CPFE3.SA - CPFL Energia S.A.

Sao Paolo - Sao Paolo Preço Adiado. Moeda em BRL.
26,49
-0,18 (-0,67%)
No fechamento: 6:07PM BRST
O gráfico de ações não é compatível com seu navegador atual
Fechamento anterior26,67
Abrir0,00
Preço de Compra26,00 x 0
Preço de Venda26,97 x 0
Variação do Dia0,00 - 0,00
Variação de 52 semanas
Volume0
Estimativa Volume366.555
Capitalização de Mercado26,964B
Beta (3A, mensalmente)0,54
Índice P/L (últ. 12 mes.)14,20
LPA (últ. 12 mes.)1,87
Data da Receita21 de mar de 2018 - 26 de mar de 2018
Dividendo futuro e rendimento0,28 (1,03%)
Data do Ex-Dividendo2018-04-30
Meta estimada de 1 ano32,00
  • Eletrobras pode ter mais duas subsidiárias vetadas em leilões de energia
    Reutershá 5 dias

    Eletrobras pode ter mais duas subsidiárias vetadas em leilões de energia

    Por Luciano Costa SÃO PAULO (Reuters) - Mais duas subsidiárias da Eletrobras poderão ter a participação vetada em leilões para novos projetos de energia se a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) punir a estatal devido a atrasos na entrega de obras nos últimos anos. Segundo informações no site do órgão regulador, foram abertos processos para avaliar a aplicação da penalidade à Eletrosul e à Chesf, empresas do grupo Eletrobras com atuação focada nas regiões Sul e Nordeste, respectivamente. ...

  • Reutershá 14 dias

    Leilão de oferta pública de ações da CPFL Renováveis movimenta R$4,1 bi

    SÃO PAULO (Reuters) - O leilão da oferta pública para aquisição de ações (OPA) da CPFL Renováveis foi efetuado "com sucesso" e movimentou 4,1 bilhões de reais na véspera, com a chinesa State Grid adquirindo quase 244 milhões de ações ordinárias da companhia, afirmou a empresa de geração de energia em fato relevante na segunda-feira. Conforme a CPFL Renováveis, as ações foram adquiridas por um preço unitário de 16,85 reais. ...

  • InfoMoneymês passado

    Lucro da Natura salta 118%, prejuízo da Cyrela cresce 17 vezes e mais resultados

    Qualicorp, Aliansce, Tenda, Rumo e Tegma também divulgaram seus balanços 

  • Reutershá 2 meses

    CORREÇÃO-ENFOQUE-Retórica anti-China de Bolsonaro causa apreensão sobre Brasil em Pequim

    (Corrige informação de que China Three Gorges pagou "13,8 bilhões de reais", e não "4,8 bilhões de reais", no 29º parágrafo) Por Jake Spring BRASÍLIA (Reuters) - O governo da China está tentando fazer as pazes com o candidato presidencial que lidera as pesquisas no Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), cuja retórica anti-China ameaça esfriar um relacionamento comercial lucrativo que vem beneficiando os dois países. Diplomatas chineses em Brasília se encontraram duas vezes com alguns dos principais assessores de Bolsonaro nas últimas semanas, segundo participantes das reuniões. ...

  • Folhapresshá 2 meses

    Mexicana Siete Leguas assina acordo para compra da Santista, do setor têxtil

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Mover Participações, (novo nome da holding Camargo Corrêa S.A.), assinou acordo para vender a tradicional indústria têxtil Santista, da qual é acionista desde 1994,  para o grupo mexicano Siete Leguas.O valor do negócio não foi confirmado.Em nota, a holding diz que a negociação ainda depende de determinadas condições precedentes usuais para estes tipos de transações.As operações em negociação incluem os negócios de fabricação de tecidos denim, brins e workwear no Brasil e Argentina, contando com 3 plantas industriais e mais de 3.000 funcionários. ...

  • Bolsonaro fala a TV sobre limitar privatização em energia e na Petrobras, teme avanço da China
    Reutershá 2 meses

    Bolsonaro fala a TV sobre limitar privatização em energia e na Petrobras, teme avanço da China

    SÃO PAULO (Reuters) - O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, disse ser contrário à privatização de ativos na área de geração de energia elétrica, assim como gostaria de manter estatal o "miolo" da Petrobras, em declarações que causaram uma queda acentuada especialmente das ações da elétrica Eletrobras. Em entrevista à Band TV na noite de terça-feira, Bolsonaro ainda mostrou-se preocupado com vendas de ativos de energia elétrica para empresas da China, que têm realizado aquisições de diversas companhias privadas, como a CPFL Energia, hoje controlada pela State Grid. ...

  • Reutershá 2 meses

    CVM nega recurso da State Grid para evitar oferta maior a minoritário da CPFL Renováveis

    SÃO PAULO (Reuters) - O Colegiado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) negou recurso interposto pela chinesa State Grid que visava evitar um aumento no preço de sua oferta pública de aquisição de ações de minoritários na CPFL Renováveis para 14,60 reais por papel, segundo fato relevante publicado pela elétrica brasileira. A oferta aos minoritários foi obrigatória depois de a State Grid, maior elétrica do mundo, ter comprado a CPFL Energia, controladora da CPFL Renováveis. Mas acionistas questionaram os valores oferecidos. ...

  • Folhapresshá 2 meses

    Pedro Parente define seu sucessor para a presidência-executiva da BRF

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Pedro Parente, que acumula os cargos de presidente do conselho e presidente-executivo da BRF, dona das marcas Sadia e Perdigão, prepara sua sucessão no comando do dia a dia da empresa.Em evento para investidores, ele disse que o vice-presidente-executivo global da companhia, Lorival Luz, deve assumir a presidência-executiva da BRF no ano que vem. ...

  • State Grid deve fazer nova oferta por ações da CPFL em 2019, diz Itaú BBA
    Reutershá 2 meses

    State Grid deve fazer nova oferta por ações da CPFL em 2019, diz Itaú BBA

    SÃO PAULO (Reuters) - A chinesa State Grid, maior elétrica do mundo, deverá realizar no primeiro semestre de 2019 uma nova oferta pública pela aquisição de ações de minoritários em sua controlada CPFL Energia, apontaram analistas do banco de investimento Itaú BBA em relatório nesta quarta-feira. O negócio, afirmam, seria guiado por regras do segmento Novo Mercado da bolsa paulista B3, onde a CPFL está listada, que exigem das empresas um nível mínimo de 25 por cento das ações em circulação, contra apenas 5,25 por cento das ações da CPFL no mercado atualmente. ...

  • CPFL Energia vai avaliar ativos que CEEE colocará à venda em leilão
    Reutershá 2 meses

    CPFL Energia vai avaliar ativos que CEEE colocará à venda em leilão

    SÃO PAULO (Reuters) - A CPFL Energia, controlada pela chinesa State Grid, vai avaliar ativos que deverão ser colocados à venda brevemente pela estatal gaúcha CEEE, disse a jornalistas nesta quarta-feira o presidente da empresa, André Dorf. A CEEE comunicou na véspera que prepara um leilão para negociar participações minoritárias em empreendimentos de geração e transmissão de energia, avaliadas em quase 1 bilhão de reais. "Vamos avaliar seriamente", disse Dorf, ao ser questionado sobre eventual interesse na aquisição dos ativos. ...

  • Estatal gaúcha de energia CEEE prepara leilão de quase R$1 bi em ativos
    Reutershá 2 meses

    Estatal gaúcha de energia CEEE prepara leilão de quase R$1 bi em ativos

    SÃO PAULO (Reuters) - A elétrica estatal gaúcha CEEE está preparando um leilão para a venda de participações em ativos de geração e transmissão avaliados em quase 1 bilhão de reais, informou a companhia em comunicado nesta terça-feira. Segundo a unidade de geração e transmissão da empresa, CEEE-GT, o leilão terá o edital publicado "brevemente" e acontece em meio a uma estratégia da companhia de focar investimentos em seus contratos de concessão nativos (mais antigos). ...

  • ANÁLISE-Reforma do setor elétrico perde foco para Eletrobras e dependerá de próximo governo
    Reutershá 2 meses

    ANÁLISE-Reforma do setor elétrico perde foco para Eletrobras e dependerá de próximo governo

    Por Luciano Costa SÃO PAULO (Reuters) - Polêmicas geradas pela proposta de privatização da Eletrobras, maior elétrica da América Latina, atrasaram planos do governo do presidente Michel Temer de reformar a regulamentação do setor elétrico, um projeto cujo destino dependerá agora do próximo governante, a ser eleito em outubro. O diagnóstico é compartilhado tanto por investidores do setor quanto por alguns membros da cúpula do Ministério de Minas e Energia, disseram à Reuters um técnico de alto escalão do governo e o dirigente de uma associação que representa companhias de energia. ...

  • EDP Renováveis, Eneva e EDF dominam contratação em leilão de energia A-6
    Reutershá 3 meses

    EDP Renováveis, Eneva e EDF dominam contratação em leilão de energia A-6

    Por Luciano Costa SÃO PAULO (Reuters) - Estrangeiras como EDP Renováveis, da portuguesa EDP, e as francesas EDF e Voltalia, além de empresas locais como Eneva, Casa dos Ventos e Copel destacaram-se entre os vencedores de leilão do governo na sexta-feira para contratar novas usinas de geração, segundo a consultoria ePower-Bay e a Câmara de Comercialização da Energia Elétrica (CCEE). O chamado certame A-6 fechou a contratação de 2,1 gigawatts em empreendimentos, que devem demandar investimentos de cerca de 7,7 bilhões de reais até 2024, quando os projetos precisarão entrar em operação. ...

  • Leilão de energia A-6 contrata 2,1 GW em usinas que devem demandar R$7,7 bi
    Reutershá 3 meses

    Leilão de energia A-6 contrata 2,1 GW em usinas que devem demandar R$7,7 bi

    Por Luciano Costa SÃO PAULO (Reuters) - O leilão de energia A-6 realizado pelo governo federal nesta sexta-feira fechou com a contratação de 2,1 gigawatts em capacidade instalada a um preço médio de 140,87 reais por megawatt-hora, em empreendimentos eólicos, hidrelétricos e termelétricos a gás e biomassa, mostraram dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). O certame contratou 11 projetos hidrelétricos, 48 usinas eólicas, duas térmicas a biomassa e uma usina a gás natural, que devem demandar investimentos de 7,68 bilhões de reais. ...

  • Ibovespa fecha em leve alta após dia volátil, mas acumula perdas em agosto
    Reutershá 3 meses

    Ibovespa fecha em leve alta após dia volátil, mas acumula perdas em agosto

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa fechou a sexta-feira com o Ibovespa em leve alta, com bancos e Petrobras entre as maiores contribuições positivas, em sessão volátil e em linha com ocorrido ao longo de agosto. O movimento foi motivado por especulações ligadas à disputa presidencial, que dividiram o foco com eventos internacionais. O principal índice de ações da B3 subiu 0,36 por cento, a 76.677,53 pontos, após oscilar da mínima de 76.025,96 pontos à máxima de 77.202,24 pontos. O volume financeiro alcançou 11,2 bilhões de reais. ...

  • Reutershá 3 meses

    CPFL Energia e Sanepar ficam de fora da 3ª prévia do Ibovespa para período de setembro a dezembro

    SÃO PAULO (Reuters) - A terceira e última prévia da carteira teórica do Ibovespa que irá vigorar no último quadrimestre do ano mostrou a saída das ações da elétrica CPFL Energia e das units da companhia paranaense de saneamento básico Sanepar, de acordo com dados divulgados pela B3. A nova composição, válida para o período de setembro a dezembro de 2018, passa a ter 65 ativos de 62 empresas ante 67 ações de 64 companhias no portfólio teórico atualmente em vigor. ...

  • Reutershá 3 meses

    CVM determina que State Grid eleve oferta a minoritário da CPFL Renováveis

    SÃO PAULO (Reuters) - Uma superintendência da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) determinou que a chinesa State Grid deverá aumentar o preço de sua oferta pública de aquisição de ações de minoritários na CPFL Renováveis para 14,60 reais por papel, contra 13,81 reais anteriormente, informou a elétrica em comunicado nesta terça-feira. ...

  • Reutershá 3 meses

    CPFL Renováveis diz que State Grid deve rever oferta a minoritário para R$14,60 por ação

    SÃO PAULO (Reuters) - A CPFL Renováveis informou nesta terça-feira que a chinesa State Grid deverá aumentar o preço em uma oferta pública de aquisição de ações (OPA) de minoritários da companhia para 14,60 reais por papel, contra 13,81 reais anteriormente, após decisão de uma superintendência da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A oferta aos minoritários é obrigatória depois de a State Grid, maior elétrica do mundo, ter comprado a CPFL Energia, controladora da CPFL Renováveis, mas acionistas minoritários têm questionado os valores oferecidos. ...

  • Saída de CPFL é mantida em 2ª prévia do Ibovespa e Carrefour fica de fora
    Reutershá 4 meses

    Saída de CPFL é mantida em 2ª prévia do Ibovespa e Carrefour fica de fora

    SÃO PAULO (Reuters) - As ações do Carrefour Brasil ficaram de fora da segunda prévia da carteira teórica do Ibovespa que vai vigorar de setembro a dezembro, após terem sido incluídas na primeira versão, no início do mês. A segunda prévia, no entanto, manteve a saída das ações da CPFL Energia e não trouxe outras alterações, de acordo com dados da B3. Se confirmadas as alterações, o Ibovespa passará a ter 66 ações em sua composição, uma a menos do que na carteira atual. Na primeira versão, os papéis do Carrefour Brasil haviam sido incluídos com participação de 0,39 por cento no índice. ...

  • Pátria Investimentos avalia disputar leilão de privatização da Cesp, diz fonte
    Reutershá 4 meses

    Pátria Investimentos avalia disputar leilão de privatização da Cesp, diz fonte

    Por Luciano Costa SÃO PAULO (Reuters) - A gestora de ativos Pátria Investimentos tem avaliado a possibilidade de disputar um leilão agendado para 2 de outubro, no qual o governo do Estado de São Paulo oferecerá a investidores sua fatia controladora na geradora Cesp, que opera cerca de 1,65 gigawatts em hidrelétricas, disse à Reuters uma fonte com conhecimento do assunto. ...

  • Comercializadoras de energia expandem negócios em meio a bom momento no setor
    Reutershá 4 meses

    Comercializadoras de energia expandem negócios em meio a bom momento no setor

    Por Luciano Costa SÃO PAULO (Reuters) - Comercializadoras de energia estão diversificando negócios, com investimento em novas áreas que vão de geração a baterias e tecnologia, em meio a uma expansão acelerada do chamado mercado livre de eletricidade. O movimento, que também passa pela criação de novas empresas no próprio setor de comercialização, incluindo em outros países, é puxado pelo aumento da concorrência com o bom momento do mercado, que levou o número de comercializadoras a saltar 50 por cento desde 2015. ...

  • Ibovespa fecha em leve alta com bancos após sessão com pauta corporativa mais leve
    Reutershá 4 meses

    Ibovespa fecha em leve alta com bancos após sessão com pauta corporativa mais leve

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista fechou o primeiro pregão de agosto com o Ibovespa ligeiramente no azul, apoiado na recuperação de bancos, no fim da sessão sem viés definido desta quarta-feira, diante de uma agenda doméstica mais fraca de resultados corporativos e sem novidades relevantes no panorama eleitoral do país. O principal índice de ações da B3 subiu 0,10 por cento, a 79.301,65 pontos, após oscilar da mínima de 78.768,87 pontos à máxima de 79.730,63 pontos. O volume financeiro do pregão somou 9,5 bilhões de reais. ...

  • Bovespa sobe com melhora de bancos e NY, mas Vale pesa
    Reutershá 4 meses

    Bovespa sobe com melhora de bancos e NY, mas Vale pesa

    Por Paula Arend Laier SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice de ações da B3 buscava se sustentar no território positivo nesta quarta-feira, apoiado na recuperação das ações de bancos e na tentativa de melhora em Wall Street, enquanto Vale pesava negativamente, acompanhando a queda do minério de ferro por preocupações com a disputa comercial EUA-China. Às 11:52, o Ibovespa subia 0,33 por cento, a 79.481,17 pontos. O volume financeiro somava 2,6 bilhões de reais. ...

  • Carrefour entra em 1ª prévia do Ibovespa para período de setembro a dezembro; CPFL sai
    Reutershá 4 meses

    Carrefour entra em 1ª prévia do Ibovespa para período de setembro a dezembro; CPFL sai

    SÃO PAULO (Reuters) - A primeira prévia da carteira do Ibovespa que vai vigorar no período de setembro a dezembro mostrou a entrada das ações do Carrefour Brasil e a saída dos papéis da CPFL Energia, de acordo com dados da B3. Se confirmadas as alterações, o Ibovespa manterá sua composição com 67 ações. Nesta primeira prévia, o peso das ações do Carrefour Brasil é de 0,39 por cento. As ações que apresentam o maior peso na primeira prévia da carteira continuam sendo Vale ON, com 12,635 por cento, seguidas por Itaú Unibanco PN e Bradesco PN, com 10,369 e 7,406 por cento, respectivamente. ...

  • InfoMoneyhá 4 meses

    Carrefour entra no Ibovespa na 1ª prévia, boa notícia para construtoras, 3 balanços e mais destaques

    Confira os destaques do noticiário corporativo desta quarta-feira (31)