Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.369,49
    -393,08 (-1,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Zidane indica saída do Real Madrid: 'Chega um momento em que as coisas precisam mudar'

·1 minuto de leitura

Despedida? Na penúltima coletiva de imprensa da temporada, Zinédine Zidane falou sobre suas expectativas com relação ao confronto diante do Athletic Bilbao. No entanto, as declarações mais significativas da entrevista indicam que seus dias no comando do Real Madrid podem estar chegando ao fim.

Questionado sobre seu futuro, o treinador disse estar focado nos dois últimos jogos: "Esta resposta é muito enfadonha. A verdade é que faltam dois jogos. Não sei o que vai acontecer. Tudo pode acontecer. Aqui é o Real Madrid. Não me vejo além do dia-a-dia . Pensam que sairia porque fujo da responsabilidade ou porque as coisas se complicam. Não é assim".

Ele ainda completou: "Chega um momento em que tem que mudar porque é bom para o todo. Há momentos em que tem que estar, e outros em que tem que ir pelo bem de todos".

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Zidane também destacou a importância da resiliência dos atletas e entrosamento do plantel: "Os jogadores querem sempre competir e gostam de jogar e treinar. Tivemos muitas dificuldades, traduzidas em lesões e coisas anormais. É uma equipa que não deixa de trabalhar, que quer fazer as coisas bem e, talvez por isso, estou este ano mais orgulhoso do que nunca. Fico contente com aquilo que estão fazendo", afirmou.

Com relação ao jogo contra o Athletic Bilbao, que acontece neste domingo (16), o técnico ressaltou a qualidade do adversário: "Vamos procurar entrar bem no jogo e ser competitivos os 90 minutos, tal como no último jogo. Temos apenas de concentrar naquilo que podemos controlar, como é o caso do jogo de amanhã. O resto não podemos. Queremos somar os três pontos. Vamos enfrentar um adversário muito bom, que está fazendo as coisas muito bem, e vamos dar tudo", concluiu.

Zidane pode não estar no comando do Real Madrid na próxima temporada. | Soccrates Images/Getty Images
Zidane pode não estar no comando do Real Madrid na próxima temporada. | Soccrates Images/Getty Images