Mercado fechará em 2 h 50 min
  • BOVESPA

    130.091,43
    +0,35 (+0,00%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.737,79
    -170,39 (-0,33%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,05 (+0,07%)
     
  • OURO

    1.861,00
    +4,60 (+0,25%)
     
  • BTC-USD

    38.694,58
    -1.564,11 (-3,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    956,82
    -35,66 (-3,59%)
     
  • S&P500

    4.236,65
    -9,94 (-0,23%)
     
  • DOW JONES

    34.192,85
    -106,48 (-0,31%)
     
  • FTSE

    7.184,95
    +12,47 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    28.436,84
    -201,69 (-0,70%)
     
  • NIKKEI

    29.291,01
    -150,29 (-0,51%)
     
  • NASDAQ

    14.026,00
    -4,25 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0589
    -0,0590 (-0,96%)
     

Jornalista tira máscara ao vivo em transmissão nos EUA e se emociona: "Foi um ano difícil"

A repórter Raquel Krähenbüh, correspondente da Globonews em Washington, se emocionou ao tirar a máscara pela primeira vez durante a transmissão ao vivo do programa 'Edição das 16h'. A jornalista explicou as novas diretrizes do governo americano para pessoas que já foram vacinadas, e afirmou que a vida começa a retomar a normalidade fora do Brasil.

"Os Estados Unidos começam a voltar à normalidade. E eu vou fazer agora uma coisa ao vivo que a gente está querendo fazer há muito tempo. Pela primeira vez, posso tirar minha máscara para entrar ao vivo", comemorou.

Leia também

De acordo com diretrizes do CDC (Centro de Controle e Prevenção Doenças Infecciosas) norte-americano, pessoas que já tomaram as duas doses de qualquer vacina contra a Covid-19 não são mais obrigadas a usar máscaras, até mesmo em locais fechados. Os EUA já vacinou cerca de 35% de sua população, mas ainda enfrenta resistência de grupos anti-vacina e extremistas religiosos.