Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    48.297,00
    +577,98 (+1,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,50 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

YouTube derruba canal Terça Livre por disseminação de desinformação

Wagner Wakka
·1 minuto de leitura

O YouTube retirou, na última quarta-feira (3), da sua plataforma os canais de Allan dos Santos, incluindo o Terça Livre, o mais conhecido entre eles. Segundo a empresa, o motivo seria a recorrente disseminação de desinformação, além do financiamento de ações antidemocráticas.

Santos já havia recebido dois avisos do Google que se estava violando políticas da rede social, quando demonstrou apoio ao ex-presidente Donald Trump, no evento que culminou na invasão do Capitólio em janeiro.

O blogueiro também teve já contas suspensas no Twitter, em novembro de 2020. O motivo havia sido um pedido do ministro Alexandre de Morais para que Facebook e Twitter suspendessem contas de investigados em operações da CPI das Fake News. O perfil do Terça Livre ficou fora do ar por algumas horas.

O Canaltech tentou entrar nos canais de Santos no YouTube e eles permanecem fora do ar. Na página, há o aviso de que as publicações “violam termos e serviços do YouTube”.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: