Mercado abrirá em 2 h 49 min
  • BOVESPA

    108.232,74
    +1.308,56 (+1,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.563,98
    +984,08 (+1,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    114,83
    +0,63 (+0,55%)
     
  • OURO

    1.827,60
    +13,60 (+0,75%)
     
  • BTC-USD

    30.588,14
    +1.061,08 (+3,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    686,66
    +443,98 (+182,95%)
     
  • S&P500

    4.008,01
    -15,88 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    32.223,42
    +26,76 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.531,78
    +66,98 (+0,90%)
     
  • HANG SENG

    20.602,52
    +652,31 (+3,27%)
     
  • NIKKEI

    26.659,75
    +112,70 (+0,42%)
     
  • NASDAQ

    12.539,50
    +294,75 (+2,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2838
    +0,0033 (+0,06%)
     

Zona do euro discute como fazer com que governos respeitem regras fiscais da UE

·1 min de leitura
Bandeiras da UE em frente à sede da Comissão Europeia

Por Jan Strupczewski

BRUXELAS (Reuters) - Os ministros das Finanças da zona do euro iniciarão uma discussão nesta segunda-feira sobre como mudar as regras fiscais da União Europeia, que muitas vezes são quebradas, para que os governos realmente as respeitem, disse uma autoridade da zona do euro.

O Pacto de Estabilidade e Crescimento da UE visa impedir que governos tomem empréstimos excessivos para salvaguardar o valor do euro, sua moeda comum. Mas as regras têm sido recorrentemente desconsideradas, levando em parte à crise da dívida soberana de 2010, com poucas tentativas de sanção através de penalidades financeiras.

"A discussão está começando com a constatação de que as sanções não tiveram muita utilidade. Inúteis, para ser preciso", disse uma autoridade da zona do euro.

Apesar das contínuas violações das regras para tomada de empréstimos pela França, Itália, Espanha ou Portugal e os persistentes enormes superávits em conta corrente da Alemanha, a Comissão Europeia nunca agiu para punir qualquer país.

"Desta vez, vivemos num mundo muito diferente e todo o debate está se moldando de maneira diferente. Não se trata de como fortalecer a fiscalização, mas como adaptar a estrutura para reconhecer certas lições e acomodar novas prioridades políticas que têm surgido", disse a autoridade.

(Reportagem de Jan Srupczewski)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos