Mercado abrirá em 4 h 19 min
  • BOVESPA

    122.937,87
    +1.057,05 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.371,98
    +152,72 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,77
    +0,50 (+0,75%)
     
  • OURO

    1.869,70
    +2,10 (+0,11%)
     
  • BTC-USD

    45.134,80
    -174,43 (-0,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.256,94
    +59,02 (+4,93%)
     
  • S&P500

    4.163,29
    -10,56 (-0,25%)
     
  • DOW JONES

    34.327,79
    -54,34 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.065,24
    +32,39 (+0,46%)
     
  • HANG SENG

    28.593,81
    +399,72 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.399,50
    +96,00 (+0,72%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4277
    +0,0178 (+0,28%)
     

Yellen diz que juros nos EUA podem precisar subir modestamente

Ann Saphir e Dan Burns
·1 minuto de leitura
Presidente norte-americano, Joe Biden, com a secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, no Salão Oval da Casa Branca em Washington, EUA

Por Ann Saphir e Dan Burns

(Reuters) - As taxas de juros nos Estados Unidos podem precisar aumentar para evitar um superaquecimento da economia, à medida que mais programas de investimento econômico propostos pelo presidente dos EUA, Joe Biden, entrarem em operação, sugeriu a secretária do Tesouro norte-americano, Janet Yellen, em comentários divulgados nesta terça-feira.

"Pode ser que as taxas de juros tenham que subir um pouco para garantir que nossa economia não superaqueça, mesmo que os gastos adicionais sejam relativamente pequenos em relação ao tamanho da economia", disse ela em comentários gravados para um evento virtual organizado pelo The Atlantic.

"Isso poderia levar a alguns aumentos muito modestos nas taxas de juros para se conseguir essa realocação, mas esses são investimentos de que nossa economia precisa para ser competitiva e produtiva (e) eu acho que nossa economia vai crescer mais rapidamente por causa deles."

De modo geral, os programas, que incluem gastos crescentes em infraestrutura, creches e educação, farão uma "grande diferença" na desigualdade, disse Yellen.

Os republicanos têm criticado a ideia de aumentos de impostos que Biden espera usar para financiar suas propostas.