Mercado fechado

YouTube Brandcast | Whindersson e Porta dos Fundos brilham no Originals em 2021

Nathan Vieira
·8 minuto de leitura

Nesta quinta-feira (5), aconteceu a quinta edição do YouTube Brandcast, maior evento do YouTube no Brasil, que é destinado principalmente à imprensa, aos criadores de conteúdo e a empresas, sob a premissa de apresentar o impacto que a plataforma de vídeo possui, além de trazer à tona as principais novidades. Nesta edição, que aconteceu virtualmente, o YouTube revelou dados a respeito do consumo de vídeo on-line durante a pandemia.

Se a edição passada do YouTube Brandcast abordou o consumo de vídeo on-line em comparação com o consumo de TV aberta, a divulgação do conteúdo brasileiro presente no YouTube Originals e uma nova premiação, chamada YouTube Works Awards, nesta edição o foco foi diferenciado. O que não mudou, é claro, foi a participação do Canaltech nisso tudo, para conferir de pertinho (ou melhor, desta vez à distância) esse evento.

YouTube na pandemia

Em um ano no qual as pessoas passaram mais tempo em casa devido à pandemia, o YouTube se consolidou como a plataforma número um que os consumidores não podem viver sem, segundo a pesquisa Why Video, encomendada à Talkshoppe pelo Google e realizada em agosto de 2020, com 2.052 entrevistados, de 18 a 65 anos, em todo o Brasil. Os dados apresentados durante a sexta edição do Brandcast apontam que atualmente, 105 milhões de brasileiros acessam o YouTube mensalmente, e que 91% afirma ter aumentado seu tempo navegando na plataforma. Enquanto isso, 54% dos entrevistados declararam que vão usá-la ainda mais.

"Os dados apontam justamente uma mudança de comportamento. Quando a gente tem essas declarações e faz uma correlação, entende que não é um movimento pontual, e sim algo que tende a ficar, essa intensidade no consumo dentro da plataforma”, analisa Samuel Moreschi, gerente de pesquisas e insight do Google, durante coletiva da imprensa.

YouTube revela dados sobre consumo durante a pandemia (Imagem: NordWood Themes / Unsplash)
YouTube revela dados sobre consumo durante a pandemia (Imagem: NordWood Themes / Unsplash)

No evento, foi apontado também que o número de canais com mais de 1 milhão de inscritos no Brasil cresceu e já supera a marca de 1,8 milhão. A quarentena impactou, ainda, a forma como os brasileiros assistem seus vídeos favoritos. Acontece que com mais tempo dentro de casa, as pessoas ampliaram o uso da TV para acessar o YouTube: o tempo de exibição em telas de TV cresceu 120% no Brasil em relação a 2019. Hoje, mais de 40 milhões de brasileiros já assistem a conteúdos disponíveis na plataforma por esse meio.

"O YouTube é esse conteúdo plural, imersivo, democrático. É feito de pessoas e conta com a tecnologia do Google, e essa tecnologia aperfeiçoa essa conexão entre marcas, conteúdo e audiência", conta Alessandra Gambuzzi, diretora de projetos de conteúdo do Google. A pesquisa aponta que 79% das pessoas buscam relaxar quando assistem a vídeos, e no YouTube, a média global de visualizações diárias de vídeos relacionados à meditação aumentou mais de 40% desde 15 de março.

Outro aspecto interessante é que com teatros, cinemas, museus e casas de shows fechados, o YouTube se tornou um grande palco virtual: 78% dos usuários afirmaram buscar entretenimento ao assistir um vídeo. Impossível não se lembrar do grande "boom" das lives: artistas de todos os gêneros realizaram transmissões ao vivo, e quase metade dos usuários do YouTube utilizaram a plataforma como um substituto de um evento em tempo real durante a pandemia.

Lives devem continuar, diz diretora

Para Sandra Jimenez, diretora de parcerias de músicas para a América Latina, as lives são uma tendência que deve continuar. "Temos alguns ajustes que podem ser numa frequência menor quando os shows voltarem, porque o artista precisa estar no palco. É muito importante para ele e para o fã também. Mas esse leque de oportunidades que se abriu em fazer uma live que chega globalmente do qual muitas vezes o circuito de shows não passa é muito importante. Os artistas se deram conta de que esse é um caminho que também traz muita conexão e engajamento. Então imagina uma pessoa que nunca teve a oportunidade de assistir ao show, e teve a oportunidade de vê-los ao vivo no YouTube. Esse leque de opções vai continuar e a live vai estar inserida, sendo uma das opções", diz.

O evento também revela que 65% das pessoas disseram buscar ter um tempo para si ao assistirem vídeos. 91% dizem que a plataforma ajudou a ensinar e aperfeiçoar uma habilidade de interesse e 52% contam que aprenderam algo novo no YouTube durante a pandemia e pretendem continuar usando a plataforma para aprendizados futuros.

YouTube Brandcast 2020 é feito de maneira completamente virtual, sem sair de casa (Imagem: Divulgação/YouTube)
YouTube Brandcast 2020 é feito de maneira completamente virtual, sem sair de casa (Imagem: Divulgação/YouTube)

YouTube Originals

A grande estrela do Brandcast 2020 foi a gama de novidades dentro do YouTube Originals. Os fãs podem experimentar o conteúdo do YouTube Originals por meio do YouTube, com anúncios; e do YouTube Premium, serviço de assinatura que oferece acesso a conteúdo sem exibição de publicidade, além dos recursos do YouTube Music. O YouTube Originals está disponível em quase 80 países em todo o mundo e já lançou no Brasil quatro produções com criadores nacionais: Próxima Parada, com Whindersson Nunes; Mulheres que Mudam o Mundo, com Nath Arcuri, do canal MePoupe!; Vai Pra Cima, Fred, do canal Desimpedidos; e Chutando o Balde, do canal Manual do Mundo.

No evento, a plataforma de vídeos anunciou quatro novos conteúdos originais de criadores brasileiros. Com estreia em 2021, os YouTube Originals de Galinha Pintadinha, Kondzilla, Porta dos Fundos e Whindersson Nunes poderão ser conferidos gratuitamente na plataforma.

Futuro Ex-Porta, com estreia prevista para o quarto trimestre de 2021, consiste em um reality show em que a equipe do Porta dos Fundos escolherá, dentre os candidatos selecionados para participar do programa, uma pessoa para ingressar o time do Porta. O Futuro Ex-Porta é uma oportunidade de revelar talentos dos quatro cantos do País e enaltecer o cenário humorístico brasileiro. Inicialmente prevista para 2020, a produção foi confirmada para o próximo ano devido à pandemia. As gravações vão acontecer em março de 2021.

"Precisamos adiar o início das gravações do Futuro Ex-Porta e alguns outros Originals que ainda não tinham começado a gravação antes da pandemia. A gente tinha uma preocupação muito grande, e agora que as coisas estão sendo retomadas. A pandemia não atrapalhou a negociação de novos projetos, só precisamos fazer um ajuste de cronograma”, revela Manuela Vilella, diretora de parcerias do YouTube na América Latina.

Principais atrações do YouTube Originals (Imagem: Divulgação/YouTube)
Principais atrações do YouTube Originals (Imagem: Divulgação/YouTube)

Outra novidade é a segunda temporada de Próxima Parada, protagonizada por Whindersson Nunes, que será lançada no segundo trimestre de 2021. Whindersson e seus melhores amigos vão viajar pelo Brasil em busca de lugares não tão conhecidos pelos brasileiros. No novo ano, o criador de conteúdo está em busca de se reconectar com as raízes do Brasil e conhecer pessoas incríveis ao longo do caminho, ao lado de seus amigos. Em cada local, ele terá um anfitrião que o guiará pelos segredos e belezas escondidas da região, além de lhe apresentar histórias de vida emocionantes.

Já a Galinha Pintadinha Mini ganha a sua terceira temporada, com estreia prevista para o terceiro trimestre de 2021. Desta vez, os personagens enfrentarão os desafios que surgem enquanto são crianças, e desenvolverão habilidades para uma educação saudável e diversificada. Nos contos deste ano, estarão presentes temas como curiosidade, trabalho em equipe, compaixão, autocontrole e empatia, além de conteúdos de aprendizagem nos clipes educacionais. O conteúdo também estará disponível no aplicativo do YouTube Kids.

O Brandcast também foi responsável por revelar The Beat Diaspora (Kondzilla), com estreia prevista para o quarto trimestre de 2021. Trata-se de um documentário em formato de série que destaca os gêneros musicais do Hemisfério Sul por meio da conexão e influência da Afrobeat, sendo narrado e apresentado por algumas das pessoas mais influentes em cada um desses gêneros. O lançamento será no canal KondZilla (o maior de música da América Latina). Com produção executiva de Konrad Dantas, Coy Freitas (curador musical e produtor cultural) e Your Mama, a série reúne vozes que inspiraram esse movimento musical, mergulhando profundamente em seus bairros de origem e suas dinâmicas econômicas, sociais e culturais para mostrar o que é o Global Bass.

“Estamos muito animados. Queremos trazer essa raíz para o púlbico e compartilhar esse conhecimento com toda a nossa comunidade no YouTube e nossa comunidade de musica, uma vertical tão importante que a gente tem no YouTube Brasil e em todos os momentos da nossa sociedade”, ressalta Sandra Jimenez.

Apresentação da Pabllo Vittar encerrando o Brandcast 2020 (Imagem: Reprodução/YouTube)
Apresentação da Pabllo Vittar encerrando o Brandcast 2020 (Imagem: Reprodução/YouTube)

O Brandcast 2020 trouxe declarações de inúmeros criadores de conteúdo do YouTube em torno de como a plataforma se destacou nessa pandemia, numa mescla entre depoimentos e breves esquetes feitas pelo pessoal do Porta dos Fundos, como Rafael Portugal e Fábio Porchat. Para fechar com chave de ouro, o evento trouxe uma apresentação ao vivo da Pabllo Vittar, que cantou os seus maiores hits.

Na ocasião, a plataforma de vídeos anunciou quatro novos conteúdos originais de criadores brasileiros. Com estreia em 2021, os YouTube Originals de Galinha Pintadinha, Kondzilla, Porta dos Fundos e Whindersson Nunes poderão ser conferidos gratuitamente na plataforma

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: