Mercado fechará em 3 h 34 min
  • BOVESPA

    121.488,73
    -2.087,84 (-1,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.085,44
    -548,47 (-1,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,38
    -2,18 (-3,09%)
     
  • OURO

    1.813,30
    -0,80 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    39.357,77
    +1.292,79 (+3,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    972,16
    +45,39 (+4,90%)
     
  • S&P500

    4.405,58
    -17,57 (-0,40%)
     
  • DOW JONES

    34.816,27
    -300,13 (-0,85%)
     
  • FTSE

    7.123,86
    +18,14 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    26.426,55
    +231,73 (+0,88%)
     
  • NIKKEI

    27.584,08
    -57,75 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    15.060,25
    +14,00 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1907
    +0,0252 (+0,41%)
     

Yu Yu Hakusho | As melhores falas da dublagem brasileira

·5 minuto de leitura

Yu Yu Hakusho é, talvez, a mais brasileira das animações japonesas. A história do jovem delinquente que morre antes da hora e volta para se tornar um detetive espiritual pouco tem a ver com as nossas tradições, mas a dublagem tupiniquim deu um charme todo verde-e-amarelo para a história a ponto de tornar a produção um clássico.

O anime chegou ao país na onda de Cavaleiros do Zodíaco, na extinta TV Manchete, e logo despontou como algo único por causa de sua localização, feita pela Tikara Filmes. Abusando do uso de gírias locais e diálogos bem irreverentes, as aventuras de Yusuke Urameshi pareciam ter sido escritas por um brasileiro de tanto que destoavam das demais histórias que víamos vindo do Japão graças ao trabalho de dubladores como Marco Ribeiro, Peterson Adriano, José Luiz Barbeito e Miriam Ficher.

O resultado ficou tão bom que, quase 25 anos depois, as piadas dos protagonistas seguem sendo lembradas até hoje. Mais do que isso: a dublagem do anime ganhou um status de lendária, sendo celebrada por fãs em eventos sempre que algum dos atores que trabalhou na época está presente. Não por acaso, muitos fãs pedem encarecidamente que a vindoura adaptação em live-action da Netflix mantenha o clima de bom humor quando chegar por aqui.

Como isso aconteceu?

O clima zoeiro de Yu Yu Hakusho é algo tão inerente à obra original que foi o que conquistou a equipe da TV Manchete na época antes de existir qualquer tipo de dublagem ou mesmo legenda. O anime foi exibido na emissora entre 1997 e 1998, mas, antes disso, ele já vinha fazendo barulho nos bastidores.

Em entrevista ao podcast Podcrastinadores, o consultor de aquisição internacional Eduardo Miranda conta que a ideia sempre foi dar um ar mais irreverente para a obra. Miranda trabalhava na Manchete na época e foi o responsável por trazer os primeiros animes para o canal, inclusive Cavaleiros e Yu Yu. “Um fã driblou toda a segurança da Manchete e me entregou alguns VHS com desenhos que ele queria que eu exibisse, incluindo Yu Yu Hakusho”, conta. “Quando esse adolescente de 14 anos me bota a fita na mão, eu comecei a assistir e, quando percebi, já estava na quarta fita e adorando — mesmo com tudo em japonês”.

E foi aí que começou a nascer o Yu Yu Hakusho do jeito que a gente conhece hoje. “Eu não via o Yusuke Urameshi como paulista. Eu via como carioca”, continua Miranda. “O malandro, o cara que levanta a saia para ver a cor da calcinha, que quer dar porrada em todo mundo das gangues e tal”. Segundo ele, foi nesse momento que nasceu a vontade de ver o anime sendo dublado com esse estilo de localização e não com o jeito mais tradicional.

Ele conta que, apesar desse interesse, nunca comentou isso com ninguém e seguiu com as tratativas para trazer o anime para o Brasil. Foi quando, algum tempo depois, recebeu uma ligação do dublador Marco Ribeiro informando que ele estava responsável pela localização de Yu Yu Hakusho no Brasil e que ele tinha pensado em usar algumas gírias que não estavam no roteiro original. “Quando ele me falou, na hora eu vi que aquilo ia ficar muito bom e pedi para que fizesse desse jeito”, conta Miranda. “Só pedi para não colocar palavrão, mas que podia colocar as gírias que quisesse. E o resultado foi primoroso”.

Foi assim que Yusuke passou a falar coisas como “Você é grande, mas não é dois” e “Rapadura é doce, mas não é mole” — falas simples e até sem grande impacto para a história, mas que deixaram todos os personagens muito mais carismáticos e memoráveis.

Na ponta da língua

E como não são poucos os momentos memoráveis na dublagem do anime, o Canaltech decidiu listar algumas das mais clássicas para que não restem dúvidas do quanto Yu Yu Hakusho ainda segue sendo o mais brasileiro dos animes.

Yusuke Urameshi

  • “Tô na área, se derrubar é pênalti!”

  • “Mas mudando de pau pra cavaco, por que é que você está aqui?” 

  • “Você é grande, mas não é dois, eu sou pequeno, mas não sou metade!”

  • “Eu não tenho samba no pé, mas eu bato pra caramba!”

  • “Quer aparecer, bota uma melancia no pescoço!”

  • "Sentiu firmeza? Parece o Popó”

  • "Vem cá, e por acaso você sabe quem é esse comédia aí, Botan?"

  • "Agora sim, agora ele foi pra cucuia."

  • “Ta olhando o quê, ô pastel?! Cara feia pra mim é fome!”

  • “Para o bonde que Isabel caiu! Para o mundo que eu quero descer!”

  • “Não conheci o outro mundo por querer!”

  • "Você não larga do meu pé, parece chulé."

  • “E dane-se o mundo que eu não me chamo Raimundo!”

Kazuma Kuwabara

  • “Esse cara tá viajando na maionese… Deve tá chamando urubu de meu louro e essas coisas do tipo.”

  • "A velhinha tomou um chá de sumiço."

  • “Rapadura é doce, mas num é mole não!”

  • "Fala tchutchuca"

Koenma

  • “Ah, eu sou Toguro!”

  • “Ah, eu tô maluco!”

  • “Mas o qui é que cê qué aqui, ô Chupa-Cabra?!”

  • “Tá pensando que berimbau é gaita?!”

  • “Ô seu trapizomba!”

  • “Manda quem pode obedece quem tem juizo.”

  • “Cala boca, ô estrupício!”

  • "Parece o cão chupando manga.”

  • "Me erra, diabo." 

Outros personagens

  • “Idiotas e papel higiênico, foram feitos para serem usados e jogados fora” (Hiei)

  • “Eu agradeço o convite… mas não sou chegado em bebida alcoólica. Eu prefiro sinceramente um suco de laranja.” (Toguro)

  • "Sejam bem-vindos, mas venham na maciota. Tá certo?" (Toguro)

  • "Ah, eu sou Toguro!" (Torcida)

  • “Exatamente, cara pálida!” (Botan)

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos