Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.920,61
    +356,17 (+0,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.934,91
    +535,11 (+1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.814,80
    -0,90 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    56.241,85
    -576,55 (-1,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.458,51
    -12,91 (-0,88%)
     
  • S&P500

    4.201,62
    +34,03 (+0,82%)
     
  • DOW JONES

    34.548,53
    +318,19 (+0,93%)
     
  • FTSE

    7.076,17
    +36,87 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.808,56
    +171,10 (+0,60%)
     
  • NIKKEI

    29.390,33
    +58,96 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.654,00
    +56,25 (+0,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3670
    +0,0004 (+0,01%)
     

Zenit monitora situação de Hulk, mas descarta repatriação do atacante

Fábio Paine
·1 minuto de leitura
Hulk acena para torcida do Zenit em 2016. Foto: Epsilon/Getty Images
Hulk acena para torcida do Zenit em 2016. Foto: Epsilon/Getty Images

O atacante brasileiro Hulk estará livre no mercado em janeiro e poderá negociar com quem desejar um novo contrato. No começo do ano, o jogador se despedirá do Shanghai SIPG, clube que defende desde 2016.

Com futuro incerto, surgem também inúmeras especulações sobre o destino do jogador de 34 anos.

A última delas, publicada pelo jornal português "A Bola" vincula Hulk ao Zenit, clube russo que defendeu entre 2012 e 2016 e do qual é ídolo até hoje. O salário seria de 3 milhões de euros anuais.

A Rússia, porém, não deverá ser o próximo país do atacante.

Segundo o Yahoo Esporte apurou, o Zenit não tem interesse em contar de novo com o Hulk, apesar de seu passado de conquistas e muitos gols em São Petersburgo. Foram 56 em 97 partidas oficiais.

O Zenit, que está na disputa da Liga dos Campeões e ocupa a segunda posição da Liga Russa, tem outros planos para se reforçar para a sequência da temporada.

Outras especulações dão conta de que a MLS pode ser o destino do atleta.