Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.632,92
    -168,29 (-0,14%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.134,93
    -60,50 (-0,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,19
    +1,04 (+1,53%)
     
  • OURO

    1.806,50
    -8,00 (-0,44%)
     
  • BTC-USD

    40.945,28
    +1.283,71 (+3,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.005,54
    +29,64 (+3,04%)
     
  • S&P500

    4.429,10
    +26,44 (+0,60%)
     
  • DOW JONES

    35.064,25
    +271,58 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.120,43
    -3,43 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    26.204,69
    -221,86 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.167,25
    +93,75 (+0,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2137
    +0,0954 (+1,56%)
     

ZTE deve ser a primeira a usar segunda geração de câmera sob a tela da Visionox

·2 minuto de leitura

Nos últimos anos, muitas empresas começaram a correr contra o tempo para poder conseguir esconder o máximo de sensores e componentes sob a tela do smartphone. Um dos poucos que faltam para serem ocultados com sucesso é a câmera frontal. Algumas fabricantes já tem modelos comerciais com essa tecnologia como, por exemplo, a ZTE, que deve ser a primeira a apostar na segunda geração da solução da Visionox.

Diversas fabricantes devem trazer smartphones com essa tecnologia; a Samsung, por exemplo, deve ter o primeiro dobrável com tal novidade. A ZTE adotará o formato em breve com o Axon 30, sucessor do Axon 20, o primeiro modelo da companhia com câmera sob a tela.

(Imagem: Reprodução/GSMArena)
(Imagem: Reprodução/GSMArena)

A tecnologia usada é o InV see Pro, que, diferente da primeira geração, traz um novo rearranjo aprimorado dos pixels e ainda é capaz de trazer resultados interessantes de câmera, sem muito embaçamento. O dispositivo exibido é aparentemente um protótipo da própria ZTE.

O leaker Digital Chat Station reafirmou que a ZTE está se preparando para mostrar ao mundo em breve o seu novo smartphone com a segunda geração de câmera frontal escondida sob o painel.

O que esperar do Axon 30?

O modelo deve utilizar a segunda geração da tecnologia de tela transparente, com melhorias significativas: além de aumentar a densidade de pixels, que passa de 200 PPI para 400 PPI, a novidade é agora compatível com taxa de atualização de 120 Hz.

Apesar disso, aprimoramentos na qualidade de fotografia não são esperadas, considerando que a ZTE não comentou sobre isso durante o anúncio, ocorrido no final de fevereiro. No mais, acredita-se que o Axon 30 mantenha o Snapdragon 888 dos irmãos mais potentes, ainda que haja a possibilidade de o aparelho ser voltado para o segmento intermediário, como seu antecessor.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos