Mercado abrirá em 4 h 52 min
  • BOVESPA

    122.937,87
    +1.057,05 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.371,98
    +152,72 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,85
    +0,58 (+0,88%)
     
  • OURO

    1.870,80
    +3,20 (+0,17%)
     
  • BTC-USD

    45.111,03
    -47,50 (-0,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.255,53
    +57,61 (+4,81%)
     
  • S&P500

    4.163,29
    -10,56 (-0,25%)
     
  • DOW JONES

    34.327,79
    -54,34 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.069,34
    +36,49 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.576,48
    +382,39 (+1,36%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.415,00
    +111,50 (+0,84%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4277
    +0,0178 (+0,28%)
     

YouTube adiciona novas opções de controle de qualidade de vídeo para celulares

Alveni Lisboa
·2 minuto de leitura

O YouTube acaba de soltar uma nova atualização para seu aplicativo móvel que adiciona mais opções para controle sobre a exibição e resolução dos vídeos. Antes, a opção “automática” era a única selecionável além das mais avançadas, que permitia escolher a resolução precisa.

Os novos controles de vídeo parecem ser focados em oferecer uma experiência melhor para quem não tem tanta afinidade com termos tecnológicos, como resolução e afins. Assim, elas permitem que o usuário priorize a qualidade de imagem superior, que obviamente usa mais dados, ou um modo de economia, que reduz a resolução do áudio e do vídeo para conexões mais lentas.

(Imagem: Reprodução/Android Police)
(Imagem: Reprodução/Android Police)

É possível manter o modo "Automático", que faz uma média entre qualidade e consumo, ou escolher um tamanho personalizado de exibição de vídeo. Em quase todos os casos, exceto no último, a resolução pode variar conforme a instabilidade de conexão disponível. Por isso, mesmo ao escolher a melhor imagem pode resultar em uma queda ocasional de qualidade na reprodução ou até em "travadas".

Até o momento, a resolução máxima suportada por vídeos rodando o modo “qualidade de imagem superior” é limitado a 720p. Já quando o modo de economia estiver ativo, a reprodução alcançará no máximo 480p, com possibilidade de reduzir para apenas 144p, se a latência (tempo de resposta) da rede estiver ruim.

Além disso, caso queira, existe a opção disponível na guia “Avançado” para escolher uma resolução de reprodução de vídeo específica, que pode chegar até a 4K UHD.

(Imagem: Reprodução/Android Police)
(Imagem: Reprodução/Android Police)

Essas opções podem ser programadas como padrão no menu de configurações do YouTube. Basta acessar via app e escolher se o site deve usar redes de dados móveis, internet Wi-Fi ou ambos no momento de tocar o vídeo.

Já está liberado

O recurso foi implementado do lado do servidor do Google, o que significa que pode funcionar mesmo em apps mais antigos. No entanto, para evitar problemas de compatibilidade, o ideal é atualizar o aplicativo do Youtube pela App Store ou Play Store.

Caso a opção ainda não apareça para você, o jeito é aguardar mais alguns dias até que a companhia termine de liberar para todos os usuários.

Esta semana, o Youtube anunciou o fim da necessidade de se criar um e-mail especificamente para gerenciar seu canal. O Google vai facilitar a mudança de nome de usuário e avatar dos espaços na plataforma, através da desvinculação dessas informações do restante da conta. Assim, quando uma alteração for feita no site de vídeos, ela não será mais replicada a todo perfil, afetando Gmail e outros serviços.

Gostou da nova introdução do Google ou acredita que isso não afetará o seu uso? Comente com a sua opinião.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: