Mercado fechado

YouTube permitirá transformar qualquer vídeo publicado em Shorts

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Para incentivar a produção de conteúdo no formato, o YouTube permitirá converter vídeos comuns em Shorts. Conteúdo que já foi publicado no canal poderá ser republicado como um vídeo curto, com potencial de aumentar a audiência e acirrar a disputa da plataforma do Google com o TikTok.

A conversão entre formatos é bem simples: o usuário deve selecionar o vídeo publicado no canal, selecionar o trecho que deve ser transformado em Shorts e publicar. A faixa pode conter até 60 segundos e pode ser incrementada com outros cortes, imagens, efeitos e outros recursos exclusivos da ferramenta.

(Imagem: Divulgação/YouTube)
(Imagem: Divulgação/YouTube)

A fim de evitar roubo de conteúdo, o YouTube só permitirá que o autor do vídeo faça a conversão para Shorts. Assim, o criador de conteúdo não precisa se preocupar em perder a audiência (e o próprio vídeo) para outros canais por um mecanismo nativo da plataforma de streaming.

Pode aumentar a audiência

Uma das funções interessantes dessa novidade é a possibilidade linkar o vídeo curto com o vídeo original. Dessa forma, o Google permite que o criador de conteúdo aproveite a adesão do YouTube Shorts para atrair novos viewers para os vídeos no estilo tradicional.

Primeiro, essa ferramenta será disponibilizada no app para Android e iOS. Não foi mencionada a disponibilidade da função para a versão web do YouTube — e possivelmente não ficará disponível, uma vez que o YouTube Shorts não é tão integrado ao site para navegador.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos