Mercado fechará em 1 h 3 min
  • BOVESPA

    107.095,86
    +848,71 (+0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.422,20
    +1.028,17 (+2,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    112,01
    +2,42 (+2,21%)
     
  • OURO

    1.839,60
    +23,70 (+1,31%)
     
  • BTC-USD

    30.199,33
    +1.042,86 (+3,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    671,70
    +19,47 (+2,99%)
     
  • S&P500

    3.926,87
    +3,19 (+0,08%)
     
  • DOW JONES

    31.425,77
    -64,30 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.302,74
    -135,35 (-1,82%)
     
  • HANG SENG

    20.120,68
    -523,62 (-2,54%)
     
  • NIKKEI

    26.402,84
    -508,36 (-1,89%)
     
  • NASDAQ

    11.988,00
    +52,50 (+0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1847
    -0,0336 (-0,64%)
     

YouTube Shorts começa a exibir propagandas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Quase dois anos após seu lançamento, o YouTube Shorts enfim começará a exibir publicidade entre vídeos. Segundo uma reportagem da Bloomberg, a plataforma iniciou testes com o formato de monetização e pede para que anunciantes forneçam feedback sobre a ferramenta.

Neste primeiro momento, os anúncios que devem embarcar o YouTube Shorts em maioria serão relacionados a apps e jogos para celular. A publicidade deve aparecer entre um vídeo e outro, durante uma navegação comum no app.

Anúncios devem aparecer entre um vídeo e outro no YouTube Shorts (Imagem: Reprodução/Google)
Anúncios devem aparecer entre um vídeo e outro no YouTube Shorts (Imagem: Reprodução/Google)

Não ficou claro, porém, se a publicidade do YouTube Shorts terá um tempo mínimo de visualização — tal qual acontece nos vídeos tradicionais. Se não tiver, anúncios direcionados poderão ser pulados com um simples gesto, porém, isso compromete o tempo de atenção dado pelo usuário, potencialmente minimizando a influência da publicidade.

O formato de vídeos curtos do YouTube foi lançado em setembro de 2020, em uma tentativa de abocanhar parte do sucesso do TikTok. As criações nesse formato são exibidas na vertical e só em abril deste ano que elas começaram a ser distribuídas no app para tablets e na versão web, acessível pelo PC.

30 bilhões de visualizações diárias

Apesar do início complicado, o YouTube Shorts atualmente acumularia mais de 30 bilhões de visualizações diárias, segundo o Google. Tamanha audiência poderia impulsionar os ganhos da plataforma com a distribuição de propaganda, uma das principais fontes de receita da empresa.

Quanto ao alcance da publicidade no Shorts, a reportagem não deixa claro — é possível, portanto, que a implementação seja global. Logo, usuários devem se deparar com anúncios durante a visualização de vídeos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos