Mercado fechará em 4 h 6 min
  • BOVESPA

    98.925,47
    -28,43 (-0,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.293,05
    +549,90 (+1,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,36
    +1,93 (+1,78%)
     
  • OURO

    1.807,60
    +6,10 (+0,34%)
     
  • BTC-USD

    19.805,82
    +757,39 (+3,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    429,06
    +8,92 (+2,12%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,86 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.232,65
    +64,00 (+0,89%)
     
  • HANG SENG

    21.830,35
    -29,44 (-0,13%)
     
  • NIKKEI

    26.153,81
    +218,19 (+0,84%)
     
  • NASDAQ

    11.557,50
    -53,75 (-0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5206
    -0,0381 (-0,69%)
     

Yellen diz que lei nos EUA não permite confisco de ativos do BC russo

Janet Yellen, secretária do Tesouro dos EUA

Por David Lawder

BONN, Alemanha (Reuters) - A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, disse nesta quarta-feira que não seria legal os Estados Unidos confiscarem ativos congelados do banco central da Rússia para ajudar a reconstruir a Ucrânia após o término da invasão russa.

Yellen disse a repórteres antes de uma reunião dos ministros das Finanças do G7 em Bonn, na Alemanha, que os Estados Unidos e seus aliados bloquearam cerca de 300 bilhões de dólares em ativos do banco central da Rússia.

As discussões estão apenas começando entre os aliados ocidentais sobre como financiar a reconstrução de longo prazo da Ucrânia e se esses ativos russos congelados podem desempenhar um papel.

"Acho muito natural que, considerando a enorme destruição na Ucrânia e os enormes custos de reconstrução que eles enfrentarão, contemos com a ajuda da Rússia para pagar pelo menos uma parte do preço envolvido", disse Yellen.

"Dito isso, enquanto estamos começando a analisar isso, não seria legal agora nos Estados Unidos que o governo confiscasse esses" ativos. "Não é algo legalmente permitido nos Estados Unidos."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos