Mercado abrirá em 8 h 27 min
  • BOVESPA

    120.636,39
    -605,24 (-0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.495,41
    -962,61 (-2,07%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,38
    +0,40 (+0,76%)
     
  • OURO

    1.847,80
    +7,60 (+0,41%)
     
  • BTC-USD

    35.583,68
    -651,55 (-1,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    707,32
    -7,87 (-1,10%)
     
  • S&P500

    3.798,91
    +30,66 (+0,81%)
     
  • DOW JONES

    30.930,52
    +116,26 (+0,38%)
     
  • FTSE

    6.712,95
    -7,70 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    29.757,25
    +114,97 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    28.504,38
    -129,08 (-0,45%)
     
  • NASDAQ

    13.036,00
    +50,50 (+0,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5065
    +0,0079 (+0,12%)
     

YouTube apaga vídeo e suspende novas publicações de Donald Trump

Rubens Eishima
·2 minuto de leitura

O YouTube informou que apagou conteúdos recentes e desabilitou novos envios do canal de Donald Trump. A decisão acontece após medidas semelhantes adotadas por outras redes sociais, todas com base em alegações de que o presidente dos Estados Unidos incitou a invasão de manifestantes ao congresso norte-americano.

O canal do apresentador, político e influencer permanece disponível no YouTube, sem nenhuma restrição, diferentemente do que fez o Twitter. O perfil inclui vídeos publicados nesta terça-feira (13), com partes do discurso feito em frente a um dos trechos do muro na fronteira dos EUA com o México — para marcar a reforma ou construção de 724 km da obra, em uma divisa que cobre mais de 3.100 km no total.

Um vídeo recente do canal foi removido, segundo o YouTube por “violar as diretrizes da comunidade”. De acordo com Davey Alba, repórter do The New York Times, o vídeo continha frases como “nossa jornada está apenas começando”, “sempre há um contra-ataque” e “nós temos apoio”.

Além disso, o portal de vídeos do Google anunciou que o canal recebeu o seu primeiro aviso (podendo ser removido do ar após novas infrações) e teve os comentários desativados “por questão de segurança”. Em tradução direta, a mensagem deixa claro o motivo que levou às medidas:

Após análise, e à luz das preocupações sobre o potencial contínuo de violência, removemos o novo conteúdo enviado ao canal de Donald J. Trump por violar nossas políticas. Agora, ele tem seu primeiro aviso e está temporariamente impedido de enviar novo conteúdo por um *mínimo* de 7 dias.

Dadas as preocupações contínuas sobre a violência, também desativaremos indefinidamente os comentários no canal do presidente Trump, como fizemos com outros canais em que há questões de segurança encontradas na seção de comentários.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: