Mercado abrirá em 7 h 46 min
  • BOVESPA

    116.230,12
    +95,66 (+0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.046,58
    +616,83 (+1,36%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,22
    -0,30 (-0,35%)
     
  • OURO

    1.728,90
    -1,60 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    20.138,92
    +533,91 (+2,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    457,02
    +11,58 (+2,60%)
     
  • S&P500

    3.790,93
    +112,50 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    30.316,32
    +825,43 (+2,80%)
     
  • FTSE

    7.086,46
    +177,70 (+2,57%)
     
  • HANG SENG

    18.013,24
    +933,73 (+5,47%)
     
  • NIKKEI

    27.097,72
    +105,51 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    11.580,50
    -60,25 (-0,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1515
    -0,0164 (-0,32%)
     

YouTube quer colocar cinco anúncios antes de cada video

YouTube testa pacote de cinco com duração de seis segundos antes dos vídeos (Thomas Trutschel/Photothek via Getty Images)
YouTube testa pacote de cinco com duração de seis segundos antes dos vídeos (Thomas Trutschel/Photothek via Getty Images)
  • Pacote de cinco anúncios terá duração de seis segundos e é chamado de "Bumper Ad";

  • Muitos internautas já utilizam adblockers para impedir que YouTube exiba propagandas;

  • É provável que atualização ainda esteja em fase de testes pela plataforma.

Chega a ser difícil lembrar da época em que o YouTube não passava anúncios antes de exibir os vídeos. Hoje é comum ao abrir um vídeo na plataforma já ficarmos com o dedo na tela esperando para passar os tradicionais dois comerciais antes dos vídeos.

Outras pessoas levam o desejo de não ver propagandas sem pagar pelo YouTube Premium muito mais a sério, instalando ferramentas de adblocker para impedir que esses comerciais sejam exibidos.

Só que o YouTube não parece querer resolver essa chateação para o usuário da plataforma. Pelo contrário, a empresa quer colocar ainda mais anúncios antes do começo do vídeo. A plataforma enviou para algumas regiões uma nova atualização, que sobe para cinco o número de comerciais exibidos antes de começar a passar o vídeo.

O fato tem gerado bastante polêmica nas redes sociais e em fóruns do reddit pelo fato dessas propagandas serem “impuláveis”. As informações são do portal GizmoChina, primeiro a noticiar o assunto.

O site apontou também que por enquanto, como apenas alguns usuários têm relatado a existência dos cinco anúncios, é possível que a mudança esteja apenas em fase de testes, e portanto, pode não ser aplicada na versão final do aplicativo.

A empresa respondeu a alguns usuários revoltados no Twitter, afirmando que esses novos pacotes de anúncios são chamados de "bumper ads", e são compostos por cinco propagandas de até seis segundos. A empresa ressaltou também que comentários e sugestões podem ser enviados através do site no botão "Enviar Feedback", localizado na aba da esquerda.