Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.925,60
    -1.560,41 (-1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.457,55
    -227,31 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,41
    +0,19 (+0,23%)
     
  • OURO

    1.803,10
    +2,00 (+0,11%)
     
  • BTC-USD

    16.968,42
    -129,52 (-0,76%)
     
  • CMC Crypto 200

    401,44
    -4,71 (-1,16%)
     
  • S&P500

    4.076,57
    -3,54 (-0,09%)
     
  • DOW JONES

    34.395,01
    -194,76 (-0,56%)
     
  • FTSE

    7.558,49
    -14,56 (-0,19%)
     
  • HANG SENG

    18.736,44
    +139,21 (+0,75%)
     
  • NIKKEI

    28.226,08
    +257,09 (+0,92%)
     
  • NASDAQ

    12.036,50
    -5,75 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4654
    +0,0689 (+1,28%)
     

Yellen diz não saber se dados mais baixos de inflação nos EUA são ponto de virada

Secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen

NOVA DÉLHI (Reuters) - A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, disse à Reuters nesta sexta-feira que é bom ver os últimos dados de inflação do país que sugerem a diminuição das pressões ascendentes, mas acrescentou que não está claro se a inflação atingiu um ponto de virada para permanecer em queda.

"Não sei se este é um ponto de virada", disse Yellen em entrevista em Nova Délhi, um dia após a divulgação de que o índice de preços ao consumidor dos EUA registrou em outubro o menor nível desde janeiro, a uma taxa anual de 7,7%.

"Eu nunca faço um julgamento a partir de um único dado. Essa é uma parte dos dados", disse Yellen sobre o relatório do Departamento de Comércio.

"Foi certamente bom ver um relatório de inflação que veio abaixo das expectativas, em vez de acima e, você sabe, vimos indicações iniciais de que a inflação pode estar diminuindo."

(Reportagem de David Lawder)