Mercado abrirá em 3 h 27 min
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,14
    +0,70 (+0,85%)
     
  • OURO

    1.782,30
    +16,60 (+0,94%)
     
  • BTC-USD

    62.061,84
    -168,51 (-0,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.449,67
    -1,97 (-0,14%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.220,31
    +16,48 (+0,23%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.330,75
    +40,25 (+0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4123
    +0,0208 (+0,33%)
     

YouTube doa R$ 2,5 milhões para projetos de apoio à educação da UNICEF

·2 minuto de leitura
Foto: Getty Images.
Foto: Getty Images.
  • A empresa divulgou na terça-feira a doação de R$ 2,5 milhões para projetos de enfrentamento contra a exclusão escolar e a vulnerabilidade social;

  • Estimam-se que 30 mil crianças e adolescentes serão beneficiadas com o valor;

  • A empresa afirma que a doação está ligada aos seus objetivos globais de apoio à educação da juventude.

O YouTube anunciou a doação de R$ 2,5 milhões para projetos de apoio à educação e à informação da UNICEF. A iniciativa, divulgada na terça-feira (21), procura auxiliar municípios e estados no enfrentamento da exclusão escolar, assim como garantir a redução dos impactos da pandemia nas famílias em situação de vulnerabilidade social.

Estima-se que o benefício atingirá 30 mil crianças e adolescentes da Amazônia, semiárido, territórios indígenas, comunidades quilombolas e periferias de centros.

Leia também:

Os dois projetos, beneficiados com a doação, são o 'Busca Ativa Escolar' e o 'Kits de Conectividade do Fundo das Nações Unidas'.

A empresa afirma que está engajada, através da doação, com seus objetivos globais de apoio à educação da juventude. Segundo os dados da UNICEF, em novembro de 2020, cerca de 1,5 milhão de crianças e adolescentes não frequentavam a escola. Enquanto isso, 3,7 milhões não eram matriculados e não tinham acesso à atividades escolares, assim como não conseguiam aprender em casa.

De acordo as informações do site da UNICEF, o projeto ‘Busca Ativa Escolar’ “consiste em uma metodologia e uma plataforma tecnológica gratuitas, apoiando municípios e estados no enfrentamento da exclusão escolar.”

Já o projeto “Kits de Conectividade” consiste em apoiar “famílias, por meio da viabilização de internet e do fornecimento de itens escolares, com o objetivo de assegurar que os impactos da pandemia na vida de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social sejam reduzidos."

As informações são do Tecmundo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos