Mercado abrirá em 4 h 15 min
  • BOVESPA

    113.707,76
    +195,38 (+0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.734,04
    -67,64 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,39
    +0,28 (+0,32%)
     
  • OURO

    1.776,80
    +0,10 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    23.365,89
    -458,71 (-1,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    555,33
    -17,48 (-3,05%)
     
  • S&P500

    4.274,04
    -31,16 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    33.980,32
    -171,69 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.498,94
    -16,81 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.448,50
    -44,75 (-0,33%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2473
    -0,0119 (-0,23%)
     

Yellen diz que autoridades russas não têm lugar na reunião do G20

Secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen

Por Andrea Shalal

NUSA DUA, Indonésia (Reuters) - A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, disse nesta quinta-feira que a guerra do presidente russo, Vladimir Putin, contra a Ucrânia está causando um efeito negativo em todo o mundo e que autoridades russas não têm lugar na reunião do G20 desta semana.

Falando em entrevista coletiva durante reunião do G20 de autoridades financeiras, Yellen pediu à comunidade global que responsabilize a Rússia pela guerra e seu impacto dramático nos preços da energia e no aumento da insegurança alimentar.

Yellen se esquivou de uma pergunta sobre se ela sairia da reunião quando as autoridades russas falassem, como ela e outros líderes ocidentais fizeram durante o último encontro desse tipo em Washington, em abril, mas disse que condenará a invasão da Ucrânia pela Rússia "nos termos mais fortes possíveis".

Yellen disse que continuará a pressionar fortemente por um teto no preço do petróleo russo, que, segundo ela, ajudaria a reduzir os preços de energia e manter os fluxos globais de petróleo depois que sanções europeias e potencialmente britânicas e norte-americanas sobre o transporte de petróleo russo entrarem em vigor, no final deste ano.

Não adotar tais medidas isolaria uma quantidade significativa de petróleo russo, o que elevaria os preços globais da commodity, disse ela, acrescentando sua esperança de que a China e a Índia vejam que é de seu interesse participar.

Yellen também criticou a China por suas "táticas não comerciais" e por não participar dos esforços de reestruturação da dívida para países de baixa renda, e disse que o combate à inflação "inaceitavelmente alta" é uma das principais prioridades do governo Biden, expressando apoio às medidas do banco central dos EUA para aumentar os juros de forma controlar a alta dos preços.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos