Mercado fechará em 1 h 15 min
  • BOVESPA

    100.316,31
    -700,65 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.012,39
    -233,47 (-0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    39,80
    +1,24 (+3,22%)
     
  • OURO

    1.911,60
    +5,90 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    13.680,51
    +573,28 (+4,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    271,52
    +10,23 (+3,91%)
     
  • S&P500

    3.406,35
    +5,38 (+0,16%)
     
  • DOW JONES

    27.624,67
    -60,71 (-0,22%)
     
  • FTSE

    5.728,99
    -63,02 (-1,09%)
     
  • HANG SENG

    24.787,19
    -131,59 (-0,53%)
     
  • NIKKEI

    23.485,80
    -8,54 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    11.590,25
    +98,00 (+0,85%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6964
    +0,0559 (+0,84%)
     

Yduqs diz ter condições de apresentar proposta concorrente por ativos da Laureate no Brasil

Por Paula Arend Laier
·1 minuto de leitura

Por Paula Arend Laier

(Reuters) - A Yduqs comunicou nesta segunda-feira que avalia ter condições de apresentar proposta concorrente mais atraente pelos ativos do Grupo Laureate no Brasil, após a Ser Educacional anunciar que assinou contrato para aquisição das respectivas operações por valor estimado em 4 bilhões de reais.

A companhia afirmou em fato relevante à Comissão de Valores Mobiliáros (CVM) que "acredita ter condições de apresentar proposta concorrente mais atraente dentro do prazo estabelecido para o 'go-shop'".

De acordo com os detalhes da transação entre a Ser e a Laureate, foi facultado à Laureate mecanismo chamado 'go shop', por meio do qual poderá ativamente solicitar e aceitar, até 13 de outubro de 2020, proposta vinculante apresentada por terceiros e que seja superior à efetivada pelo Grupo Ser Educacional.

"Havendo proposta vinculante superior nesse prazo, o Grupo Ser Educacional terá ainda a preferência em igualdade de condições, que - se não for exercida - facultará a Laureate terminar a transação, pagando para o Grupo Ser Educacional uma multa contratual rescisória de 180 milhões de reais", de acordo com a Ser.

A Yduqs argumentou que os dados públicos divulgados da transação demonstram um forte potencial estratégico e de geração de valor que a combinação dos seus ativos com os da Laureate no país teriam.