Mercado abrirá em 8 h 44 min
  • BOVESPA

    118.328,99
    -1.317,01 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.810,21
    -315,49 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,33
    -0,80 (-1,51%)
     
  • OURO

    1.861,10
    -4,80 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    30.521,76
    +707,72 (+2,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    604,23
    -75,68 (-11,13%)
     
  • S&P500

    3.853,07
    +1,22 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    31.176,01
    -12,37 (-0,04%)
     
  • FTSE

    6.715,42
    -24,97 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    29.673,63
    -254,13 (-0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.646,99
    -109,87 (-0,38%)
     
  • NASDAQ

    13.358,75
    -36,75 (-0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5140
    +0,0056 (+0,09%)
     

Zoox, empresa da Amazon, anuncia táxi autônomo com visual futurista

Ramon de Souza
·2 minuto de leitura

Após seis anos de desenvolvimento e de muito mistério, a Zoox, startup de mobilidade inteligente comandada pela Amazon, revelou o seu primeiro modelo de veículo completamente autônomo projetado para atuar como táxi. O invento chama atenção sobretudo por seu design, que desafia o nosso conceito milenar de “carro”: ele não possui uma frente ou uma traseira bem definida, podendo andar para frente e para trás livremente.

Afinal, não há um volante e tampouco a necessidade de um motorista no bólido da Zoox — logo, seria desnecessário projetá-lo com base nessas visões clássicas. Cada unidade é capaz de acomodar seis passageiros, que contam com bancos confortáveis em tecido, ar-condicionado e sistema de música. Todos esses “mimos” são comandados através de uma pequena tela sensível ao toque ao lado do banco principal.

A velocidade máxima é de 120 km/h e o motor é totalmente elétrico, sendo alimentado por uma bateria capaz de mantê-lo funcionando durante 16 horas a fio. A segurança do sistema autônomo é garantida graças ao emprego de uma série de sensores (LiDAR, radar etc.) e câmeras que são ativadas em casos de falhas nos componentes principais. Tudo isso dá ao “robotáxi” da Zoox a capacidade de enxergar 150 metros adiante, em todas as direções.

Infelizmente, por mais que a revelação do veículo seja empolgante, não podemos dizer que daremos uma volta nele tão cedo — a startup ainda nem sequer iniciou discussões com os órgãos locais para testar o invento em vias públicas, limitando-se a testá-lo em estradas privadas em Las Vegas, São Francisco e Foster City.

O veículo repensa completamente o nosso conceito de “carro”, não possuindo uma distinção clara de frente e traseira; velocidade máxima é de 120 km/h e bateria responsável por impulsionar o motor elétrico consegue trabalhar até 16 horas sem parar

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: