Nos próximos anos, o metaverso pode receber reuniões de trabalho, compras e até virar um espaço para relaxar.

E tudo isso por meio dos óculos de realidade virtual.

O Facebook investiu US$50 milhões nesse novo conceito e anunciou que mudará seu nome para Meta. E também pretende diminuir o preço dos óculos VR.

O objetivo, ou melhor, a “meta” de Mark Zuckerberg é transformar a sua rede social em uma “empresa metaverso” em cinco anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos