ESTC3.SA - Estácio Participações S.A.

Sao Paolo - Sao Paolo Preço Adiado. Moeda em BRL.
26,43
+1,82 (+7,40%)
No fechamento: 5:09PM BRT
O gráfico de ações não é compatível com seu navegador atual
Fechamento anterior24,61
Abrir25,09
Preço de Compra25,69 x 0
Preço de Venda26,65 x 0
Variação do Dia25,01 - 26,94
Variação de 52 semanas16,08 - 38,79
Volume5.228.600
Estimativa Volume4.232.547
Capitalização de Mercado8,178B
Beta1,05
Índice P/L (últ. 12 mes.)16,26
LPA (últ. 12 mes.)1,62
Data da Receita26 de jul de 2018
Dividendo futuro e rendimento0,33 (1,23%)
Data do Ex-Dividendo2018-04-19
Meta estimada de 1 ano37,08
  • Reutershá 3 dias

    Ibovespa sobe no final com expectativas sobre disputa presidencial; Vale recua

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa reverteu as perdas no ajuste de fechamento e encerrou em alta nesta quinta-feira, guiado pela melhora da ações de bancos e da Petrobras, em meio a expectativas relacionadas a potenciais coligações para a corrida presidencial. O principal índice de ações da B3 subiu 0,16 por cento, a 77.486,84 pontos, mudando nos últimos minutos o sinal registrado na maior parte do pregão. O volume financeiro na bolsa somou 10,2 bilhões de reais. ...

  • Bovespa tem leve queda após quatro dias de alta, de olho no exterior e noticiário corporativo
    Reutershá 4 dias

    Bovespa tem leve queda após quatro dias de alta, de olho no exterior e noticiário corporativo

    SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa brasileira tinha leve queda na manhã dessa quarta-feira, não mostrado força para permanecer no território positivo após quatro altas seguidas, em meio a um quadro misto no exterior, enquanto o noticiário corporativo destacava positivamente Eletrobras após suspensão de liminar que impedia leilão de distribuidoras e WEG, que divulgou alta no lucro. Às 11:24, o Ibovespa caía 0,46 por cento, a 77.769,81 pontos. O volume financeiro somava 2,68 bilhões de reais. Na véspera, o principal índice de ações da B3 fechou em alta de 1,93 por cento, a 78. ...

  • Reutershá 2 meses

    Instituições de ensino superior e básico suspendem aulas em meio à greve de caminhoneiros

    Por Gabriela Mello SÃO PAULO (Reuters) - Os efeitos da greve de caminhoneiros já vão além da crise de desabastecimento e começam a ser sentidos no setor de educação, com universidades e escolas em várias partes do país decidindo suspender as atividades diante da dificuldade de professores e alunos em comparecer às aulas. Motoristas autônomos iniciaram na segunda-feira passada um protesto nacional contra tributos que elevam o custo do diesel, bloqueando estradas e rodovias do país, um movimento que se refletiu no abastecimento de itens alimentícios e combustíveis. ...

  • Ibovespa recua 3% e tem maior queda em um ano com forte correção disparada por Copom
    Reutershá 2 meses

    Ibovespa recua 3% e tem maior queda em um ano com forte correção disparada por Copom

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa brasileira fechou em forte queda nesta quinta-feira, conforme a manutenção da taxa básica de juros do país, contrariando expectativas de corte, pressionou ações de consumo e abriu espaço para um ajuste negativo amplo no pregão, endossada pelo viés pessimista em outros mercados emergentes. O Ibovespa caiu 3,37 por cento, a 83.622 pontos, maior queda desde maio do ano passado. O volume financeiro da sessão somou 17,278 bilhões de reais, bem acima da média diária do mês, de 12,6 bilhões de reais. ...

  • Ibovespa fecha em alta seguindo bolsas no exterior e com alta de blue chips
    Reutershá 2 meses

    Ibovespa fecha em alta seguindo bolsas no exterior e com alta de blue chips

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa brasileira fechou em alta nesta quarta-feira, com o Ibovespa acima dos 86 mil pontos, seguindo o viés positivo de praças acionárias no exterior, com as ações de Vale e Petrobras entre as maiores contribuições positivas. O principal índice do mercado acionário doméstico encerrou o pregão com elevação de 1,65 por cento, a 86.536 pontos, maior patamar desde meados de março. O volume financeiro do pregão somou 11,9 bilhões de reais. A sessão na bolsa também foi marcada pelo vencimento mensal dos contratos de opções sobre o Ibovespa. ...

  • Índice fecha quase estável ajudado por Vale e Petrobras; bancos pesam
    Reutershá 2 meses

    Índice fecha quase estável ajudado por Vale e Petrobras; bancos pesam

    SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice de ações da B3 fechou quase estável nesta segunda-feira, com o avanço das ações da Vale e da Petrobras, além de outras exportadoras, compensando o efeito da queda das ações de bancos e o enfraquecimento nos pregões em Nova York. O Ibovespa fechou com variação positiva de 0,01 por cento, a 85.232 pontos, após oscilar entre a mínima de 84.687 pontos e a máxima de 86.105 pontos. Apesar do movimento, apenas 21 ações fecharam no azul, de um total de 67 papéis que compõem o Ibovespa. O volume financeiro no pregão totalizou 12,29 bilhões de reais. ...

  • Índice reverte ganhos e recua com fraqueza em NY e alta do dólar; Petrobras limita perdas
    Reutershá 2 meses

    Índice reverte ganhos e recua com fraqueza em NY e alta do dólar; Petrobras limita perdas

    SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista passou a operar no vermelho nesta segunda-feira, conforme Wall Street tocou as mínimas da sessão e o dólar firmou-se em alta ante o real, embora o avanço das ações da Petrobras e de outras exportadoras limitasse a pressão vendedora sobre o principal índice de ações da B3. Às 15:14, o Ibovespa caía 0,34 por cento, a 84.933 pontos. Mais cedo, na máxima, o índice subiu 1 por cento. O volume financeiro no pregão somava 8,5 bilhões de reais. ...

  • Reutershá 2 meses

    Ibovespa fecha em queda com balanços, Kroton desaba e Natura salta

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice de ações da B3 fechou em queda nesta sexta-feira, em sessão marcada por uma bateria de resultados corporativos, com as ações da Kroton desabando mais de 15 por cento após balanço trimestral e previsão de resultado consolidado mais fraco este ano em relação a 2017. O Ibovespa caiu 0,75 por cento, a 85.220 pontos. O volume financeiro do pregão somou 13 bilhões de reais. Na semana, contudo, o índice de referência do mercado acionário brasileiro avançou 2,53 por cento. No mês, o Ibovespa segue no negativo, com perda de 1,04 por cento. ...

  • Reutershá 2 meses

    Kroton espera queda em competição no 2º semestre; ação cai quase 10%

    SÃO PAULO (Reuters) - O presidente da Kroton, Rodrigo Galindo, afirmou nesta sexta-feira que espera uma redução no nível de intensidade da competição no segundo semestre no setor de educação superior privada no país. A empresa conseguiu reduzir taxas de evasão de alunos no primeiro trimestre sobre o mesmo período do ano passado e Galindo afirmou durante teleconferência com analistas da Kroton que a empresa ainda não implementou todos os projetos de retenção de estudantes previstos em seu plano de crescimento. ...

  • Reutershá 3 meses

    Índice perde fôlego e recua em sessão com liquidez fraca antes de feriado

    SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice de ações da B3 perdeu o fôlego e tocou mínimas da sessão nesta segunda-feira, em sessão esvaziada na véspera de feriado no Brasil, com o recuo de BRF e Embraer entre as maiores pressões negativas. Às 12:20, o índice de referência do mercado acionário brasileiro caía 0,2 por cento, a 86.274 pontos. Na mínima, chegou a cair 0,27 por cento, a 86.209 pontos. Na máxima, subiu 0,34 por cento, a 86.739 pontos. O volume financeiro era de 1,77 bilhão de reais. ...

  • Reutershá 3 meses

    Ibovespa fecha em leve alta em dia de intenso noticiário corporativo

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice de ações da B3 fechou com leve alta nesta sexta-feira, com o noticiário corporativo ocupando as atenções, em meio à ausência de uma tendência firme no exterior e sem novidades relevantes na cena política. O Ibovespa encerrou com variação positiva de 0,07 por cento, a 86.444 pontos, após oscilar da máxima de 87.178 pontos à mínima de 86.262 pontos. O volume financeiro da sessão somou 9,974 bilhões de reais. Na semana, o índice de referência do mercado acionário brasileiro acumulou elevação de 1,05 por cento. ...

  • Reutershá 3 meses

    Captações da Kroton crescem 3,4% no 1º tri, mas base de alunos cai com menos rematrículas

    Por Gabriela Mello SÃO PAULO (Reuters) - A Kroton Educacional captou 322.776 novos alunos no primeiro trimestre, um número 3,4 por cento maior em relação ao mesmo período do ano passado, informou nesta manhã maior grupo de ensino superior do país em comunicado. Apesar disso, a base total de alunos da companhia encolheu 1,6 por cento na mesma comparação, para 957.914 estudantes, refletindo uma queda de 4 por cento das rematrículas com o maior número de formaturas no período advindas de fortes captações em 2013 e 2014. ...

  • Cena externa ajuda e Ibovespa fecha em alta em dia cheio de balanços
    Reutershá 3 meses

    Cena externa ajuda e Ibovespa fecha em alta em dia cheio de balanços

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice de ações da B3 avançou nesta quinta-feira, tendo como pano de fundo um quadro mais positivo no exterior, com agentes financeiros também analisando uma bateria de resultados corporativos, incluindo os balanços da Vale e do Bradesco. O Ibovespa subiu 1,57 por cento, a 86.383 pontos. O volume financeiro somava 10,3 bilhões de reais. ...

  • Reutershá 3 meses

    Cena externa endossa ganhos da Bovespa em sessão repleta de balanços

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice de ações da B3 avançava nesta quinta-feira, tendo como pano de fundo um quadro mais positivo no exterior, com agentes financeiros também analisando uma bateria de resultados corporativos, incluindo os balanços da Vale e do Bradesco. Às 12:10, o Ibovespa subia 1,15 por cento, a 86.022 pontos. O volume financeiro somava 3,3 bilhões de reais. ...

  • Fies impactou fortemente captação de novos alunos pela Estácio, diz presidente
    Reutershá 3 meses

    Fies impactou fortemente captação de novos alunos pela Estácio, diz presidente

    SÃO PAULO (Reuters) - O processo de captações da Estácio Participações para o primeiro semestre foi difícil e impactado fortemente pelas mudanças nas regras do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), disse nesta quinta-feira o presidente-executivo do segundo maior grupo de ensino superior do país, Pedro Thompson. "A captação foi duríssima, acredito que não só para a Estácio, mas para o setor como um todo", afirmou ele em teleconferência com analistas sobre os resultados do primeiro trimestre. ...

  • Lucro da Estácio sobe 62% para R$197,4 mi no 1º trimestre
    Reutershá 3 meses

    Lucro da Estácio sobe 62% para R$197,4 mi no 1º trimestre

    SÃO PAULO (Reuters) - O grupo de educação Estácio Participações teve lucro líquido de 197,4 milhões de reais no primeiro trimestre, alta de 62 por cento ante mesmo período de 2017, em meio a um avanço da receita operacional e queda nos custos dos serviços prestados. O resultado operacional medido pelo lucro ante de juros, impostos, depreciação e amortização somou 330,1 milhões de reais, alta de 53,7 por cento. A margem Ebitda avançou 9,1 pontos percentuais, para 35,3 por cento. A receita líquida operacional subiu 14,2 por cento na comparação anual, para 935,7 milhões de reais. ...

  • Reutershá 3 meses

    Ibovespa fecha em leve baixa com exterior ofuscando noticiário corporativo

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice de ações da B3 fechou em leve baixa nesta terça-feira, após sessão sem viés definido, com o cenário externo negativo prevalecendo sobre o noticiário corporativo doméstico benigno, que teve entre os destaques a Cosan após anúncio de compra de ativos da Shell na Argentina. O Ibovespa recuou 0,16 por cento, a 85.469 pontos, tendo tocado 86.577 pontos no melhor momento e 85.105 pontos na mínima da sessão. O volume financeiro do pregão somou 9,53 bilhões de reais. ...

  • Ibovespa avança ajudado por noticiário corporativo, mas reduz fôlego com piora externa
    Reutershá 3 meses

    Ibovespa avança ajudado por noticiário corporativo, mas reduz fôlego com piora externa

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice de ações da B3 seguia em alta nesta terça-feira, ajudado por notícias corporativas favoráveis, com destaque para Cosan e Santander Brasil, mas reduziu o fôlego em meio a uma piora no exterior, onde o rendimento dos títulos de 10 anos do Tesouro norte-americano voltou trazer desconforto. Às 12:34, o Ibovespa subia 0,55 por cento, a 86.074 pontos, tendo tocado 86.577 pontos no melhor momento. O volume financeiro do pregão somava 3,524 bilhões de reais. ...

  • InfoMoneyhá 4 meses

    JP Morgan corta preço de ação em 35% após desempenho "decepcionante"

     A ação acumula perdas de 30,23% apenas no mês de março

  • Ibovespa fecha em baixa pressionado por Wall Street
    Reutershá 4 meses

    Ibovespa fecha em baixa pressionado por Wall Street

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice de ações da B3 fechou em queda nesta sexta-feira, após sessão volátil, com fortes perdas em Wall Street novamente minando o pregão local, conforme persistem os temores de guerra comercial entre as principais economias do mundo. O Ibovespa encerrou em baixa de 0,46 por cento, a 84.377 pontos. O volume financeiro somou 10,2 bilhões de reais. Na semana, o índice contabilizou um decréscimo de 0,6 por cento. ...

  • Bovespa opera sem viés firme após BC cortar juros e com cautela por exterior e STF
    Reutershá 4 meses

    Bovespa opera sem viés firme após BC cortar juros e com cautela por exterior e STF

    SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista operava sem viés claro nesta quinta-feira, com o cenário externo mais negativo tirando força do tom positivo doméstico após o Banco Central reduzir os juros do país para uma mínima histórica e sinalizar mais um corte. Às 11:13, o Ibovespa caía 0,14 por cento, a 84.860 pontos. O giro financeiro era de 1,6 bilhão de reais. ...

  • Ibovespa avança após decisão do Fed e puxado por Petrobras e Vale
    Reutershá 4 meses

    Ibovespa avança após decisão do Fed e puxado por Petrobras e Vale

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice de ações da B3 fechou em alta de quase 1 por cento nesta quarta-feira, após o banco central norte-americano manter a expectativa de gradualismo na elevação dos juros, com as ações de Petrobras e Vale entre os destaques positivos. O Ibovespa subiu 0,97 por cento, a 84.976 pontos. O volume financeiro do pregão somou 11 bilhões de reais. ...

  • Ibovespa firma-se no azul com Petrobras e Vale antes do Fed
    Reutershá 4 meses

    Ibovespa firma-se no azul com Petrobras e Vale antes do Fed

    SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice de ações da B3 buscava se firmar no azul nesta quarta-feira, apoiado em Petrobras e Vale, enquanto investidores seguem à espera das sinalizações do banco central dos Estados Unidos nesta tarde, após a reunião que decidirá sobre os juros naquele país. Às 12:25, o Ibovespa subia 0,55 por cento, a 84.629 pontos. O volume financeiro somava 3,36 bilhões de reais. A expectativa do mercado é de que o Federal Reserve elevará a taxa de juros em sua primeira reunião de política monetária sob o comando do novo chairman, Jerome Powell. ...

  • Bovespa oscila sem viés definido à espera de comunicado do Fed
    Reutershá 4 meses

    Bovespa oscila sem viés definido à espera de comunicado do Fed

    SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa brasileira mostrava alguma indefinição na manhã desta quarta-feira, com investidores cautelosos à espera de sinalizações do banco central dos Estados Unidos nesta tarde, após a reunião que decidirá sobre o rumo dos juros naquele país. Às 11:10, o Ibovespa subia 0,29 por cento, a 84.406 pontos. O volume financeiro somava 1,24 bilhão de reais. A expectativa do mercado é de que o Federal Reserve elevará a taxa de juros em sua primeira reunião de política monetária sob o comando do novo chairman, Jerome Powell. ...

  • Reutershá 4 meses

    Conselho da Estácio elege Gustavo Ciocca Zeno para diretor financeiro

    SÃO PAULO (Reuters) - O conselho de administração do grupo de ensino superior privado Estácio elegeu o economista Gustavo Ciocca Zeno para diretor financeiro e de relações com investidores no lugar de Leonardo de Andrade. Zeno "possui 20 anos de experiência e trabalhou em diversas empresas como Mills, GRU Airport, Invepar, Banco Santander e Accenture", afirmou a Estácio em comunicado ao mercado. (Por Alberto Alerigi Jr.)