Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.123,85
    -3.459,16 (-3,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.917,27
    -681,26 (-1,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,81
    -0,64 (-0,85%)
     
  • OURO

    1.733,20
    -18,80 (-1,07%)
     
  • BTC-USD

    41.795,37
    -1.074,75 (-2,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.032,86
    -24,29 (-2,30%)
     
  • S&P500

    4.352,63
    -90,48 (-2,04%)
     
  • DOW JONES

    34.299,99
    -569,38 (-1,63%)
     
  • FTSE

    7.028,10
    -35,30 (-0,50%)
     
  • HANG SENG

    24.500,39
    +291,61 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.183,96
    -56,10 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.749,00
    -445,75 (-2,93%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3474
    +0,0406 (+0,64%)
     

Macron recorre às redes sociais contra a desinformação

O Tik Tok e o Instagram foram escolhidos pelo presidente francês, Emmanuel Macron, em uma tentativa de conter a desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. O país vive um momento de tensão social, após três finais de semana de protestos contra o polêmico certificado sanitário estabelecido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos