Mercado abrirá em 8 h 7 min
  • BOVESPA

    109.114,16
    -2.601,84 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.808,56
    -587,38 (-1,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,22
    +0,51 (+0,66%)
     
  • OURO

    1.639,10
    +5,70 (+0,35%)
     
  • BTC-USD

    20.060,97
    +1.190,69 (+6,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    459,22
    +26,12 (+6,03%)
     
  • S&P500

    3.655,04
    -38,19 (-1,03%)
     
  • DOW JONES

    29.260,81
    -329,60 (-1,11%)
     
  • FTSE

    7.020,95
    +2,35 (+0,03%)
     
  • HANG SENG

    17.665,85
    -189,29 (-1,06%)
     
  • NIKKEI

    26.568,52
    +136,97 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    11.405,00
    +88,75 (+0,78%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1954
    +0,0160 (+0,31%)
     

YouTube Black 2020 | Evento online irá repercutir o mês da Consciência Negra

·2 min de leitura

Nesta sexta-feira, dia 20 de novembro, o YouTube irá transmitir a sexta edição do YouTube Black, evento criado para repercutir o mês da Consciência Negra e que acontecerá 100% online em 2020 — e, claro, gratuitamente.

O YouTube Black terá a participação de Thelma Assis (campeã do BBB20), da influenciadora digital Ana Paula Xongani, de Tássio Santos (do canal Herdeira da Beleza) e de Johnny Klein (do UTK?!). Eles serão apresentadores do evento, que trará ainda outras vozes negras para compor a programação.

YouTube Black 2020 (Imagem: Reprodução/YouTube)
YouTube Black 2020 (Imagem: Reprodução/YouTube)

O YouTube Black é um projeto que reúne criadores negros que utilizam a plataforma como um meio de alçar sua voz e que tem como objetivo falar de questões raciais com pessoas que tenham lugar de fala sobre o assunto.

Este ano, o YouTube Black acontecerá completamente online, pelos motivos que todos já imaginam — a pandemia de COVID-19 —, e começará a ser transmitido no canal do YouTube Brasil às 18h30 de sexta-feira (20). Nas outras cinco edições, o evento aconteceu presencialmente e com transmissão simultânea, mas a versão online tem seus benefícios, como aponta o próprio YouTube Brasil, ao dizer que esse formato amplia “a democratização do acesso às discussões”.

Em nota oficial, o YouTube Brasil revelou detalhes do evento:

Este ano, o YouTube Black promete uma mistura de entretenimento e reflexão sobre a questão racial. Além dos apresentadores, a transmissão terá convidados como Nátaly Neri, Bianca DellaFancy, Konrad Dantas, o KondZilla, e Noemia Oliveira, atriz integrante do canal Porta dos Fundos. Com 3h de duração, a programação será dividida em três grandes momentos. Talks com quatro criadores sobre termos e conceitos do universo negro; rodas de conversa, com grupos de dois convidados conversando sobre aprendizados que possam impactar e inspirar o público; e pílulas de criadores e artistas contando suas histórias de vida em poucos minutos. Marcelly Garcia, Mc Tha e Péricles também farão apresentações musicais exclusivas na live.

Divulgação de um dos momentos da programação do YouTube Black 2019 (Imagem: Reprodução/YouTube)
Divulgação de um dos momentos da programação do YouTube Black 2019 (Imagem: Reprodução/YouTube)

A divulgação oficial aproveitou ainda para apresentar outros materiais ao público, com o intuito de ampliar o repertório de debates trazidos pelo YouTube Black:

Para incentivar a discussão sobre negritude, a seção Aprender do YouTube reuniu vídeos que falam sobre racismo estrutural, a história do rap e hip-hop, e apresentam personalidades negras importantes, como Dandara e Maria Carolina de Jesus. Novas playlists são adicionadas toda sexta-feira.

Para quem quiser acessar essas playlists do Aprender, basta clicar aqui e, para quem quer acompanhar o evento amanhã, é só clicar aqui e definir o lembrete.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: