Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.461,89
    -465,90 (-0,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.986,72
    +241,80 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,30
    +0,48 (+0,57%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +2,40 (+0,13%)
     
  • BTC-USD

    42.316,70
    -551,81 (-1,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.016,74
    -8,99 (-0,88%)
     
  • S&P500

    4.662,85
    +3,82 (+0,08%)
     
  • DOW JONES

    35.911,81
    -201,79 (-0,56%)
     
  • FTSE

    7.611,23
    +68,28 (+0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.218,03
    -165,29 (-0,68%)
     
  • NIKKEI

    28.333,52
    +209,24 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    15.559,25
    -36,50 (-0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3022
    -0,0152 (-0,24%)
     

Falta carne na mesa: comer é cada dia mais um desafio no Brasil | Comer: Ato Político

O preço da carne está surreal no Brasil.

Na semana que marca o Dia da Alimentação, o Yahoo Finanças inicia uma série de vídeos de receitas que trazem muito mais do que apenas um prato: trazem todo o ato político que há em comê-lo.

O consumo de carne em 2021 também caiu devido à alta nos preços dos alimentos.

Pesquisa do Datafolha, realizada entre 13 a 15 de setembro, aponta que 67% da população brasileira reduziu o consumo de carne vermelha. Proteína de frango, porco e outros tipos tiveram queda de 39% no consumo.

A triste consequência disso tem sido as cenas cada vez mais comuns de filas para doação de ossos e restos bovinos, carcaças de peixes voltando à mesa dos brasileiros e a alta na procura e nos preços do pés de frango.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos