Mercado fechará em 1 h 4 min

XP confirma que funcionário foi diagnosticado com coronavírus

O funcionário tem 32 anos e esteve na região da Lombardia, na Itália, de onde chegou no dia 27 A XP Investimentos confirmou que um funcionário da empresa que esteve recentemente na Itália foi diagnosticado com coronavírus. Em comunicado interno enviado aos empregados, a XP afirma que ele passa bem, não apresenta sintomas e ficará em isolamento em casa. O nome do funcionário foi mantido em sigilo.

Reprodução / Facebook

Segundo o comunicado, todos os funcionários que tiveram contato com o paciente estão sendo acompanhados e orientados por médicos especialistas e por enquanto nenhum apresenta sintomas da doença. A companhia orientou ainda que todos os funcionários que estiveram em países da chamada “zona de risco” trabalhem de casa por pelo menos 14 dias.

“Essa é uma medida de cautela e preventiva, com o objetivo de evitar uma eventual transmissão do vírus no ambiente de trabalho”, afirmou a empresa.

A XP disse que já nesta segunda-feira terá em seus escritórios palestras com especialistas sobre o tema, além da distribuição de kits de higiene, como itens como álcool gel.

No sábado, a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo havia confirmado o segundo caso de coronavírus no Brasil, com outros 136 suspeitos. Ambos foram infectados na Itália e passaram por atendimento no Hospital Israelita Albert Einstein. O funcionário da XP tem 32 anos e esteve na região da Lombardia, de onde chegou no dia 27.

A XP afirma ainda que o fato "não acarreta nenhum impacto para os clientes e parceiros das empresas da companhia, e todas as operações prosseguem normalmente".