Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.402,27
    +1.930,27 (+1,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.354,86
    +631,46 (+1,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,44
    -0,32 (-0,35%)
     
  • OURO

    1.802,50
    -2,70 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    23.799,03
    +597,62 (+2,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    555,53
    +12,65 (+2,33%)
     
  • S&P500

    4.140,06
    -5,13 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    32.832,54
    +29,04 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.482,37
    +42,63 (+0,57%)
     
  • HANG SENG

    20.039,30
    -6,47 (-0,03%)
     
  • NIKKEI

    28.085,79
    -163,45 (-0,58%)
     
  • NASDAQ

    13.182,50
    -0,75 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2097
    +0,0003 (+0,01%)
     

Governo tem desafio de apertar a economia e amparar os mais pobres, afirma Renato Mimica

O CEO da Exame e sócio do BTG Pactual, Renato Mimica, analisa o cenário econômico atual que vai pautar a agenda das campanhas eleitorais no Brasil: “Principalmente em 2021, nós tivemos políticas econômicas e monetárias globais muito expansionistas para o combate à pandemia (...) Naturalmente, isso causa inflação, que, infelizmente afeta as camadas mais pobres da população”, afirma Mimica. De acordo com ele, os governos têm o desafio de, por um lado, apertar mais a economia e, por outro lado, resolver a questão dos preços altos, sobretudo dos produtos commodities, para as populações mais afetadas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos