Mercado fechado

Yellen pede ao Congresso dos EUA para agir com rapidez sobre o limite da dívida

Secretária do Tesouro norte-americano, Janet Yellen

WASHINGTON (Reuters) - A secretária do Tesouro norte-americano, Janet Yellen, disse nesta sexta-feira que os Estados Unidos provavelmente atingirão o limite estatutário de sua dívida em 19 de janeiro, o que forçaria o Tesouro a tomar "medidas extraordinárias" para evitar um calote.

"Uma vez que o limite seja atingido, o Tesouro precisará começar a tomar certas medidas extraordinárias para evitar que os Estados Unidos deixem de cumprir suas obrigações", afirmou Yellen em uma carta aos líderes do Congresso na qual pediu aos parlamentares para agirem rapidamente para aumentar o teto da dívida.

"Embora o Tesouro não seja capaz de fornecer uma estimativa de quanto tempo as medidas extraordinárias nos permitirão continuar a pagar as obrigações do governo, é improvável que o dinheiro e as medidas extraordinárias se esgotem antes do início de junho", acrescentou a carta.

(Por Kanishka Singh e Ismail Shakil)