Mercado fechará em 1 min

Xuxa fala de amizade com João de Deus: "Vergonha"

A apresentadora se arrepende da proximidade com o médium (Foto: Reprodução/Globo)

Xuxa Meneghel faz uma participação especial na série documental do Globoplay sobre o médium João de Deus. Ele foi condenado em 2018 por abusar centenas de mulheres, mas antes disso tinha uma relação de “amizade” com a apresentadora.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Na entrevista, a loira fala com tristeza sobre o período em que o procurou com a intenção de curar sua mãe, Alda Meneghel, do mal de Parkinson. Os crimes cometidos pelo médium só vieram a público em 2018. Na época, Xuxa gravou um vídeo pedindo desculpas aos seus seguidores por ter divulgado o trabalho dele sem saber o que rolava nos bastidores.

Leia também

"Existe gratidão? Uma gratidão vestida de vergonha, porque a gente não pode ser grata por um monstro. É um monstro, é fato. Mas existiu coisas que realmente ali eu poderia te dizer, eu vi ele operando, eu estava ali segurando, eu vi pessoas que falavam: 'Não tenho um joelho, e ele me fez andar'. E uma pessoa não tinha joelho, cara!", explicou a apresentadora.

João de Deus fez cirurgias espirituais na mãe de Xuxa e muitas vezes o resultado era comemorado pela artista. O tratamento de Alda foi iniciado no terceiro estágio da doença e ela morreu quando já estava no quinto, mas acreditava que a cura seria possível.

“Ele acompanhou esses piores estágios da doença. Qualquer alento, qualquer coisa que ele pudesse me oferecer, oferecer para minha mãe, para mim era 'uau' (...) Se salva algum ente querido teu, se esse ente querido se sente melhor, o que você quer fazer para essa pessoa? Quer a minha calça? Toma. Quer a minha roupa? Toma. O que você quer meu? Assim era a reação que as pessoas tinham com ele”, explica Xuxa.