Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.816,90
    -18,90 (-1,03%)
     
  • BTC-USD

    41.797,12
    +265,51 (+0,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

YouTube vai transmitir Champions League feminina de forma gratuita

·2 minuto de leitura
YouTube vai transmitir Champions League feminina de forma gratuita
YouTube vai transmitir Champions League feminina de forma gratuita

O YouTube anunciou nesta quarta-feira (30/06) que vai exibir nos próximos quatro anos a Women’s Champions League, edição feminina da Liga dos Campeões da Europa, principal torneio de clubes de futebol do planeta. A empresa americana firmou acordo com a Uefa (União das Associações Europeias de Futebol, na sigla em inglês) e vai transmitir, em associação com o canal de esportes DAZN, todas as partidas do torneio em sua plataforma de streaming.

Nas temporadas de 2021/22 e 2022/23, as 61 partidas da Champions League feminina serão exibidas ao vivo e de forma gratuita no canal do DAZN no YouTube. Já nas duas edições seguintes (2023/24 e 2024/25), o DAZN passará a exibir as partidas de forma paga em sua plataforma própria, enquanto o serviço do Google terá ps direitos de transmissão para 19 jogos por temporada. Estes últimos serão exibidos de forma gratuita.

“Este acordo é uma novidade para o futebol feminino, pois esta parceria entre a Uefa, o DAZN e o YouTube garantirá que a Champions possa ser vista pelos torcedores, por todas as pessoas que amam este jogo, onde quer que estejam no mundo”, comemorou Nadine Kessler, chefe de futebol feminino da associação continental. “Tal visibilidade muda tudo.”

Regulamento

O acordo de transmissão de DAZN/YouTube com a Uefa prevê que as partidas sejam exibidas para 200 países, mas alguns mercados-chave como Oriente Médio e Norte da África ficaram de fora. No Brasil, a assinatura do DAZN atualmente custa R$ 19,90 por mês.

Inaugurada em 2001, a Women’s Champions League terá, pela primeira vez, 16 times em sua fase principal. Nesta primeira parte, os times serão divididos em quatro grupos de quatro, dos quais os dois melhores avançam à fase final. A partir daí, o campeão será definido por meio de um playoff (quartas de final, semifinais e final). Todas as partidas do campeonato são jogadas em ida e volta.

Via The Verge

Imagem: Oleg Dubyna/Shutterstock

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos