Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,44 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,75 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    -1,49 (-1,83%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.300,08
    -105,32 (-0,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,10 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,96 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,84 (-1,83%)
     
  • NASDAQ

    11.058,25
    -170,00 (-1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3079
    +0,0099 (+0,19%)
     

Zoom muda logo e promete rivalizar com o Microsoft Teams

O Zoom renovou totalmente a sua logomarca e atualizou os produtos para marcar o início de uma nova era. Considerado o aplicativo que mais cresceu na pandemia, o serviço de videochamadas entendeu ser o momento de olhar para a frente quando as pessoas começam a retornar ao trabalho presencial.

A mudança na logo inclui algumas letras "o" a mais na palavra Zoom, em um estilo que lembra bastante o Google. São seis letras iguais, todas brancas, cada qual com um ícone representativo de um produto específico: chat, ligações, videoconferências, reuniões virtuais, eventos e serviços de bate-papo por voz.

Segundo a empresa, a ideia é que todos os serviços existentes passem por mudanças nos próximos meses, a começar pelo chat. O programa de conversas por texto voltado para ambientes corporativos será chamado Zoom Team Chat e deve rivalizar com o Microsoft Teams.

Esse era um dos planos antigos do Zoom, cujo objetivo era reduzir o volume de e-mails trocados no trabalho. Novas ferramentas devem ser incorporadas, principalmente recursos que permitem a operação total dentro de aplicativo, sem precisar recorrer a sites externos ou soluções rivais.

Tudo em um só lugar

Uma das novidades é o Zoom Whiteboard: uma versão digital do quadro branco de caneta usado por muita gente. Neste local, as equipes poderão traçar planos, debater estratégias e colaborar ativamente mesmo quando estiverem à distância.

Outra adição será voltada para o atendimento ao cliente, com a possibilidade de estabelecer canais exclusivos de contato com os mais estratégicos ou com fornecedores. Chamado Zoom Contact Center, o foco é retirar o telefone tradicional das rotinas e oferecer uma plataforma similar ao WhatsApp/Telegram para melhor comunicação.

A companhia promete trazer, ainda, uma inteligência artificial para analisar conversas com clientes e oferecer dicas de vendas. Não está claro como isso funcionaria, mas parece estar ligado ao aprimoramento dos argumentos usados pelos vendedores na hora de fechar negócio.

O Team Chat deve incorporar o Zoom One, virando a solução principal da empresa, com suporte para reuniões com até 300 pessoas simultâneas, 5 GB de armazenamento de nuvem para cada usuário e mais melhorias futuras.

Tudo isso deve ser lançado gradualmente ao longo dos próximos meses. O Zoom pretende divulgar mais novidades mais sólidas em um webinar programado para os dias 8 e 9 de novembro de 2022.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: