ELET6.SA - Centrais Elétricas Brasileiras S.A. - Eletrobras

Sao Paolo - Sao Paolo Preço Adiado. Moeda em BRL.
18,81
+0,66 (+3,64%)
No fechamento: 5:15PM BRT
O gráfico de ações não é compatível com seu navegador atual
Fechamento anterior18,15
Abrir18,35
Preço de Compra18,70 x 0
Preço de Venda18,88 x 0
Variação do Dia18,18 - 18,90
Variação de 52 semanas13,31 - 30,07
Volume1.984.600
Estimativa Volume1.920.680
Capitalização de Mercado22,175B
Beta1,44
Índice P/L (últ. 12 mes.)N/A
LPA (últ. 12 mes.)-0,48
Data da Receita12 de nov de 2018
Dividendo futuro e rendimentoN/A (N/A)
Data do Ex-Dividendo2017-05-02
Meta estimada de 1 ano39,48
  • Venezuela garantiu que não cortará envio de energia a Roraima, diz governadora
    Reutersontem

    Venezuela garantiu que não cortará envio de energia a Roraima, diz governadora

    (Reuters) - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, garantiu que a Venezuela não cortará o envio de energia elétrica para Roraima, que depende em parte de importações do país vizinho para atender à demanda, disse em nota nesta sexta-feira a governadora do Estado, Suely Campos. ...

  • InfoMoneyontem

    Petrobras sobe com novo pagamento de subsídio, Sabesp avança por contrato bilionário e mais destaques

    Confira essa e outras notícias nos destaques corporativos

  • Reutersanteontem

    3G Radar eleva para 15% fatia nas ações preferenciais da Eletrobras

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Eletrobras relatou ao mercado nesta quinta-feira que a 3G Radar Gestora de Recursos, representando seis acionistas, informou ter aumentado sua participação na elétrica para 15,01 por cento do total de ações preferenciais classe B, na véspera, ante 10,30 por cento anteriormente. Dessa forma, a 3G Radar, representando os acionistas 3G Radar Master FIA, Normandie Master FIA, Xingó FIA, Maliko Investments LLC, Helona Intestiments LLC e Manuka Investiments LLC, passaram a deter 39.852.200 do total dessas ações emitidas pela Eletrobras. ...

  • Reutersanteontem

    Eletrobras fará leilão de distribuidora no Amazonas em 25/10; vê contrato assinado em 2019

    SÃO PAULO (Reuters) - O leilão de privatização da distribuidora de energia da Eletrobras no Amazonas foi adiado para 25 de outubro, ante previsão anterior para 26 de setembro, o que deve empurrar a assinatura do contrato de venda da empresa para 2019 mesmo em caso de sucesso na licitação, informou a estatal nesta quinta-feira em comunicado ao mercado. ...

  • Leilão de distribuidora da Eletrobras no Amazonas é adiado para 25 de outubro
    Reutersanteontem

    Leilão de distribuidora da Eletrobras no Amazonas é adiado para 25 de outubro

    SÃO PAULO (Reuters) - O leilão de privatização da distribuidora de energia da Eletrobras no Amazonas foi adiado para o dia 25 de outubro pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), anunciou a estatal nesta quinta-feira em comunicado ao mercado. O leilão estava marcado para o dia 26 de setembro, mas, conforme disse uma fonte à Reuters na semana passada, teve que ser adiado porque não haveria tempo hábil para aprovação no Senado de um projeto de lei que reduz incertezas em torno da distribuidora do Norte do país. ...

  • Governo inicia conversas sobre futuro da usina de Itaipu; tratado vence em 2023
    Reutershá 3 dias

    Governo inicia conversas sobre futuro da usina de Itaipu; tratado vence em 2023

    Por Luciano Costa BRASÍLIA (Reuters) - O governo brasileiro começou a se preparar para discutir junto ao Paraguai o futuro da hidrelétrica binacional de Itaipu, maior usina do mundo em geração de energia, tendo em vista o vencimento em 2023 de um tratado assinado entre os países para viabilizar o empreendimento, informou nesta quarta-feira o Ministério de Minas e Energia. ...

  • Eletrobras espera ofertas por todos ativos à venda em leilão neste mês, diz CEO
    Reutershá 3 dias

    Eletrobras espera ofertas por todos ativos à venda em leilão neste mês, diz CEO

    Por Luciano Costa BRASÍLIA (Reuters) - A Eletrobras está otimista com um leilão agendado para 27 de setembro, no qual oferecerá a investidores participações em parques eólicos e linhas de transmissão de energia em operação, e a expectativa é de ofertas por todos os 18 lotes de ativos colocados à venda, disse nesta quarta-feira o presidente da estatal, Wilson Ferreira Jr. ...

  • InfoMoneyhá 3 dias

    Os 5 assuntos que vão agitar os mercados nesta quarta-feira

    Decisão do Copom, guerra comercial e eleições estão no radar dos investidores

  • Governo prevê decisões sobre Angra 3 e leilão de térmicas em 30 dias, diz fonte
    Reutershá 4 dias

    Governo prevê decisões sobre Angra 3 e leilão de térmicas em 30 dias, diz fonte

    Por Luciano Costa BRASÍLIA (Reuters) - O governo federal espera ter decisões nos próximos 30 dias sobre um modelo para viabilizar a retomada das obras da usina nuclear de Angra 3 e sobre a realização de um leilão para contratar novas termelétricas na região Nordeste, disse à Reuters uma fonte próxima das discussões. ...

  • Reutershá 4 dias

    Eletrosul e Shanghai recebem ultimato da Aneel para parceria em projeto bilionário

    Por Luciano Costa BRASÍLIA (Reuters) - A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deu um ultimato à Eletrosul, da estatal Eletrobras, e à chinesa Shanghai Electric, para que um contrato entre as empresas seja assinado até sexta-feira. As duas companhias negociam há mais de um ano uma parceria em projetos de transmissão que devem demandar cerca de 4 bilhões de reais. Um pré-acordo entre as empresas já foi aprovado pela agência para que a Shanghai assuma o controle dos projetos no Rio Grande do Sul que a Eletrosul não conseguiu levar adiante por falta de recursos. ...

  • Aneel aprova reajuste de 6,68% em tarifas da Eletrobras no Alagoas
    Reutershá 4 dias

    Aneel aprova reajuste de 6,68% em tarifas da Eletrobras no Alagoas

    BRASÍLIA (Reuters) - A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou em reunião nesta terça-feira uma elevação de em média 6,68 por cento nas tarifas da Ceal, distribuidora de energia da Eletrobras no Alagoas, em um processo de reajuste tarifário anual da companhia. As novas tarifas da elétrica entram em vigor a partir de 28 de setembro. (Por Luciano Costa)

  • Eletrosul e Shanghai têm até dia 21 para formalizar parceria em transmissão, diz Aneel
    Reutershá 4 dias

    Eletrosul e Shanghai têm até dia 21 para formalizar parceria em transmissão, diz Aneel

    BRASÍLIA (Reuters) - A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deu um ultimato à Eletrosul, da estatal Eletrobras, e à chinesa Shanghai Electric, para que um contrato entre as empresas seja assinado até sexta-feira. As duas companhias negociam há mais de um ano uma parceria em projetos de transmissão que devem demandar cerca de 4 bilhões de reais. Um pré-acordo entre as empresas já foi aprovado pela agência para que a Shanghai assuma o controle dos projetos no Rio Grande do Sul que a Eletrosul não conseguiu levar adiante por falta de recursos. ...

  • Congresso abordará temas polêmicos após primeiro turno das eleições
    Reutershá 8 dias

    Congresso abordará temas polêmicos após primeiro turno das eleições

    Por Maria Carolina Marcello e Marcela Ayres BRASÍLIA (Reuters) - Passado o período crítico das eleições para o Legislativo, o Congresso volta a se reunir em outubro com uma pauta recheada de matérias de peso, seja por seu impacto fiscal, seja pela necessidade do governo em vê-las aprovadas. A pauta de sessão do Senado agendada para o dia 9 de outubro, logo após os primeiro turno das eleições gerais, lista dois itens que se encaixam nesse perfil: medida provisória que amplia a renegociação de dívidas rurais e projeto que trata da privatização das distribuidoras da Eletrobras. ...

  • InfoMoneyhá 8 dias

    Acionistas de Fibria e Suzano aprovam fusão; Petrobras avança com venda de ativos e mais notícias

    Confira os destaques corporativos desta sexta-feira

  • Eletrobras vê queda de liminar que impede venda da Ceal após eleições
    Reutershá 9 dias

    Eletrobras vê queda de liminar que impede venda da Ceal após eleições

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Eletrobras poderá conseguir, após as eleições, aval da Justiça para a venda da distribuidora Ceal, do Alagoas, cuja negociação está travada por uma decisão liminar do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou o diretor de Regulação e Projetos Especiais da estatal, Claudio Nilo, nesta quinta-feira. A decisão de Lewandowski ocorreu após uma ação movida pelo governo alagoano. Nilo não entrou em detalhes sobre o motivo que o leva a crer que a questão poderá ser solucionada. ...

  • Reutershá 9 dias

    EDP sugere à Aneel mecanismo para reduzir impacto de risco hidrológico em tarifas

    Por Marta Nogueira RIO DE JANEIRO (Reuters) - A elétrica EDP Brasil, do grupo português EDP, apresentou a autoridades uma proposta para reduzir impactos tarifários do chamado "risco hidrológico", que aumenta custos para consumidores quando usinas hidrelétricas geram abaixo do previsto, o que tem se repetido no país nos últimos anos. ...

  • EDP Brasil não participará de leilão de fatias da Eletrobras em SPEs, diz CEO
    Reutershá 9 dias

    EDP Brasil não participará de leilão de fatias da Eletrobras em SPEs, diz CEO

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - A elétrica EDP Brasil não participará do leilão de participações da Eletrobras em sociedades de propósito específico (SPEs), previsto para o dia 27 deste mês, afirmou nesta quinta-feira o presidente da companhia Miguel Setas. No certame, a estatal quer vender fatias em parques eólicos e linhas de transmissão. "Deste leilão, não vamos participar", disse a jornalistas, ao participar da 3ª edição do Encontro dos Altos Executivos do Setor Elétrico (Enaltesse) no Rio. ...

  • Bovespa mostra indefinição com incertezas eleitorais
    Reutershá 9 dias

    Bovespa mostra indefinição com incertezas eleitorais

    SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista não mostrava um viés definido nesta quinta-feira, conforme cenário eleitoral no país continua centralizando as atenções e adicionando incertezas, enquanto o noticiário externo traz decisões de juros, negociações comerciais entre EUA e China e dados norte-americanos sobre inflação ao consumidor. Às 11:33, o Ibovespa caía 0,54 por cento, a 74.722,28 pontos. O volume financeiro somava 2,4 bilhões de reais. ...

  • Reutershá 9 dias

    Risco hidrológico impacta setor elétrico em R$100 bi nos últimos anos, diz EDP

    Por Marta Nogueira RIO DE JANEIRO (Reuters) - Uma redução na produção de energia das hidrelétricas brasileiras nos últimos anos já gerou impactos de 100 bilhões de reais para empresas do setor e consumidores, estimou nesta quinta-feira o presidente da elétrica EDP Brasil, Miguel Setas. Os custos estão associados ao chamado "risco hidrológico", conforme a regulação prevê que as usinas hídricas precisam comprar energia no mercado para compensar a menor produção, associada a questões como o baixo nível dos reservatórios. ...

  • Bovespa fecha em alta em movimento de ajuste; cena política mantém volatilidade
    Reutershá 10 dias

    Bovespa fecha em alta em movimento de ajuste; cena política mantém volatilidade

    Por Flavia Bohone SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice acionário da B3 fechou em alta nesta quarta-feira, em movimento de ajuste após as perdas da véspera, enquanto a corrida eleitoral seguiu ditando volatilidade aos negócios, em sessão marcada ainda por vencimento de opções sobre o índice. O Ibovespa fechou em alta de 0,63 por cento, a 75.124,81 pontos. O giro financeiro somou 11,3 bilhões de reais. Apesar ter fechado em alta, o pregão não teve uma tendência única, com o índice oscilando entre queda de 0,21 por cento na mínima da sessão e alta de 1,37 por cento na máxima. ...

  • Privatizações e aquisições em distribuição de energia puxam demanda por cabos, diz Prysmian
    Reutershá 10 dias

    Privatizações e aquisições em distribuição de energia puxam demanda por cabos, diz Prysmian

    Por Luciano Costa SÃO PAULO (Reuters) - A privatização de distribuidoras de energia da Eletrobras e aquisições no setor, como a compra da Eletropaulo pela italiana Enel, devem impulsionar a demanda por cabos elétricos nos próximos anos, disse à Reuters um executivo da Prysmian Group, que produz fios e cabos. Segundo João Carro, diretor de Operações no Brasil da Prysmian, empresa líder segmento no mundo, também são esperadas boas encomendas de investidores em linhas de transmissão, segmento que tem registrado grandes investimentos nos últimos anos. ...

  • Ibovespa perde fôlego com eleições adicionando volatilidade
    Reutershá 10 dias

    Ibovespa perde fôlego com eleições adicionando volatilidade

    SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista perdia o fôlego nesta quarta-feira, após o Ibovespa subir quase 1 por cento no começo do pregão, conforme a disputa presidencial continua adicionando volatilidade aos negócios. Às 11:54, o principal índice de ações da B3 caía 0,01 por cento, a 74.652,74 pontos. Na máxima, mais cedo, subiu 0,99 por cento, a 75.399,16 pontos. O volume financeiro somava 2,83 bilhões de reais em sessão também marcada pelo vencimento das opções sobre o índice. ...

  • InfoMoneyhá 10 dias

    Cessão onerosa fica para 2019, Minerva propõe aumento de capital bilionário e Banco Inter é rebaixado

    Confira esses e outros destaques corporativos desta quarta-feira (12)

  • Roraima pede apoio em Brasília após Venezuela ameaçar cortar energia, mas não vê risco
    Reutershá 11 dias

    Roraima pede apoio em Brasília após Venezuela ameaçar cortar energia, mas não vê risco

    BRASÍLIA/SÃO PAULO (Reuters) - A governadora de Roraima, Suely Campos (PP), foi a Brasília nesta terça-feira para cobrar uma posição do governo federal após ameaças da Venezuela de cortar o fornecimento de energia ao Estado, que é abastecido com importações de eletricidade do país vizinho cujo pagamento ficou pendente. Após reunião com o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco (MDB-RJ), no entanto, a governadora descartou riscos de um desabastecimento no Estado e disse que recebeu garantias de que o governo está comprometido em resolver a questão. ...

  • Reutershá 11 dias

    Venda de Belo Monte não deve acontecer no curto prazo, diz Petros

    Por Carolina Mandl FLORIANÓPOLIS (Reuters) - Os acionistas da hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, não devem vender suas participações no empreendimento no curto prazo, disse um diretor do fundo de pensão Petros nesta terça-feira, durante evento em Florianópolis (SC). A enorme usina, no rio Xingu, tem investimentos estimados em mais de 35 bilhões de reais, mas o diretor de investimentos da Petros, Daniel Lima, disse que ela não deverá exigir novos aportes dos sócios até a conclusão das obras e em breve irá gerar um fluxo de caixa estável, pagando dividendos aos acionistas. ...