Mercado abrirá em 3 h 16 min
  • BOVESPA

    110.580,79
    +234,97 (+0,21%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.304,04
    -72,85 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,45
    +1,68 (+1,53%)
     
  • OURO

    1.857,50
    -7,90 (-0,42%)
     
  • BTC-USD

    29.755,35
    +478,99 (+1,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    662,06
    +6,23 (+0,95%)
     
  • S&P500

    3.941,48
    -32,27 (-0,81%)
     
  • DOW JONES

    31.928,62
    +48,38 (+0,15%)
     
  • FTSE

    7.514,44
    +30,09 (+0,40%)
     
  • HANG SENG

    20.171,27
    +59,17 (+0,29%)
     
  • NIKKEI

    26.677,80
    -70,34 (-0,26%)
     
  • NASDAQ

    11.767,50
    -3,50 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1548
    -0,0174 (-0,34%)
     

Pitch precisa prever retorno financeiro e impacto socioeconômico, afirma Giva Pereira

O fundador e CEO do Favela Brasil Xpress, startup de logística que realiza a etapa final de entrega de mercadorias em comunidades e que soma R$ 800 mil em investimentos desde a sua fundação em 2020, acredita que um bom pitch precisa ter visão de futuro não apenas sobre os resultado que os investidores deverão colher, mas sobre o impacto positivo que aquele negócio vai causar na sociedade. Na visão de Giva Pereira, ter clareza na apresentação da solução do problema também é essencial para ter sucesso em um pitch.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos