Mercado abrirá em 4 h 12 min
  • BOVESPA

    122.515,74
    +714,95 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.869,48
    +1,16 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,58
    +0,32 (+0,45%)
     
  • OURO

    1.813,60
    -8,60 (-0,47%)
     
  • BTC-USD

    38.557,30
    -1.070,79 (-2,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    935,75
    -25,15 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.387,16
    -8,10 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.838,16
    -97,31 (-0,28%)
     
  • FTSE

    7.104,85
    +23,13 (+0,33%)
     
  • HANG SENG

    26.194,82
    -40,98 (-0,16%)
     
  • NIKKEI

    27.641,83
    -139,19 (-0,50%)
     
  • NASDAQ

    14.984,25
    +31,50 (+0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1192
    -0,0249 (-0,41%)
     

Conheça a primeira mestra de Maracatu do Brasil

A Alma Preta Jornalismo foi até a sede do Maracatu Encanto do Pina, na Zona Sul do Recife, para conhecer a trajetória da primeira mulher a atingir o posto de Mestre de Maracatu do Brasil. Joana Cavalcante ou mestra Joana, como é mais conhecida, consultou os orixás e assumiu a agremiação no lugar do seu pai como forma de dar continuidade à tradição da cultura popular em seu bairro. Moradora da comunidade do Bode, Mestra Joana carrega em sua história a luta por protagonismo e empoderamento para mulheres negras. Por meio do batuque, danças e cantos realiza um importante trabalho social que também envolve crianças e adolescentes e busca apoio para concluir a sede do grupo, que tem sido erguida graças ao trabalho dela ao lado de outras mulheres voluntárias que colocaram a mão na massa, literalmente. Conheça mais sobre essa história no vídeo "O nome dela é Mestra Joana Cavalcati".

Reportagem: Victor Lacerda
Captação e edição: Débora Oliveira
Identidade Visual: Dora Lia

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos