Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,32 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -909,02 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,99
    +0,85 (+1,00%)
     
  • OURO

    1.834,20
    +2,40 (+0,13%)
     
  • BTC-USD

    35.761,71
    +372,03 (+1,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    826,40
    +583,72 (+240,53%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,03 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.693,43
    -272,12 (-1,09%)
     
  • NIKKEI

    27.309,34
    -212,92 (-0,77%)
     
  • NASDAQ

    14.556,00
    +129,50 (+0,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1800
    -0,0100 (-0,16%)
     

Zé Vaqueiro fala em se reinventar e diz que quer estar em grandes eventos

·2 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Com uma agenda preenchida de shows pelo Brasil, novos trabalhos sendo lançados e mais de sete milhões de seguidores nas redes sociais, José Jacson, o cantor Zé Vaqueiro, 22, viu sua carreira decolar juntamente com a ascensão do piseiro e agora celebra o reconhecimento nacional que conquistou.

Com a música "Sentadinha Descarada" recém-lançada e novos projetos por vir, o cantor afirma que estará sempre buscando se desafiar em ritmos e misturas diferentes. "Quero estar em grandes eventos, lançar muitas músicas que repercutam no Brasil inteiro. Estou sempre me reinventando", completa ele.

O artista, que começou fazendo covers nas redes sociais, agora volta aos palcos e ao público presencial, e descreve as apresentações como algo novo. Isso não quer dizer que ele não tenha feito shows antes da pandemia, mas não era como agora, conhecido nacionalmente, após sucessos como "Letícia" e "Eu Tenho Medo".

"Parece que está sendo tudo novo mesmo, o nervosismo de entrar no palco e tudo. Cada show está sendo único", afirma, em entrevista à Folha de S.Paulo, o músico, que durante o isolamento social usou as redes sociais como ferramenta de aproximação de seus fãs.

"Não sabíamos com certeza quando ia voltar [as apresentações presenciais], mas o ditado 'quem não é visto não é lembrado' sempre perdurou", conta ele, que focou seus esforços nesse período em produzir novos trabalhos e músicas para que o público conhecesse, não apenas ele, mas também o piseiro.

"O primeiro trabalho que eu lancei foi piseiro e desde então não parei mais", afirma ele. O artista começou sua carreira em 2017 fazendo apresentações no interior de Pernambuco e após o lançamento do álbum "O Original" (2020) fez sucesso nas redes sociais e ganhou uma legião de fãs.

Ele diz que ver o ritmo no topo das plataformas digitais de música é algo marcante, e que poder representar essa música para o Brasil e mundo é ainda mais especial. "Que dure por muitos e muitos anos, porque é um ritmo que mexe com todo mundo", completa o artista.

O artista também tem um lançamento em parceria com o cantor Ávine Vinny, 32, dono do sucesso "Coração Cachorro" no forno. A canção se chama "Serenata" e trará uma batida do piseiro, para que os fãs façam coreografias enquanto curtem a letra sobre uma desilusão amorosa. "Vamos levar nossa amizade para a música", disse Ávine também em conversa com a Folha de S.Paulo.

Para o futuro, Zé Vaqueiro deixa um mistério para seus fãs, sem dar muitos detalhes sobre a próxima produção, mas afirma que irá lançar um novo EP e músicas inéditas. "Se Deus quiser, no próximo ano vamos estar com novos hits na boca da galera", completa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos