Zimmermann diz torcer para que Cemig volte atrás

O ministro interino de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, diz torcer para que a Cemig volte atrás e pleiteie novo prazo para renovar as concessões das usinas hidrelétricas de São Simão, Jaguara e Miranda. Segundo o ministro, não há possibilidade de que a companhia obtenha a prorrogação dos contratos destas usinas pelas regras da legislação anterior, que possibilitariam mais 20 anos de prazo com a manutenção das tarifas.

O ministro, porém, não garantiu que o governo abrirá novo prazo para que a Cemig manifeste esse interesse, que se encerrou em 15 de outubro. Na semana passada, o governo divulgou as tarifas, receitas e indenizações que as concessionárias têm direito a receber se aceitarem renovar as concessões. Elas terão até o dia 4 de dezembro para assinar os contratos.

"Se a Cemig pedir renovação pelo novo modelo, é positivo", afirmou nesta sexta-feira, evitando responder se o governo também está disposto a aceitar reabrir o prazo.

Carregando...