Mercado fechará em 5 h 20 min
  • BOVESPA

    101.643,45
    +879,85 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.624,50
    +329,67 (+0,68%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,60
    +1,03 (+0,94%)
     
  • OURO

    1.824,80
    0,00 (0,00%)
     
  • BTC-USD

    20.790,16
    +88,59 (+0,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    453,84
    +3,78 (+0,84%)
     
  • S&P500

    3.904,05
    +3,94 (+0,10%)
     
  • DOW JONES

    31.527,99
    +89,73 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.348,37
    +90,05 (+1,24%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,45 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.015,25
    -25,25 (-0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4755
    -0,0686 (-1,24%)
     

Xiaomi TV Box 4S Max com suporte a 8K não deve ter lançamento global

A Xiaomi atraiu a atenção do público ao anunciar a TV Box 4S Max com suporte para 8K na semana passada. A má notícia é que o novo aparelho para entretenimento deve ser mais um produto exclusivo do mercado chinês, segundo representantes da fabricante.

Recentemente, executivos da Xiaomi afirmaram ao Android Authority que a marca não tem planos para lançar a TV Box 4S Max em outros mercados além da China. Dessa forma, o dispositivo com consideráveis atualizações de hardware não chegará ao ocidente — ao menos em um futuro breve.

Vale mencionar que os atuais modelos de Mi Box disponíveis no mercado internacional demoraram bastante tempo para chegar a outras regiões. Com isso, os usuários ainda podem ter uma pequena ponta de esperança sobre a estreia da versão global do aparelho.

A Xiaomi TV Box 4S Max tem um visual compacto (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
A Xiaomi TV Box 4S Max tem um visual compacto (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Grande atualização da linha Xiaomi Box

A Xiaomi TV Box 4S Max estreou discretamente no mercado chinês, mas com uma grande atualização em comparação aos “antigos” dispositivos Mi Box 4S e Mi Box 4S Pro. Em destaque, o aparelho é alimentado pelo chipset Amlogic S905X3 com decodificação de imagens em 8K e reprodução de conteúdos em HDR com som Dolby Audio e DTS.

Outro avanço está nas configurações de memória do gadget de entretenimento. O modelo tem 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno para aplicativos, superando outros dispositivos de streaming e até alguns modelos de Smart TVs premium.

Na parte de conexões sem fio, a TV Box 4S Max traz Wi-Fi dual band (2,4 GHz + 5 GHz) e Bluetooth 4.2 para conexão com alto-falantes e soundbars. Para mais, o aparelho tem portas HDMI 2.1, USB 2.0 e conector para fones de ouvido P2.

Sistema operacional da Xiaomi TV Box 4S Max é compatível com os serviços de streaming disponíveis apenas na China (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Sistema operacional da Xiaomi TV Box 4S Max é compatível com os serviços de streaming disponíveis apenas na China (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Preço acessível, mas sistema impede a importação

A Xiaomi TV Box 4S Max usa uma versão do sistema operacional MIUI para TV baseado no Android. Além do suporte da assistente virtual XiaoAI, os usuários têm acesso aos aplicativos dos principais serviços de streaming disponíveis na China.

O modelo estreou no mercado chinês com o preço sugerido de 499 yuans (cerca de R$ 378 na atual conversão direta, sem adição de impostos). Um valor bem acessível até mesmo para quem pretendia importar o dispositivo.

Contudo, o aparelho de entretenimento traz um sistema operacional projetado apenas para os consumidores do mercado chinês. Então, o equipamento importado acaba sendo pouco útil no ocidente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos