FIBR3.SA - Fibria Celulose S.A.

Sao Paolo - Sao Paolo Preço Adiado. Moeda em BRL.
70,93
-0,08 (-0,11%)
No fechamento: 5:08PM BRT
O gráfico de ações não é compatível com seu navegador atual
Fechamento anterior71,01
Abrir71,11
Preço de Compra70,00 x 0
Preço de Venda71,99 x 0
Variação do Dia70,01 - 71,41
Variação de 52 semanas31,33 - 76,38
Volume1.218.600
Estimativa Volume1.687.465
Capitalização de Mercado39,239B
Beta-0,62
Índice P/L (últ. 12 mes.)28,60
LPA (últ. 12 mes.)2,48
Data da Receita25 de jul de 2018
Dividendo futuro e rendimento0,47 (0,64%)
Data do Ex-Dividendo2018-05-04
Meta estimada de 1 ano68,90
  • Reutershá 20 dias

    Fusão entre Suzano e Fibria é aprovada por autoridades concorrenciais dos EUA

    SÃO PAULO (Reuters) - As autoridades de defesa da concorrência nos Estados Unidos aprovaram a união entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, que vai criar a maior produtora de celulose do mundo, informaram as empresas nesta sexta-feira. "A consumação da referida operação está ainda sujeita ao cumprimento de outras condições precedentes usuais para este tipo de operação, incluindo a aprovação por determinadas autoridades da concorrência no Brasil e no exterior", disseram as empresas em comunicados separados. A operação de fusão entre a Fibria e a Suzano foi anunciada em meados de março. ...

  • Reutershá 24 dias

    Fibria reduz produção em fábricas em SP e MS; Celulose Irani paralisa operações de papel

    SÃO PAULO (Reuters) - A produtora de celulose Fibria informou nesta segunda-feira que decidiu reduzir ritmo de produção em suas fábricas em Jacareí (SP) e Três Lagoas (MS), como consequência da greve dos caminhoneiros, que entrou em seu oitavo dia. Maior produtora de celulose de eucalipto do mundo, a Fibria afirmou que "até o momento" não precisou parar nenhuma de suas três fábricas no Brasil, que além de Jacareí e Três Lagoas incluem Aracruz, no Espírito Santo. ...

  • Reutershá 27 dias

    Fibria tem produção afetada por greve dos caminhoneiros

    SÃO PAULO (Reuters) - A Fibria informou nesta sexta-feira que a greve dos caminhoneiros está causando impacto na produção e transporte de produtos da companhia. A produtora de celulose disse em comunicado que está tomando todas as medidas possíveis para reduzir os impactos diante do contexto nacional. Na véspera, a Suzano Papel e Celulose disse que sua produção e escoamento de produtos estavam sendo impactados pela paralisação dos caminhoneiros. (Por Flavia Bohone)

  • Reutersmês passado

    Grupo indonésio April entra em negociação exclusiva para compra da Lwarcel, dizem fontes

    SÃO PAULO (Reuters) - O grupo indonésio Asia Pacific Resources, conhecido como April Group, entrou em negociações exclusivas para comprar a fabricante brasileira de celulose Lwarcel Celulose, disseram duas pessoas com conhecimento do assunto nesta terça-feira. A April fez a oferta mais alta na fase de vinculação do processo de venda, disseram as fontes, pedindo anonimato porque as conversas ainda são privadas. Outros grupos que analisaram o negócio são o chileno Copec, o português Altri SGPS e o chinês Shanying Paper Industry, acrescentaram as pessoas. ...

  • Reutersmês passado

    Votorantim tem lucro líquido de R$150 mi no 1º tri

    Por Carolina Mandl SÃO PAULO (Reuters) - A Votorantim, um dos maiores grupos industriais do Brasil, afirmou nesta sexta-feira que teve lucro líquido de 150 milhões de reais no primeiro trimestre, ante prejuízo de 546 milhões um ano antes, resultado apoiado na alta nos preços de metais. O grupo também informou que o lucro foi impulsionado por crescimento de receita nas áreas dos negócios de cimento e alumínio, bem como lucro maior da produtora de celulose Fibria e do Banco Votorantim. A receita cresceu 20 por cento na comparação anual, para 6,785 bilhões de reais. ...

  • Folhapressmês passado

    BNDES espera vender mais de R$ 10 bi em participações neste ano

    RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) pretende vender neste ano mais de R$ 10 bilhões em participações que detém em sua carteira, afirmou nesta terça-feira (8) o presidente do banco de fomento, Dyogo Oliveira.O cálculo não inclui a eventual entrada de R$ 8,5 bilhões referentes à fusão entre a Fibria Celulose e a Suzano Papel e Celulose."Acho que será facilmente superado [o valor de R$ 10 bilhões]", disse ele a jornalistas em café da manhã com imprensa. ...

  • BNDES espera vender mais de R$10 bi em participações neste ano
    Reutersmês passado

    BNDES espera vender mais de R$10 bi em participações neste ano

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) pretende vender neste ano mais de 10 bilhões de reais em participações que detém em sua carteira, afirmou nesta terça-feira o presidente do banco de fomento, Dyogo Oliveira. O cálculo não inclui a eventual entrada de 8,5 bilhões de reais referentes a fusão entre a Fibria Celulose e a Suzano Papel e Celulose . "Acho que será facilmente superado (o valor de 10 bilhões de reais)", disse ele a jornalistas em café da manhã com imprensa. ...

  • BNDES manterá venda de participações em projetos maduros e reinvestirá em novas iniciativas, diz diretora
    Reutershá 2 meses

    BNDES manterá venda de participações em projetos maduros e reinvestirá em novas iniciativas, diz diretora

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social(BNDES) vai dar continuidade ao processo de venda de participações em empresas neste ano e com os recursos pretende “reinvestir muito” em novas iniciativas, disse nessa sexta-feira uma executiva do banco. O banco, contudo, somente venderá ativos de sua carteira de participações se as empresas estiverem maduras, com boa governança e forem capazes de obter recursos no mercado, disse a diretora de mercado de capitais do banco, Eliane Lustosa, acrescentando que a rentabilidade do banco também é um quesito. ...

  • Reutershá 2 meses

    Klabin espera concluir em meados do ano estudos para novo ciclo de crescimento

    SÃO PAULO (Reuters) - A produtora de papel para embalagens e celulose Klabin deve concluir em meados do ano estudos que vão basear seu próximo ciclo de investimentos para crescimento orgânico, afirmaram executivos da companhia nesta sexta-feira. "Temos grandes oportunidades de crescimento orgânico ainda...Esse estudo vamos levar para conversar com nosso controlador para decidirmos o próximo ciclo", disse Francisco César Razzolini, diretor de planejamento da Klabin durante teleconferência com analistas. ...

  • Reutershá 2 meses

    Suzano tem alta de 81% no lucro do 1º tri

    SÃO PAULO (Reuters) - A Suzano Papel e Celulose informou nesta quinta-feira que teve lucro líquido de 813 milhões de reais no primeiro trimestre, uma alta de 80,6 por cento em relação ao resultado do mesmo período do ano anterior, impulsionada por sucessivos aumentos no preços da celulose, impacto cambial e alta nos preços de papel. A geração de caixa da companhia medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de 1,528 bilhão de reais, expansão de 80,4 por cento na comparação anual. ...

  • Ibovespa fecha em baixa com cenário externo desfavorável
    Reutershá 2 meses

    Ibovespa fecha em baixa com cenário externo desfavorável

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice de ações da B3 fechou em queda nesta quarta-feira, contaminado pelo menor apetite a risco no exterior e desconforto em relação ao cenário político, com resultados corporativos também atraindo as atenções dos investidores, entre eles o do Santander Brasil e da Fibria. O Ibovespa caiu 0,5 por cento, a 85.044 pontos. O volume financeiro do pregão somou 11,13 bilhões de reais. "O mercado ainda está digerindo a alta do Treasury para o patamar de 3 por cento", disse o gestor de uma corretora do Rio de Janeiro. ...

  • Reutershá 2 meses

    Demanda por celulose segue forte após Ano Novo chinês, diz Fibria

    SÃO PAULO (Reuters) - A demanda por celulose segue aquecida em todos os mercados e os estoques do insumo usado na produção de papel estão baixos, mas a Fibria vai esperar mais tempo antes de se decidir por anunciar novo aumento nos preços da matéria-prima, disse o presidente da companhia, Marcelo Castelli, nesta quarta-feira. "O mercado (de celulose) está muito apertado... A demanda continua muito positiva. Voltou inclusive na China após o Ano Novo chinês. Os estoques em todas as regiões estão baixos", disse Castelli em teleconferência com jornalistas. ...

  • Reutershá 2 meses

    Com balanços no radar, Bovespa recua com exterior e noticiário político

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O tom negativo prevalecia na bolsa brasileira nesta quarta-feira, ditado pelo cenário externo e o noticiário político local, enquanto a safra de balanços também chamava a atenção dos investidores, após a divulgação dos resultados do banco Santander Brasil, da fabricante de celulose Fibria e da Telefônica Brasil. Às 11:58, o Ibovespa caía 0,9 por cento, a 84.697 pontos. O volume financeiro somava 4,36 bilhões de reais. ...

  • Reutershá 2 meses

    Fibria tem lucro de R$615 mi no 1º trimestre, alta de 87% ante um ano antes

    SÃO PAULO (Reuters) - A Fibria teve lucro líquido de 615 milhões de reais no primeiro trimestre, alta de 87 por cento sobre o resultado obtido um ano antes, informou a maior produtora de celulose de eucalipto do mundo nesta quarta-feira. A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de 1,824 bilhão de reais nos três meses encerrados em março, salto ante os 644 milhões de reais apurados um antes. ...

  • Votorantim mira investimentos em infraestrutura e propriedades, diz presidente
    Reutershá 3 meses

    Votorantim mira investimentos em infraestrutura e propriedades, diz presidente

    Por Carolina Mandl SÃO PAULO (Reuters) - O grupo Votorantim, um dos maiores conglomerados industrias do país, está buscando diversificar seus investimentos para novas áreas, como infraestrutura e propriedades comerciais, disse nesta quarta-feira o presidente-executivo, João Miranda. Após a venda parcial da produtora de celulose Fibria à Suzano Papel e Celulose em março, o grupo Votorantim busca ativos menos voláteis para garantir um fluxo mais estável de dividendos para seu acionista controlador, a bilionária família Ermírio de Moraes. ...

  • Reutershá 3 meses

    Votorantim ampliará substancialmente capacidade de redução de dívida após acerto sobre Fibria, diz Moody's

    SÃO PAULO (Reuters) - O grupo Votorantim ampliará significativamente sua capacidade de redução de dívida quando concluir o acordo para a fusão da Suzano Papel e Celulose com a Fibria Celulose, afirmou a agência de classificação de risco Moody's, nesta segunda-feira. A agência estimou em comunicado à imprensa que a Votorantim SA tinha cerca de 10 bilhões de reais em caixa no final de 2017 e cerca de 24 bilhões de reais em dívida consolidada no mesmo período. ...

  • InfoMoneyhá 3 meses

    "Ação da Fibria virou um call de renda fixa", diz analista; veja por quê

    O mercado percebeu rapidamente essa perda de atratividade de Fibria e derrubou os papéis em 11% após o anúncio do negócio, enquanto os papéis de Suzano dispararam 27%

  • Reutershá 3 meses

    S&P eleva nota da Suzano de BB+ para BBB-, perspectiva estável

    (Reuters) - A agência de classificação de risco Standard & Poor's elevou nesta sexta-feira a nota de crédito da Suzano Papel e Celulose de BB+ para BBB-, reduzindo a perspectiva de positiva para estável. A revisão da nota ocorreu depois que a Suzano anunciou acordo com Votorantim e BNDES para promover uma fusão de suas operações com a rival maior Fibria. Mais cedo, a agência de classificação Fitch confirmou os ratings da Suzano e da Fibria em BBB- após o anúncio da fusão.

  • Suzano faz acordo e criará com Fibria maior produtora de celulose do mundo
    Reutershá 3 meses

    Suzano faz acordo e criará com Fibria maior produtora de celulose do mundo

    Por Alberto Alerigi Jr. SÃO PAULO (Reuters) - A Suzano concretizou nesta sexta-feira um antigo desejo de unir suas operações com a rival maior Fibria , anunciando um acordo que criará a maior produtora de celulose do mundo e que deve disparar novas consolidações em um mercado cujo maior comprador é a China. ...

  • Bovespa fecha estável em sessão com noticiário corporativo intenso; Suzano dispara 22%
    Reutershá 3 meses

    Bovespa fecha estável em sessão com noticiário corporativo intenso; Suzano dispara 22%

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice de ações da B3 fechou praticamente estável nesta sexta-feira, em sessão marcada por forte noticiário corporativo, com destaque para o anúncio da fusão entre a Suzano e a rival Fibria para criar a maior produtora mundial de celulose de mercado. O Ibovespa encerrou com variação negativa de 0,05 por cento, a 84.886 pontos. O volume financeiro somou 17,4 bilhões de reais, impulsionado pelas operações com os papéis de Suzano e Fibria, além de ajustes relacionados ao rebalanceamento do índice FTSE All World, que inclui ações brasileiras. ...

  • Reutershá 3 meses

    Estimativa de sinergias de até R$10 bi em fusão da Suzano e Fibria é conservadora, diz diretor

    SÃO PAULO (Reuters) - A estimativa de analistas de ganhos com sinergia na fusão da Suzano Papel e Celulose e a Fibria Celulose entre 8 bilhões e 10 bilhões de reais é conservadora, disse o diretor financeiro da Suzano, Marcelo Bacci nesta sexta-feira, sem apresentar um número. O executivo disse que a empresa resultado na união das duas concorrentes deverá ter foco na desalavancagem rápida, independentemente das sinergias. Além disso, a espera que a união gere 44 por cento de valor para as ações da empresa combinada. ...

  • Oferta da Suzano sobre Fibria era a única concreta, diz diretora do BNDES
    Reutershá 3 meses

    Oferta da Suzano sobre Fibria era a única concreta, diz diretora do BNDES

    Por Rodrigo Viga Gaier RIO DE JANEIRO (Reuters) - O BNDES decidiu aceitar a oferta da Suzano para união da empresa com a Fibria, pois era a única proposta concreta na mesa de negociação, afirmou nesta sexta-feira a diretora de mercado de capitais do banco de fomento, Eliane Lustosa, em entrevista à Reuters. ...

  • Única oferta concreta para Fibria era da Suzano, diz diretora do BNDES
    Reutershá 3 meses

    Única oferta concreta para Fibria era da Suzano, diz diretora do BNDES

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - O BNDES decidiu aceitar a oferta da Suzano para união da empresa com a Fibria , pois era a única proposta concreta na mesa de negociação, afirmou a diretora de mercado de capitais do banco de fomento, Eliane Lustosa, nesta sexta-feira em entrevista à Reuters. ...

  • Reutershá 3 meses

    Acionistas da Fibria receberão R$29,04 bi e 255 mi ações ordinárias da Suzano em fusão

    SÃO PAULO (Reuters) - Os acionistas da Fibria Celulose receberão um total de cerca de 29,04 bilhões de reais e 255 milhões de novas ações da Suzano Papel e Celulose no acordo de fusão entre as empresas, que criará a maior produtora mundial de celulose de mercado, informaram as companhias nesta sexta-feira. Os acionistas da Fibria receberão 52,5 reais por cada ação ordinária da Suzano em parcela única, mais 0,4611 ação ordinária de emissão da Suzano. Os detentores de American Depositary Receipts(ADRs) da Fibria receberão ADRs da Suzano na mesma proporção. ...

  • Reutershá 3 meses

    Fusão da Fibria e Suzano criará gigante mundial de celulose

    Por Tatiana Bautzer e Carolina Mandl SÃO PAULO (Reuters) - Os controladores da Fibria e da Suzano anunciaram nesta sexta-feira a criação da maior produtora de celulose do mundo, em uma operação que deixou de lado a holandesa Paper Excellence que havia feito uma oferta mais agressiva para ficar com a Fibria. ...